Comentários
Camila Menezes Camila Menezes Author
Title: [REVIEW] HANNIBAL - S02E03: HASSUN
Author: Camila Menezes
Rating 5 of 5 Des:
                                                                “I want to save you” Essa semana Bryan Fuller desafiou a capacidade de i...

                                                                “I want to save you”

Essa semana Bryan Fuller desafiou a capacidade de interpretação dos seriadores. Isto por que o episódio Hassun foi marcado por plots em aberto, dando margem a várias interpretações. Não restam dúvidas que, no devido tempo, as perguntas deixadas essa semana serão esclarecidas. Enquanto isso não acontece, há espaço para discutirmos algumas possibilidades aqui.

Chegado o julgamento de Will Graham, Jack claramente estava dividido entre se portar como amigo ou como chefe. Sendo chamado como testemunha da acusação, caberia a ele o papel de acusar Will de ser o autor dos crimes. Já como amigo, caberia o papel de se questionar se Will realmente é culpado ou, encontrar uma justificativa para tal comportamento. Bem ou mal, Jack preferiu a segunda opção, colocando seu cargo em risco.

Percebam que Hannibal sugeriu a Jack que mantesse o emprego, logo, atribuindo a culpa para Will. A percepção deste detalhe é importante para tirarmos algumas conclusões logo mais. No julgamento, é bem notável como Hannibal se diverte com a situação do Graham. Prova: ouvir a promotoria dizer que Will era a mente mais inteligente do tribunal arrancou-lhe um sorriso debochado.

Outra testemunha de acusação foi Dr. Chilton, que obviamente, não iria perder a oportunidade de acusar seu mais novo hóspede no Baltimore State. Na verdade, ele não tem motivo nenhum para acusá-lo. Se assim o fez, foi única e exclusivamente para garantir que Will fique em seu hospital. Ter uma mente altamente psicótica chamará atenção para o Baltimore, logo irá lhe render fama. É um verdadeiro cretino!

Outra cretina foi Freddie Lounds. Com um drama típico de atriz mexicana, a srta Lounds chegou ao tribunal visivelmente “abalada” com a situação. Por sorte, o advogado de Will soube resolver lindamente o problema ao vê-la acusar seu cliente:

- Srtª. Lounds, poderia por favor lembrar-me quantas vezes foi processada por difamação?
-Seis.
-Perdão?
-Seis.
-Seis. E quantas vezes você fez acordo?
- Seis.
- Seis. Obrigado. Nada a acrescentar.


Uma testemunha que seria muito útil a favor do Will seria nossa querida Alana. No entanto, diferente do que ela afirma, ela está sim apaixonada pelo Graham. Na verdade, não sei como ela conseguiu dizer isso na cara dele, aquela cara de cachorro que caiu da mudança.

A questão é que o julgamento foi adiado devido aos novos assassinatos e neste ponto ouvi diferentes interpretações. Revendo o episódio, cheguei a algumas conclusões, a saber:

Will já não é o mesmo da primeira temporada. Como ele mesmo disse, ele está consciente do que está acontecendo. Isto dificulta os planos de Hannibal. Assim, cabe a ele descobrir uma nova maneira de manipulá-lo. A meu ver, esta maneira é tirando o foco do Will sem comprometer a si mesmo. Pense comigo: Os novos assassinatos não tem o mesmo padrão dos anteriores. Se tivesse, comprovaria de uma vez por todas que Will não é culpado. Isso não é bom para Hannis.

No entanto, se os novos assassinatos aparecessem um pouco diferente do estilo habitual, levantaria dúvidas quanto à culpa do Will, mas sem excluí-lo de vez. Exatamente o que Hannibal fez. Mas não se iluda, caro leitor: Se o canibal está fazendo isso, não pense que é por misericórdia ou por demonstração de afeto para com o Will. Como disse anteriormente, Hannibal se diverte com toda essa situação. Se ele está criando uma distração para o julgamento, o faz simplesmente para não perder seu brinquedo favorito.

Aquela demonstração de afeto no julgamento não foi nada mais do que uma maneira de comprometer propositalmente seu depoimento. Mais uma vez, pense comigo: Dr. Lecter estava prestando depoimento em um tribunal. Ali não há espaço para sentimentos (como bem disse o advogado do Will).

Você acha que o Hannibal não sabia disso? Tanto sabia que o resultado foi imediato: a promotoria vendo aquele sentimentalismo para com o acusado, rapidamente indeferiu seu depoimento. Acabou matando 2 coelhos com uma cajadada só: cumpriu a obrigação de depor (sem acrescentar em nada) e ainda se passou por bonzinho, numa tentativa desesperada de reconquistar a confiança do seu antigo bode expiatório.

Provavelmente, ainda esta temporada vamos tirar todas as dúvidas plantadas no episódio dessa semana. Mas de uma coisa eu tenho certeza: mais uma vez, tudo isso faz parte de um plano maior e maligno do nosso querido canibal.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top