Comentários
Giulia Barbosa Giulia Barbosa Author
Title: [REVIEW] AMERICAN HORROR STORY - S03E09: HEAD
Author: Giulia Barbosa
Rating 5 of 5 Des:
Enquanto "The Sacred Taking" foi um dos melhores episódios - na minha opinião - da temporada, "Head" foi o oposto. Com ...
Enquanto "The Sacred Taking" foi um dos melhores episódios - na minha opinião - da temporada, "Head" foi o oposto. Com uma falhas mais frequentes de American Horror Story, histórias se desenrolando muito rápido e sem um final coerente, ele acabou me desanimando muito; sou otimista de nascença e acredito que a série, mesmo tao próxima ao fim, possa melhorar. Mas para isso acontecer, a série precisa de uma grande reviravolta, emoção! Espero o próximo episódio na esperança que melhore.


O tema principal do episódio foi a caça as bruxas, levando a entender que este será o desfecho da temporada. Tivemos a oportunidade de saber mais sobre o Hank e como ele virou caçador de bruxas, e algo que ninguém esperava: existe uma corporação para isso, mas séria mesmo, como se fosse algum comum. Algo que eu também me surpreendi é que ele não é um caçador tao bom como pensava, e ainda dá indicio de que é apaixonado pela Cordélia, beijos pro sentido! Mesmo assim, as cenas em que ele invade o salão merece palmas, principalmente quando Queenie se mata para matar ele, sem mais. Outra personagem que surpreendente é Myrtle, que evocou todo um lado "mãe psicótica" e deu, literalmente, a visão novamente para Cordélia. Espero que ela continue assim, virou uma das personagens mais legais. Délia continua linda como nunca, mesmo com um olho de cada cor. Sua imponência contra Hank e a amizade com Misty tá um amor, super bonitinho ver as duas mexendo nas plantas juntas, como irmas.  Tivemos um desfecho (ou será que não?) para o plot de Luke, que acabou sendo um tanto quanto ruim.. Desde o começo, ele não foi uma grande adição porém fazia bem a Nan e foi um "casal" muito bonito, as cenas em que as meninas estão no hospital com a mãe e Luke conversa com ela pela Nan foi uma das melhores do episódio, porém a revelação de que a mãe assassinou o pai, e no fim, assassinou o fim foi demais para mim, como assim gente? Ela era quase uma santa de tão devota e de uma hora pra outra virou assassina? Não aceito! haha.

Apesar de todo esse episódio bagunçado, é claro que temos Fiona, Laveau e Lalaurie para sambar em todos os outros personagens. Fiona é a rainha da temporada (e Jessica Lange é a rainha da série) e mesmo tendo esse complexo de bad bitch, não é tao difícil ver que ela deseja o bem do clã, ou pelo menos o seu bem (que afeta o clã, então não é totalmente ruim). A prova disso é a trégua provisória entre ela e Laveau, ambas em desespero procurando ajuda mutua, são coisas assim que me deixam animada para o fim, espero cenas perfeitas entre elas, e vocês? Já Lalaurie é um show a parte, sensacional! Só a sua cabeça já basta para melhorar as cenas, sendo tão ignorante no sentido racial que acaba sendo engraçado. E o que foi aquela cena final, tocando "Oh Freedom!"? Fechou o episódio com chave de ouro.


Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top