Comentários
Kelvin B. Kelvin B. Author
Title: [C. Nerd] - Review: South Park: The Stick of Truth - Divertido, Fiel e Viciante!
Author: Kelvin B.
Rating 5 of 5 Des:
Algumas adaptações da TV/cinema e quadrinhos para os videogames não são bem produzidas e a fidelidade é baixa, dessa vez a Obsidian Enterta...
Algumas adaptações da TV/cinema e quadrinhos para os videogames não são bem produzidas e a fidelidade é baixa, dessa vez a Obsidian Entertainment resolveu pegar uma das melhores sitcom da atualidade e o tornar jogável para os fãs, mas será que o resultado final é realmente bom? Misturando elementos RPG e aventura, South Park: The Stick of Truth consegue ser tão engraçado e divertido quando assistir a um episódio do desenho.


Você controla um personagem mudo apelidado de Babaca (durante a jogatina te chamaram de Sir Babaca), este que chega ao meio de uma guerra entre humanos e elfos pelo artefato que dá nome ao game, Cajado da Verdade. Obviamente essa guerra é uma brincadeira entre as crianças que são apresentadas na história, assim como seu uniforme e equipamentos. Pela primeira vez, após cinco adaptações aos games, os criadores Trey Parker e Matt Stone fizeram o roteiro, então já podem ir imaginando situações cômicas, únicas e engraçadas, mesmo que ao olhar critico sejam simples, fazem bem ao papel proposto. Personagens como Kyle, Stan, Cartman e Kenny, que são já consagrados na série, estão no titulo.  

A gameplay é por turnos, onde exige a atenção do jogador para apertar as teclas apresentadas na tela em ótimo timing, tirando mais dano, ou não, dos inimigos. Dentre as classes: Mago, Ladrão, Guerreiro ou Judeu. A cada inimigo ou personagem novo apresentado, os comandos de ataque e defesa mudam, por exemplo, em alguns casos você terá que apertar botões de acordo com o som/melodia, lembrando bastante Guitar Hero. É bem executado e dão um gosto a mais na gameplay, não sendo enjoativa e sim diferenciada.

Como de costume, haverá itens e habilidade, seja de cura ou dano. Esses são representados por alimentos do dia-a-dia, como salgadinhos. Não pense que são raros, pois em todas as rodadas é possível usar um, já que são encontrados com facilidade em cenários. Lembre-se que uma boa exploração te dará dinheiro e itens. O interessante de se explorar é que logo o jogador nota que existem roupas e itens que fazem referência a série, até em falas de personagens.


South Park é mapeada e logo virá a sensação de mundo aberto, mesmo que inicialmente algumas áreas não estarão disponíveis, é preciso novas habilidades para deixa-las acessíveis, algo que você conseguirá com a jogatina. Na exploração de cenário e interação é possível fazer missões secundárias, como colecionar objetos e brincar de esconde-esconde. Como eu disse no inicio dessa analise, tudo não passa de uma brincadeira entre os personagens, então você verá a cidade “vivendo” normalmente.

Mesmo a gameplay sendo divertida, ela pode ser irritante para algumas pessoas. Em um tutorial, por exemplo, se você errar o que é mandado na tela, um ataque talvez, o diálogo ficará repetindo por longas horas até que você o acerte. Em outros casos, não existem diálogos ou explicação, deixando o jogador descobrir por conta própria o que fazer. Isso pode fazê-lo abaixar o volume da TV só pra não decorar o que está sendo falado. Não que prejudique o conceito criado, mas não posso deixar de citar. Colorido e bem polido o gráfico segue o mesmo estilo do desenho, assim como movimentação de personagens. A trilha sonora é boa, nada impressionante, mas faz seu papel.


Nota: 9.0/10


Por fim, South Park: Stick of Truth é um game fantástico! Ótima pedida para fãs de RPG, fiel para os fãs e um motivo para conhecer o desenho! Mesmo com poucos erros, o resultado final é impecável. Divertido, extremamente viciante e engraçado ao ponto de fazer qualquer um rir. E aproveite já que o game vem legendado em português brasileiro, palavrões não serão perdoados na tradução.

Jogo cedido gentilmente pela Ubisoft! 


Reações:

Sobre o Autor

 
Top