Comentários
Jonathan G. Jonathan G. Author
Title: [REVIEW] BATES MOTEL S02E02 - SHADOW OF A DOUBT
Author: Jonathan G.
Rating 5 of 5 Des:
“Talvez dessa vez, eu possa vencer” – Música Maybe this Time (Do musical Cabaret), interpretada no episódio por Norma Bates. O epis...
“Talvez dessa vez, eu possa vencer” – Música Maybe this Time (Do musical Cabaret), interpretada no episódio por Norma Bates.

O episódio desta semana foi um pouco mais parado em relação ao anterior, o que não quer dizer que ele tenha sido ruim, de forma alguma. Episódios parados são necessários para uma série como Bates Motel, pois só dessa forma os personagens se desenvolvem. Nesse, acompanhamos o desenvolvimento do Norman, da Norma, da Bradley e do Dylan, além da própria visão da Norma a respeito de seu filho.

Ele começa logo após Bradley chegar à casa de Norman e pedir ajuda para ele. Logo nos primeiros minutos, ela já conta tudo o que fez no final do episódio passado, “matar o homem que matou seu pai”. Após isso, vemos Norma em uma consulta um tanto diferente, em que mais uma pessoa indica que ela vá para um psiquiatra. Também temos, logo no começo, um retorno ao plot do Romero.


O plot do Dylan foi bastante interessante, pois não tivemos muito dele no episódio passado e a sua história continuou, de certa forma, de onde parou na temporada passada, o que nos deu tempo de aguardar por mais dele. Tivemos pouquíssimos segundos com a Emma, o que torna esse episódio o segundo em seguida em que não tivemos ela com importância.

Bradley não estava tão interessante quanto antes, seu plot foi um pouco arrastado em relação à seu momento justiceira que vimos anteriormente. Se escondendo e tentando fazer as pessoas à sua volta a protegerem mais e mais.

Um dos pontos altos do episódio foram os momentos musicais. Podemos ver a incrível dinâmica entre mãe e filho, interpretados grandiosamente por Vera Farmiga e Freddie Highmore, em um primeiro momento, mostrando que a relação  entre os dois continua firme, forte e doentia. A mania protetiva da mãe pelo filho é levada a extremos, neste episódio o extremo chega pela questão da professora morta, que não parece que terá um fim tão cedo assim.


O outro momento musical, em que Norma canta sozinha a bela música Maybe this time, é emocionante. A letra, sobre a esperança de que um amor que aconteça, possa ter um final feliz diferente do passado, se encaixa muito bem com a Norma. Seu amor pelo Norman, é o novo amor que ela consegue, sua chance de ser verdadeiramente feliz, após decepções do passado. A letra foi muito bem interpretada por Vera Farmiga.

A revelação de uma decepção do passado dela, chega ao fim do episódio, este terminando com um gosto de quero mais intenso, mal posso esperar pelo próximo episódio, e como tudo desenrolará nessa trama.

Promo do próximo episódio
Reações:

Sobre o Autor

 
Top