Comentários
Ketellyn Manique Ketellyn Manique Author
Title: [Flashback] ONE TREE HILL - S01E05: ALL THAT YOU CAN'T LEAVE BEHIND
Author: Ketellyn Manique
Rating 5 of 5 Des:
Esse foi um episódio bem incômodo: vimos o que tanto assombra Peyton, o poder e a maldade de Dan derivados do seu egoísmo e da sua frustr...
Esse foi um episódio bem incômodo: vimos o que tanto assombra Peyton, o poder e a maldade de Dan derivados do seu egoísmo e da sua frustração, o peso de Lucas em carregar o nome 'Scott' pela cidade e a sua desconfiança com a nova relação Haley/Nathan.

O episódio já começa com uma das frases mais icônicas da série: As pessoas sempre partem. A princípio, refere-se à mãe de Peyton que, descobrimos ao longo do episódio, faleceu num acidente de carro ao ultrapassar um sinal vermelho, pois estava atrasada para buscar a filha na escola. E Peyton finalmente desabafa todos os seus demônios, pois sente falta da mãe e seu pai sempre está longe. E por mais que ela até possa sentir algo por Nathan, não é o suficiente para ela dar a ele uma segunda chance.

Nathan e Lucas sofrem as consequências do jogo que a escola promove de pais contra filhos: para Dan, é mais do que um jogo, é uma chance de ele vencer novamente, fazendo-o esquecer que está jogando uma partida de brincadeira e acaba até machucando o próprio filho, mostrando do que é capaz. Lucas chama Keith para jogar e, mais uma vez, percebemos a diferença entre os irmãos Scott. E o porquê Lucas tem que ter orgulho de ser um Scott, e não vergonha.

Haley continua dando aulas particulares para Nathan mesmo após confessar a Lucas seus motivos para tal, já que ela adora dar aulas e assumiu um compromisso com ele. Mas percebemos que ela já começou a se apaixonar por Nathan, nós e Lucas. Nathan não resiste as chances de provocar Lucas e, como marinheiros de primeira viagem, podemos considerar que ainda é um plano de Nathan para tirar Lucas do time. Só saberemos nos próximos episódios...

Para ser sincera, esse episódio me incomoda um pouco. Dói ver um pai colocando seus interesses bem acima do filho e dói quando percebemos que sua obsessão pelo sucesso de Nathan como jogador vem de sua própria frustração por não ter conseguido. Dói ver Peyton amargurada e sofrida por causa de sua mãe. Mas são momentos como Lucas, como sempre, ajudando Peyton e a salvando aos poucos, que fazem de OTH uma série a se acompanhar!

Música destaque do episódio: a música que destacaremos desse episódio é do Jimmy Cliff - Many Rivers To Cross, que toca no fim, quando Lucas cita a frase do episódio, como mostra o vídeo abaixo:


John Steinbeck escreveu: "Parece-me que se você ou eu devemos escolher entre dois rumos de pensamento ou ação, devemos lembrar da morte e tentar viver de tal modo que a nossa morte não traga prazer ao mundo".

Título do episódio: o título do episódio foi baseado no álbum da banda U2, primeiro episódio cujo título foi baseado num álbum inteiro. Confiram ele aqui e até semana que vem!

 
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top