Comentários
Giulia Barbosa Giulia Barbosa Author
Title: [REVIEW] AHS - S03E08: THE SACRED TAKING
Author: Giulia Barbosa
Rating 5 of 5 Des:
Confesso para vocês que eu estava bem desanimada com os últimos episódios, não tinha aquela coisa que só American Horror Story tem. Porém o...
Confesso para vocês que eu estava bem desanimada com os últimos episódios, não tinha aquela coisa que só American Horror Story tem. Porém o "The Sacred Taking", para mim, estava sensacional. Finalmente um episódio que estava focado em uma coisa, com todas as histórias separadas mas com o mesmo objetivo, co, reviravoltas e cabeças rolando, estava precisando disso.

Se não estou enganada, todos os personagens apareceram nesse episódio, alguns mais destaque que outros. Queenie se entregou para Laveau de vez, e por mais traíra que isso pareça ser, foi interessante ver ela se esforçando para fazer alguma coisa, espero coisas boas dessa "amizade". Kyle apareceu muito pouco e mesmo assim foi uma das cenas (se não a única) fofa do episódio, eu sei que todas as menininhas ficaram apaixonadas com ele falando "I... I... lo love yo ou", como não? Até eu estou hahah Só fico triste pelo fato de o personagem do Evan Peters estar sendo tao pouco utilizado, ele tem um ótimo potencial e tem uma história tao zzzZZZ. Cordélia está tendo seus momentos de brilhar, mesmo cega está linda e com tanta atitude que eu queria que ela fosse a Suprema só para dar um jeito na Fiona de vez. E não tenho nem palavras para a relação repentina dela com a Misty, elas juntas estão sensacionais, por mais cenas! Ela, Misty, teve O destaque nesse episódio. Nao somente ela saiu do meio do pântano e foi para o clã como também, graças a sua habilidade dela de ressurreição  está cogitada a ser Suprema, vocês não imaginam como meu coração está, porque eu tenho duas teorias. Uma é que ela é a Suprema, e American Horror Story vai ter um final feliz (ou seja, não), e a outra é que ela não é a Suprema e sim a Zoe, mas mesmo sabendo que não é, vão usa-la até o fim para enganar Fiona para quando ela tentar matar, a Misty se auto ressuscita, muito improvável? Talvez.
Mesmo com todas essas lindas, ninguém foi melhor no episódio do que Fiona. Primeiro, ela aparece toda debilitada, no fim da linha. Depois, vem as melhores cenas do episódio com ela, Madison e Myrtle. As com Madison deram um destaque para a doida em si, que voltou com seu jeito "Surprise, Bitch" de sempre. Myrtle deu o toque final, o empurrão para ela conseguir tomar as pilulas, e quando tudo parecia perdido... SPALDING, BITCH! O que ele não falou em toda temporada, desabafou nesse e com isso, trouxe a sua rainha de volta, palminhas pra ele. E não tem o que falar da volta dela né? Chegou careca na sala e mesmo assim, com toda a pose de Suprema que só a Jessica Lange consegue.


Gostei muito desse up que deu na temporada. O episódio teve informações rápidas  mas mesmo assim, não perdeu o foco e nem deixou cair a qualidade, é disso que estava faltando. A formula do sucesso de AHS é as histórias diferentes com o mesmo destino, o problema é que isso não estava dando certo, não tinha um ligamento, e nesse tudo mudou. Obrigada titio Murphy.
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top