Comentários
Rayssa Rayssa Author
Title: [REVIEW] ELEMENTARY - S02E16: THE ONE PERCENT SOLUTION
Author: Rayssa
Rating 5 of 5 Des:
Embora não tenha abordado o pano de fundo envolvendo Mycroft que todos estamos ansiosos por ver, Elementary trouxe um excelente caso da...

Embora não tenha abordado o pano de fundo envolvendo Mycroft que todos estamos ansiosos por ver, Elementary trouxe um excelente caso da semana e o retorno de Lestrade, dando a "The One Percent Solution" um resultado mais que positivo.

Pois é, tivemos o retorno de Gareth Lestrade. E já percebi neste momento que a tensão entre ele e Sherlock prometiam um bom episódio. Lestrade entrou para o setor privado após o caso trazido na Season Premiere desta temporada, após ter tomado crédito pela resolução de mais um homicídio realizado pelo Holmes. E se tornou o tipo de cara que eu não suporto. Só tomando água de coco, com uma assistente para fazer suas ligações pessoais e pedindo um helicóptero para percorrer oito quarteirões. E tudo isto às custas de Sherlock.


Por causa do panorama já apresentado nos primeiros minutos de "The One Percent Solution" eu já estava ansiosa para ver os "poderes dedutivos" de Lestrade falharem e Sherlock triunfar, mas o crescimento do personagem fez com que a relação fosse mais civilizada do que eu gostaria. Sem dúvida a interação entre os dois personagens, que colocaram a Watson no meio das trocas de gentilezas várias vezes, foi o ponto alto do episódio, de forma que eu nem cheguei a me importar quem seria o responsável pela bomba. Mas mesmo assim foi um bom episódio, que me deixou vidrada nos 42 minutos e provou uma informação que a série Criminal Minds trouxe na sua 1ª temporada (S01E03: Won't get fooled again): usualmente o autor das bombas acaba se tornando uma de suas vítimas, por isso o primeiro lugar para procurar o responsável é na lista dos feridos. Afinal, Aurelius teve um final bem poético para um cara que explodia locais e assumia autoria utilizando citações filosóficas.

Outro ponto interessante foi perceber o real trabalho de Lestrade, que nada tinha a ver com investigação dedutiva, mas sim espionar funcionários e acobertar as indiscrições do chefe. Balsille era o típico chefe executivo de uma empresa milionária, que acreditava estar acima de tudo e de todos, a ponto de comprar suas parceiras amorosas. E é isto que adoro no carma, que o fato dele transformar seus interesses sexuais em prostitutas voltou para derrubá-lo e mostrar sua verdadeira face. Nesta hora confesso que fiquei surpresa com a atitude de Lestrade, em fazer a coisa certa, revelando a responsável pela bomba e expondo seu chefe, mesmo que isto tenha custado seu emprego. Pelo visto Holmes não foi o único personagem que amadureceu.


Enfim, gostei de "The One Percent Solution", que para mim aproveitou Lestrade melhor do que na Season Premiere. Chegando na reta final desta temporada estou a espera de duas coisas: o plot envolvendo Mycroft e a notícia de que Elementary foi renovada. Todo mundo torcendo!

E você, o que achou de "The One Percent Solution"?

Obs: Sherlock foi o responsável pela retirada do status de planeta de Plutão. Gostei desta sacada do roteiro.

Obs: A música utilizada como toque musical para as ligações de Lestrade é "Bad Day” de Daniel Powter. Depois confiram a letra!

Obs: Pelo visto é possível reabilitar galos de rinha. Holmes e seus projetos paralelos.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top