Comentários
Unknown Unknown Author
Title: [REVIEW] ALMOST HUMAN - S01E03: ARE YOU RECEIVING?
Author: Unknown
Rating 5 of 5 Des:
Uma classificação para o episódio dessa semana seria: Mais ou menos. Ou morno. Ou não fede e não cheira. Assim como na semana passada, ...

Uma classificação para o episódio dessa semana seria: Mais ou menos. Ou morno. Ou não fede e não cheira. Assim como na semana passada, falta aquela ponte, aquela conexão entre os casos semanais e a história central. Porém, fica difícil também definir qual seria a história central da série, que ainda está no ar.
Me parecia que Almost Human ia abordar bastante aquela iniciativa onde a ex namorada de John está envolvida, mas agora já não sei de mais nada. 

Não vou desistir da série, pois sou brasileira e não desisto nunca de uma série. Já os americanos não pensam assim. O primeiro episódio teve audiência de 9,18 milhões de pessoas, 6,76 milhões no segundo e nesse episódio tivemos 6,30 milhões. Ou seja, os números não são favoráveis, e se as coisas continuarem do jeito que estão, a tendência é só piorar. 

O caso dessa semana foi bom, com uma resolução imprevisível. A única coisa que eu tenho para reclamar é sobre o estado do corpo do refém depois de jogado pelo vigésimo quinto andar... Gente, nunca que ia ficar tão perfeitinho assim, acho que faltou criatividade na produção para mandar uma mensagem de forma mais real e mantendo o caráter impressionante de ver uma pessoa caindo e depois estatelado no chão. Mas enfim, os bons casos semanais são o que garante uma estabilidade para a série, nesses 3 episódios a problemática é muito bem desenvolvida. Porém, o lado policial vem sendo muito mais explorado que o sci-fi. Ouvi comentários de que não se pode exigir muito sci-fi de uma série que se passa a apenas 35 anos a frente do tempo atual, mas gente, Fringe era atual e pirava muito nos universos paralelos, sem deixa a peteca cair, e por mais que os produtores esqueçam desse fato, não digam mais isso, por favor.


Dorian está certamente ganhando corações com sua personalidade. Ele trás a tona todos os lados de John, eles sendo bons ou ruins, e é assim que eles se demonstram verdadeiros amigos, além de ótimos parceiros. Acho que vai ser difícil agora ver o Dorian e não lembrar da piadinha da cafeteira. Outra cena bacana foi o John tentando dar um jeito na cabeça do Dorian depois que ele levou um tiro e acabou arrumando tudo com um chiclete. Meu avô sempre dizia que para concertar um fusca ele só precisava de um elástico e um pedaço de chicletes... Segue a mesma lógica.

A review teve de ser curtinha, guys. Afinal, ela está mega atrasada, mas compreendam a caloura aqui que ainda não se adaptou a correria da faculdade, e está tendo uma pequena dificuldade para conciliar as coisas. Mas com o tempo vai dar tudo certo e vocês não vão ter que mais esperar tanto tempo para terem as minhas reviews aqui no DDS. 

E também quero aproveitar para mandar uma bejoka para o meu namorado lindo e maravilhoso que me explicou o que era paládio, apesar de eu nem ter falado sobre isso. Mas se querem saber, é um metal de transição que é muito valioso, transforma ouro em ouro branco e é utilizado para fabricação de peças para computadores e materiais cirúrgicos. Você é um gênio, Rafael <3 (ele me obrigou a dizer essa ultima frase).

E isso é tudo, pessoal. Até semana que vem! Fiquem com a promo do próximo episódio.

Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top