Comentários
Ana Maria de Oliveira Ana Maria de Oliveira Author
Title: [FLASHBACK] FIREFLY - S01E03 – BUSHWHACKED
Author: Ana Maria de Oliveira
Rating 5 of 5 Des:
Chegando na área com mais uma review de Firefly. União e lealdade. Duas palavras-chaves em que o episódio vai girar. Muito importan...


Chegando na área com mais uma review de Firefly.

União e lealdade. Duas palavras-chaves em que o episódio vai girar. Muito importante que vocês gravem essas duas palavras.

"Bushwhacked" foi exibido em 4 de outubro de 2002, e já inicia na ação. Mal, Book, Jayne, Zoe, Wash e Kaylee estão jogando uma espécie de basquete, Nota-se que o capitão é muito desajeitado, nossa mãe! Anyway, é quando chegam Inara, River e picolé de chuchu Simon. Conversa vai, conversa vem, o alarme de aproximação da Serenity apita, mostrando que algo ou alguma nave está muito perto. Enquanto Wash verificava, a Serenity se chocou com algo. Logo descobre-se que é um corpo, e o alerta soou pois existia uma nave parada  - não totalmente parada, rodando em seu próprio eixo. - muito perto. Tenta-se a comunicação, mas é ineficaz. Claro que o Capitão, que é um bom samaritano, e procura o bem-estar de todos (but...no!) decide dar uma olhada na nave. Depois de uma verificação bem por cima (e muito assustadora, porque a nave parece estar abandonada, mas com todos os pertences de quem estava dentro), eles encontram um carregamento. Dependendo do conteúdo das caixas, o valor para a muamba é verdadeiramente alto. Normalmente paga-se bem quando se tem um número grande de remédios, muito por causa dos planetas não-centrais, aonde a Aliança não tem poder, e logo, não existe nenhum suplemento médico, ou existe escassamente.

Enquanto todos ajudavam na retirada de algum material valioso, River - mais do que intrometida - foge dos cuidados de Inara, e se junta à tripulação na nave abandonada. Sempre relembrando para todos que River é sensitiva, então algumas de suas ações são inconscientes. Ela o faz porque sua consciência a manda fazer.

E logo descobrimos o porque de River estar tão amedrontada com essa nave. Todos os corpos dos tripulantes da nave abandonada estão pendurados de ponta cabeça no teto. E eu juro que tive um puta susto quando vi a maneira que homens, mulheres, idosos e até mesmo crianças mortas estavam amarradas. Malcolm reune todos para darem o fora daquele lugar, porque nas palavras dele "Eu sei quem fez isso." Porém Jayne é atacado por um único sobrevivente, que está claramente debilitado mental e fisicamente. Mostrando que realmente ele é um bom samaritano - e desconsiderem minha frase anterior sobre a índole do meu homem, please. - Mal o leva para a enfermaria da Serenity, e Simon cuida do machucado que tinha sofrido.
Mas o Capitão tem a completa certeza de que quem atacou aquela nave foram os Reavers. Vocês se lembram dos Reavers? Aquela raça nômade e canibal, que cometem barbáries por onde passam? Pois é, nesse episódio, vemos uma pequena prévia do que eles cometem. São realmente pessoas à margem da "sociedade", que vivem pelo espaço caçando naves e pessoas.

Mas enquanto os Reavers não encontram a Serenity, a Aliança encontra. Antes mesmo de eles conseguirem fugir, tropeçam em cruzador da Aliança, que os obriga a interromper o seu caminho.



Vamos relembrar mais uma vez: A Aliança Interplanetária é uma organização que controla tudo (e eu me refiro a tudo mesmo). Ela tem sempre um jeitinho especial de tratar os fugitivos, e é ela que está atrás de River e Simon, já que o nosso doutor almofadinha "raptou" sua irmã, tirando-a das garras da Aliança, que usava River para experimentos. Ela foi um dos lados da batalha do Vale Serenity, aonde Mal e Zoe lutaram, - e eram chamados de Independentes, ou Browncoats - e até hoje, os dois tem problemas com ela, viajando e tentando fugir para onde a Aliança não pode os pegar.

Lembram das palavras-chaves que eu citei no início dessa review? União e lealdade? Pois bem, a partir de agora, vocês entenderão o porque que eu pedi para vocês gravarem essas palavras.

Claro que a Aliança é uma fdp e revistou toda a Serenity, atrás de River e Simon - que não me perguntem ainda, mas não sei aonde estão - e não encontraram, mas encontraram o sobrevivente que Mal levou para a enfermaria - que, aliás, já estava acordado e aprontando - muito machucado na boca, pois tinha cortado a sua própria língua (tô dizendo que os Reavers são hardcore...). Achando o rapaz machucado dentro da nave, a Aliança, aqui representada por um membro ainda mais pnc do que a Aliança mesmo, conduz todos para "um local oficial" aonde os interroga sozinhos. E aqui, senhores, vemos a definição da união e lealdade que citei a todos. Em todas as entrevistas, ninguém, absolutamente ninguém os convidou e nenhum, nenhum dos senhores é bem-vindo aqui abriu a boca para dedurar o Capitão, ou falar sobre River e Simon. Kaylee ficou indignada pois chamaram a Serenity de lixo, e fez um discurso citando o que realmente é lixo. Inara e Pastor Book falaram poeticamente sobre o que eram dentro da nave. Wash falou sobre a beleza da Zoe, que falou que brigava com Wash direto, mas não respondia nada sobre seu casamento com ele. Jayne não abriu o bico.





Nesse momento que você vê que, mesmo com diferenças, eles são unidos o suficiente para não colocar o seu capitão na linha de fogo, ou dedurar os fugitivos com quem conviviam dentro da Serenity. No final dos interrogatórios, a Aliança detém todos os tripulantes pela morte das 14 famílias dentro da nave e pela tortura do único sobrevivente.

Mas ainda temos mais um plot twist. O sobrevivente do ataque começa a atacar a todos dentro do cruzador da Aliança, forçando o oficial a ter a ajuda de Mal para capturá-lo dentro da Serenity. E se não fosse o nosso capitão, o oficial da Aliança certamente não estaria vivo. O Reaver atacou um soldado, e quase matou outro, se não fosse por Mal ter o estrangulado com as algemas que ainda usava.
Com isso, o oficial os libera da prisão - e continua com a muamba, para a tristeza de Jayne - e bombardeia a nave aonde os corpos estavam, deixando chance zero de algum deles estar vivo e se tornar mais um Reaver.



E com isso, encerramos mais uma review de Firefly. 3 down, 11 to go!

Saudações browncoats! o/
Reações:

Sobre o Autor

 
Top