Comentários
Poliana Mendes Poliana Mendes Author
Title: [REVIEW] THE VOICE US - S06E09/10: BATTLES ROUND 1
Author: Poliana Mendes
Rating 5 of 5 Des:
Com uma primeira semana fraca e a maioria dos candidatos mais interessantes das blinds  para a segunda semana de batalhas, ainda acredit...

Com uma primeira semana fraca e a maioria dos candidatos mais interessantes das blinds para a segunda semana de batalhas, ainda acreditei e confiei no melhor reality musical no ar. Mas com tantos steals usados erradamente semana passada, prevejo muita gente boa saindo injustamente, como sempre acontece e faz parte do programa. Mas vamos ao que interessa!

Austin Ellis X Josh Kaufman – Team Adam


Rafa: Pra mim, qualquer batalha contra Josh se compara a batalhar contra Sissaundra, eles são tão bons que para perderem teriam que fazer algo muito errado. E neste caso, o cordeirinho foi Austin, que cantou muito bem por sinal. Gosto muito da música, mas não acho ela muito desafiadora e nem própria para a batalha com cantores tão bons. Josh cantou muito bem,  o que já era de se esperar, e claro venceu esta.

Poli: Um 4-chair do calibre de Josh contra um who qualquer com blind cortada, eu já estava esperando um massacre, mas aí nos treinamentos Austin me surpreendeu positivamente. E a batalha me agradou bastante, os dois funcionaram bem, conseguiram transmitir uma energia bacana na apresentação e vocalmente foram muito bons. Claro que é covardia brigar com Josh, mas Austin fez um bom trabalho. Adam acertou bastante no pareamento, na escolha da música e por Austin ter mostrado uma grande evolução de uma fase para a outra.

Vencedor: Josh.

Alaska e Madi X Audra McLaughlin – Team Blake



Rafa: Nas audições essas meninas me surpreenderam, Alaska e Madi por terem uma harmonia fantástica e Audra pelo alcance invejável daquelas big notes, por isso não esperava uma batalha entre elas por ambas serem no mínimo interessantes numa temporada com tanta gente boring. A apresentação foi bacana, achei que Audra gritou excessivamente, o que se fosse no time do Adam talvez seria um problema, já no do Blake, não sei. A dupla foi bem de mais, soube usar muito bem os seus pontos fortes. Concordo com os pontos citados pela Shaki, mas não saberia escolher, ambas foram muito bem.

Poli: Acho que era a batalha country mais esperada não só por mim, mas por todos. É sempre complicado parear alguém com uma dupla, conseguir dividir os tempos direitinho para que todas apareçam e coisas assim. Na hora que todas as três cantavam a voz da dupla se sobressaiu, mas quando Audra cantava só, que menina com potência vocal! Gostei demais da batalha, essa semana está bem melhor. E por todo o apelo, escolheria Audra. Tanta gente ruim foi pega com steal e elas mereciam demais, uma pena.

Vencedor: Audra

Deja Hall X Music Box – Team Shakira



Rafa: Uma cantora nova e que vai além das expectativas contra uma experiente que não passou de um combo de aprovação nas blinds, tudo indicaria que a vitória seria de Deja, mas os ensaios me preocuparam bastante, e como assim nos últimos ensaios as duas não sabiam ainda a música de cor, que vamos combinar é um clássico. Music Box me surpreendeu, mostrou que não é feita apenas de gritos e Deja se mostrou mais confiante e fez uma bela apresentação. Ou seja, mesmo torcendo por Deja, entenderia  a vitória da senhora Box.

Poli: A desvantagem de ser alguém que foi “combada” nas blinds é que não conhecemos do que esses candidatos são capazes e Box pela seu primeiro trecho no treinamento mostrou que sabe bem o que está fazendo. E mesmo a música sendo um clássico, infelizmente a batalha não conseguiu me empolgar nenhum minuto, por motivos pessoais escolheria Deja sem nem pensar duas vezes.

