Comentários
Lucas Faria Lucas Faria Author
Title: [REVIEW] HOUSE OF CARDS - S02E06: CHAPTER 19
Author: Lucas Faria
Rating 5 of 5 Des:
O clima esquentou. Após quase meia temporada, a situação complica de vez. Se desde o começo a frágil aliança entre Frank Underwood e R...


O clima esquentou. Após quase meia temporada, a situação complica de vez. Se desde o começo a frágil aliança entre Frank Underwood e Raymond Tusk se mostrava mais como um embate velado, agora ele está aberto.

Neste episódio de House of Cards toda essa tensão entre Tusk e Underwood pela influência sobre Walker transborda e acaba levando a uma crise energética em pleno verão americano. Toda aquele jogo político que vimos anteriormente envolvendo os chineses acaba por prejudicar a população estadunidense. É nessa parte que vemos como as tramas que acontecem nos governos tem conseqüências muito maiores do imaginamos.

Mas o que realmente interessa, como sempre, é saber  como que esta crise serviu para Frank diminuir a influência de Tusk sobre o presidente. Ao por a culpa de milhões de americanos no escuro sobre os ombros de seu antagonista, Frank conseguiu prejudicar a imagem do bilionário ante a Walker e o obrigou a recuar e aceitar que a sua e outras empresas de energia tinham de parar de operar como um cartel, ou seja, parar de fixar preços e prejudicar o consumidor. Ponto para o vice-presidente.


Já Lucas se vê cercado. Acusado de cyber-terrorismo e podendo pegar 35 anos de prisão se não aceitar um acordo (onde assumiria a culpa e ficaria só sete anos), sua situação é complicada. Sua investigação envolve o vice-presidente e depende muito da ajuda de terceiros. Não podemos culpar Janine ou Hammerschmidt por não apoiá-lo. Ao que parece, Lucas verá o sol nascer quadrado por um tempo.

A outra ameaça de Frank, Rachel, decidiu mudar suas estratégias. Se não pode vencer seu inimigo, junte-se a ele. Além de vermos, com espanto, que Doug Stamper possui um coração, pode ser que essa mudança de atitude de Rachel signifique que algo vem pela frente. Honestamente, duvido que alguma  reviravolta aconteça e Frank seja prejudicado, mas há sempre essa possibilidade. Rachel sabe demais.

Além de Rachel e Doug, temos um outro envolvimento amoroso (ou melhor, sexual): Jackie e Remy. Mesmo sendo bastante improvável que eles tenham real interesse um pelo outro, o fato da líder da maioria servir a Frank enquanto que o lobista a Tusk pode complicar as coisas. Mesmo que não signifique nada agora, essa aproximação poderá se mostrar perigosa.


Enquanto Frank lida com Tusk, Claire lida com a primeira-dama fazendo-a suspeitar de um envolvimento amoroso entre o presidente Walker e sua secretária Christina. Todos sabemos que Claire não é santa, e por detrás de um suposto coleguismo ela está planejando algo maior. Será que está tentando prejudicar o presidente através de sua esposa? Ou quer acabar com Christina, uma das últimas pessoas que pode ferir Frank pelo assassinato de Russo? Apesar de apostar na primeira situação, a verdade é que Claire pode ser tão maquiavélica quanto Frank, e quem quer que esteja em seu caminho deverá sofrer.

Assim, acredito que a partir deste episódio as coisas começarão a se definir.  Mesmo Tusk sendo um difícil adversário, Frank está conseguindo, pouco a pouco, sobrepujá-lo no Salão Oval. Será que o bilionário tem alguma carta na manga que reverterá tal situação?

Reações:

Sobre o Autor

 
Top