Comentários
Dayane Andreatta Dayane Andreatta Author
Title: [REVIEW] THE ORIGINALS - S01E14-16
Author: Dayane Andreatta
Rating 5 of 5 Des:
Depois de 3 semanas sumida, cá estou eu, para colocar nossas reviews em dia. Nesta terça-feira (18), foi ao ar o 17º episódio de The...

Depois de 3 semanas sumida, cá estou eu, para colocar nossas reviews em dia.

Nesta terça-feira (18), foi ao ar o 17º episódio de The Originals, aproveitando a deixa, vamos relembrar o que aconteceu nessas ultimas semanas na série, então vamos falar de 3 episódios nessa review:

SO1E14: Long Way Back From Hell.
S01E15: Le Grand Guignol. 
S01E16: Farewell to Storyville.

Em Long Way Back From Hell tivemos uma sequência de cenas atormentadoras. Em busca de uma vingança sem sujar (tanto) as mãos, as Genevive e Celeste ficaram brincando de casinha com Klaus e Rebekah dentro de um sanatório, revirando e trazendo realmente à tona suas memórias.

Durante o surto da gripe espanhola, acredito eu, em 1919, Rebekah trabalhou como enfermeira em New Orleans, para ajudar a população de sua cidade. Partindo de suas supostas boas intenções, ela chega a traçar um plano, junto com Marcel, para que os dois pudessem escapar de Klaus, que, como sempre e como já sabemos, não apoiava o relacionamento.


Agora a grande revelação do episódio, não para nós, mas para Klaus, é que sua irmã andou tramando contra ele, atraindo seu odiável pai para a cidade, pois assim ele seria obrigado a fugir da cidade e ela com amado poderiam se ver livre, pelo menos por um tempo, do irmão possessivo. Então a partir do momento em que Klaus está convicto da traição de sua irmã, parte buscando mata-la.

O episódio termina com Klaus sendo apunhalado com aquela faquinha massa de Tunde por Elijah, e Marcel conseguindo fugir com Rebekah, que claro, acaba voltando para New Orleans logo no episódio seguinte, Le Grand Guignol, onde tivemos o fechamento de dois plots; o de Celeste e também dos lobos da família de Hayley. Ela, que logo no início do episódio traça um acordo com Celeste, conseguindo libertar sua família com um shake verde gosmento preparado pela bruxa. Esperava mais, pelo menos que fosse um pouco mais difícil desfazar a maldição, mas tudo bem, me contendo com isso.

Aqui, Klaus passa a maior parte do tempo com Cami, contando como foi a passagem de seu pai pela cidade. Ela ficou cuidando dele a pedido de Elijah dando tempo para que ele tentasse dar um jeito nas coisas. O recurso de flaskbacks foi usado e abusado novamente, não nos mostrando muitas novidades, a não ser pela dúvida de como Macel conseguiu escapar do teatro em chamas. A parte boa dessa retomada da história é que dá uma certa coesão a trama, tira aquela impressão de que todos os personagens sabem de tudo a partir do momento em que as coisas acontecem.

Assim, acabam os três originais dentro do cemitério, aprisionados por Celeste. Quando a bruxa começa a ganhar o meu respeito pela jogada de mestre de encurralar os 3 irmãos num mesmo lugar para que acabacem se matando, ela morre. Uma morte mixuruca, com a ajudinha de Monique, que pelo jeito agora vai jogar pro lado dos vampiros, mas que pelo menos trouxe a Davina de volta, ressuscitando também seu plot.


Davina vai ser obrigada a deixar Marcel e os vampiros, pois foi castigada pelos ancestrais por não ter usado sua magia de forma boa, abrindo espaço para Monique, que pode facilmente se aliar a Elijah agora. Basicamente, essa foi a história do lado de fora do cemitério no último episódio, Farewell to Storyville, pois do lado de dentro, vimos Elijah, Rebekah, Klaus, a faca de tortura de Tunde e uma estaca de carvalho branco.

Ainda presos no cemitério, Elijah faz de tudo para proteger Rebekah da raiva vingativa de Klaus. Mas entre mortos e feridos, salvaram-se todos. Os irmãos realmente lavaram a roupa suja, relembrando tudo o que já tinham vivido até ali. Foi realmente emocionante, Klaus finalmente conseguiu libertar a irmã para que ela fosse feliz. Rebekah foi embora, e lamento em dizer, mas dificilmente voltará, não apenas para New Orleans, mas também para a série, já que Clarie Holt está saindo do elenco.

Tenho dúvidas de como a série vai seguir só com 2 irmãos originais, dá a impressão de que corre perigo de perder o foco, mas ainda confio nos produtores, e eles certamente vão dar um jeitinho.

E isso é tudo, pessoal. Espero que me perdoem pela demora, mas agora estamos quites.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top