Vencedor: Deja
Steal: Usher


Madilyn Paige x Tander James – Team Usher



Rafa: Madilyn tem uma voz muito legal, é afinada e tem esse ladinho tímida que lembra de mais uma das vencedoras do programa, já quanto a Tender pode ter sido não nos apresentado direito, e mesmo com uma voz bonita, não teria muitas chances se avançasse desta fase vitorioso, então destes participantes o melhor é torcer para não passar, por melhores que sejam.  Mas falando diretamente da batalha, bonitinha, afinada, e pareciam um casal cantando e não batalhando, além de muuuito afinado.

Poli: Gostei muito da audição de Madilyn, já não posso falar o mesmo da de Tander (porque não lembro, ele foi um dos combados?). Mas por incrível que pareça, comecei a me interessar bastante pelos ensaios. A voz dos dois são gostosas de se escutar e o pareamento foi ótimo (pontos para Usher) e eu honestamente não saberia quem escolher.

Vencedor: Madilyn

Dawn e Hawkes X Josh Murcey – Team Adam



Rafa: E então chegamos a batalha contendo Alex & Sierra, não pera, Dawn e Hawkes e o cordeirinho para o abate é Josh. Que só pela apresentação já achei muito mais interessante que a dupla. Me atirem uma pedra, mas eu achei a música tão errada pra competição, que tornou os três bem chatinhos e sonolentos, talentos desperdiçados, pra mim, falha feia do Adam.

Poli: Um dos candidatos mais falados das battles, contra um totalmente who, Adam nessa temporada começou cedo sacrificando seus cordeirinhos. Que batalha chatinha, Shakira pode pecar em sempre parear os seus melhores candidatos algumas vezes, mas pelo menos quando ela faz isso temos batalhas épicas (sdds Luke x Monique). E que burrice fez a Shakira com um Steal!

Vencedor: Dawn e Hawkes
Steal: Shakira

Bria Kelly x Tess Boyer – Team Usher



Rafa: E para fechar a primeira noite da semana, uma batalha mais previsível impossível. Assim como a primeira da noite, quem entraria contra Bria entraria já nocauteado e nem digo isso devido a massiva base de fans que a loirinha tem antes mesmo de entrar no programa (praticamente uma Cassadee 2.0 por mais este motivo), mas sim por que tudo estava de acordo, a música foi escolhida para ela vencer e desde o inicio, se vestiu e portou como vencedora. Talvez por isso, não achei nada de mais, claro, Bria é ótima, mas o fator uau ficou faltando, ela não teve o seu big moment que tanto os coaches falam. Tess passou pra próxima fase para ser cordeirinha de sacrifício.

Poli: Entrar no “ringue” contra uma das melhores candidatas do programa já é brigar sabendo que vai perder. Mas gostei da postura de Tess, brigou de igual pra igual, pelo menos tentou o que acabou elevando o nível da battle. Achei legal a amizade que as duas cantoras parecem ter criado com o steal do Blake, mesmo sendo uma competição, acho legal ver coisas desse tipo acontecerem.

Vencedor: Bria
Steal: Blake

Cary Laine X Sam Behymer – Team Adam



Rafa: Cary é  uma boa cantora, não acho que merecia quatro cadeiras viradas mas canta bem, já Sam, nas auditions pra mim foi apenas um clone da Lorde, então comecei a assistir esta batalha esperando conhecer mais delas e talvez me surpreender, já que adorei a música escolhida e achei que poderia favorecê-la. Foi muito bem cantada, elas não foram perfeitas, mas ambas puderam mostrar sua voz, mais uma daquelas batalhas que não dá pra saber quem venceria, então que avance a pessoa com uma voz mais diferente.

Poli: Com vozes tão diferentes para se cantar uma mesma música fiquei receosa no início, mas funcionou muito bem as duas juntas. Sam tem uma voz única e em alta hoje em dia, mas ainda precisa de um controle vocal que Cary já possui, ficaria com Sam por ser uma aposta de algo diferente do convencional.

