Comentários
Débora Nunes • Débora Nunes • Author
Title: [REVIEW] MY MAD FAT DIARY - S02E03: GIRLS
Author: Débora Nunes •
Rating 5 of 5 Des:
Mais um episódio diferente do que estávamos acostumados a ver. Não teve mais a gangue com Choppy, Izzy, Finn, Chloe e Rae, saudades...

Mais um episódio diferente do que estávamos acostumados a ver.

Não teve mais a gangue com Choppy, Izzy, Finn, Chloe e Rae, saudades, que saudades! 
A série está tomando um rumo diferente da primeira temporada, agora Rae esta preparada pra começar a terapia, como Kester disse. E é bem isso, ela agora enxerga quantos problemas tem pra enfrentar.

Agora a nova gangue é comandada pela Stacey ou era. Desde o começo deu pra ver o quanto era ridícula aquela relação, demorou mas Rae percebeu, orgulho dessa menina!!!
Esse plot foi uma continuação ao episódio anterior, Rae continua descobrindo aos poucos coisas que não sabia, julgou tanto Archie e acabou fingindo ser quem não era pra se encontrar e no final, descobriu que não tem como se encontrar mentindo para si mesmo.

Com tudo isso, abre-se as milhares de possibilidades de continuarmos filosofando, Finn gostou dela porque ela é totalmente diferente de todas as garotas que ele conhecia? Porque achar que ser diferente do que se é, é interessante?


De volta ao outro episódio, sobre o ato de falar, falar às vezes pode ser bom, outras a pior coisa, comentei que dependeria de quem estivesse ouvindo, e foi o caso. Rae contou pra Stacey sobre o problema de comer na frente das pessoas e ela usou isso pra se aproveitar e humilhá-la. Acontece várias vezes, você acreditar que a pessoa é uma coisa, contar algo e PIMBA, descobrir do pior jeito que ela não era quem você pensava que fosse.

Não achei esse episódio melhor que o anterior, dessa vez pausei algumas vezes pra respirar fundo e saber que tinha alguma lição a tirar dali. Mas de novo reitero, essa série traz uma verdade avassaladora, os dias passam como normalmente passariam em uma faculdade, colégio, ou em algum lugar no qual você não se encaixa. E isso aconteceu alguma vez com qualquer um. Então, pra vê-lo você precisa estar completamente de mente aberta, principalmente o coração, pra conseguir enxergar longe.

"cabô a gasolina"
Como alguém me disse certa vez, a tristeza nem sempre é bem aceita, principalmente pelo mundo moderno, mas acredito que temos sim que digerir a tristeza, pra então podermos sublimá-la. Esse tempo é necessário, antes que tudo exploda pelos ares (obs: a cabeça da Rae explodindo, porque Chloe não calava a boca, genial; esses desenhos por cima, como entramos dentro da mente da Rae é incrível).

Entendi a abordagem que fizeram sobre os livros, mas não é porque você lê que você é completamente esquisito ou sozinho, mas tudo bem, porque na parte que mostra que quando você lê existe todo um mundo maravilhoso só seu, você não precisa de ninguém além de você, seus livros e sua imaginação! Ficou perfeito.

Existem várias maneiras de se estar só, acho que a grande lição disso tudo. É que você só esta só, se não esta bem consigo mesmo, aí nada ao redor te fará bem. Outro ponto importante é não ligar pro que os outros pensam... Só que de novo, apesar de os outros pensarem ou não sobre alguma coisa, é você que dá poder ao que pode ou não te fazer mal, Rae descobre isso quando começa a comer na frente das pessoas (e dane-se qualquer coisa, o que importa é o que é importante pra você!).

Pois é, esses episódios me fizeram filosofar demais, especialmente porque considerei esse uma continuação do anterior, como já dito.
O nome "Girls" no episódio, só mostrou um lado, do que muitas vezes acontece mesmo, mas não só com as meninas, como podemos ver com Archie.


E apesar de Rae querer ajudar Archie, achei que ela pisou na bola, ou melhor explodiu a bola. Tudo bem que tem vezes que falar pelo outro ajuda, mas não achei que fosse o momento, agora é ela que vai ter que pedir desculpas pra ele e arranjar outro modo mais fofo do que ele cantando violão pra ela (ai que coisa mais linda, vontade de me expressar com mil interjeições, mas estou me contendo).


Pra finalizar, achei incrível Rae pedir desculpas pra menina que lia livros o dia inteiro, sendo totalmente fofa. Ao contrário de Chloe que foi vadia ao extremo com Stacey, mas tiro o chapéu, mereceu. Engraçado né? Voltou com a mesma moeda. Aqui se faz, aqui se paga?

Agora é só esperar o próximo episódio, quero tanto vários episódios, mas não quero que acabe logo! Vamos ver se Rae consegue ir aos poucos enfrentando seus medos e achando a felicidade de novo, ou seja lá outro nome que tiver.

P.S.: Chopp e Izzy cadê vocês, foram viajar e vão voltar casados, é isso?
P.S.2: Finn dizendo que não poderia ser mais amigo da Rae, no começo do episódio foi de cortar corações!
Reações:

Sobre o Autor

 
Top