Vencedor: Sam

Kaleigh Glanton x Noah Lis - Team Blake


Rafa: Quando foi apresentada a próxima batalha, pensei que mesmo que Kaleigh seja um ótima cantora, Noah pode surpreender pois o seu tom de voz por mais que não seja diferente de qualquer coisa que ouvimos no rádio hoje, é agradável, além de nenhum dos dois aparecerem em combos, faz com que a chance de ambos sejam iguais. Na hora H achei tudo muito bonito e harmônico, Noah foi muito bem, mas Kaleigh tem mesmo uma voz interessante, e fez desta uma música sua e como Blake disse, ela soube o que é exatamente quando se destacou na apresentação. Vitória merecida.

Poli: Um duelo de titãs, ambos foram muito bem nas suas audições e esperava bastante para ver acontecer dois excelentes candidatos pareados. E a batalha foi ótima de se assistir, a sintonia dos dois dentro do palco foi muito boa, só esperava mais explosão de ambos os lados para mostrarem do que são capazes. E tantos steals foram desperdiçados com cantores ruins que muito bons foram embora injustamente.

Vencedor: Kaleigh

Combo de batalhas:

Rafa: Odeio combos, tanta gente boa e apresentações interessantes jogada fora em um combo. Uma pena.

Poli: Na primeira semana eles ainda tiveram a decência de mostrar o nome dos candidatos combados, coisa que nem aconteceu nessa semana. E a candidata com mais fãs no youtube foi combada! Por essa eu não esperava, quem teve a curiosidade de procurar mais sobre Christina Grimmie ela tem vídeos de 15 MILHÕES de visualizações minha gente! O resto que não passou agora com certeza perderão no round 2 das batalhas.

Cierra Mickens x Emily B - Team Shakira



Rafa: Que bom, última battle com uma das minhas favoritas na competição, pena que foi brigar logo com a interessantíssima Cierra. Gostei da escolha da música, depois de ver uma linda versão em Glee, esperava que elas fizessem algo grandioso com ela. E não fizeram diferente do que esperava, elas são boas, tem presença de palco e as duas são vitoriosas, cantaram muito bem, brilharam e fizeram jus ao último steal da primeira fase de batalhas.

Poli: A melhor candidata de Shakira teve uma concorrente de peso nessa batalha, como o Rafa, também gosto muito da música por causa de Glee e com duas candidatas ótimas, para ser a última batalha da temporada não teria como ser menos do que excelente. Com um steal sobrando, era óbvio que ambas passariam, só precisávamos apreciar a excelente apresentação e ver quem seria de Shakira e quem seria do Usher.

Vencedor: Emily B.
Steal: Usher

Comentários gerais
Rafa: Com isso acabamos a fase de batalhas no The Voice, que ainda não me empolgou, tivemos boas apresentações, mas elas foram poucas. Sinto por não termos mais Knockout rounds, e ainda acho que o programa errou em colocar uma segunda fase de batalhas, mas vamos ver, se os melhores desta fase farão batalhas dignas de The Voice. De todos os flashes que tivemos, o mais esperado por mim, claro que da Sisaundra.

Poli: Segunda semana infinitamente melhor que a péssima primeira semana de batalhas. Muitos steals mal gastos semana passada acabaram com que cantores muito bons deixassem o programa. Adam não conseguiu mostrar a que veio com o melhor time, ainda faltam apresentações boas para seus artistas se firmarem. Usher aproveitou muito bem seus principais artistas e Bria desponta como uma das favoritas. Shaki também usou sua melhor cantora, Emily B, com uma batalha de nível ótimo. E quem ganhou mais com isso tudo foi Blake, com Audra fazendo uma apresentação extremamente sólida e unindo o que Blake tanto gosta: Country, garota bonita e boa voz.

Reações:

Sobre o Autor

 
Top