Comentários
Raphael Gomes Raphael Gomes Author
Title: [REVIEW] THE CRAZY ONES - S01E20: LOVE SUCKS
Author: Raphael Gomes
Rating 5 of 5 Des:
Um episódio sensacional uma semana antes do final da temporada é suficiente para salvar o show? Acho difícil. Potencial a série tem e mu...

Um episódio sensacional uma semana antes do final da temporada é suficiente para salvar o show? Acho difícil. Potencial a série tem e muito, vimos isso em ótimos episódios que nos foram apresentados essa temporada, mas os últimos episódios foram tão ruins que quando assisti esse me surpreendi com a qualidade. Sério, por um momento quase torci pelo não cancelamento da série.

O episódio foi especial para Robin Williams, já que Pam Dawber foi à convidada especial. O casal foi protagonista de um seriado chamado "Mork & Mindy", e foi o primeiro trabalho de Robin Williams na tv, isso em 1978. Pra quem só nasceu beeeeem depois, como eu, não vai lembrar mesmo, quem sabe nossos pais. Mas é ótimo ver antigos companheiros de trabalho voltando a se encontrar na telinha, eu, por exemplo, tenho uma lista enorme de pessoas que poderiam se juntar novamente.

Robert desencalhou (antes da Sydney, coitada) e tenta programar o encontro mais romântico de todos. Imagino que isso seria a coisa mais fácil para alguém como Robert Simon, mas infelizmente a magia do amor se desfaz quando ele descobre sobre o fim do casamento de Gordon e Timothy. Já falei muito aqui nas reviews antigas que o Gordon deveria ser personagem fixo, pois os melhores episódios são com ele, e com esse não é diferente. Se a série for renovada apostem no Gordon, pelo amor de Deus.

Misturem um Simon tentando liberar a casa para um encontro, um Gordon tentando ser espontâneo e um óculos da Google e você terá ótimas cenas. Gordon falando sobre a Costa Rica pros vizinhos foi hilário, mas útil. Na boa, quero muito uns óculos daquele, nunca mais ficarei desinformado na rua, e poderei impressionar bastante com meus “conhecimentos”.

Mas a melhor cena foi o bearaoke. Ver aquele gigante cantando “Wrecking Ball” foi hilário, e juro que essa música está me perseguindo. Achava que The Crazy Ones era o último lugar que ouviria ela. Enfim, finalmente conhecemos Timothy, estava curioso desde o episódio do guaxinim. E ele era tudo que eu imaginava, só mais baixo que o esperado.


Enquanto isso na agência, Andrew tenta escapar de uma funcionaria grudenta. Pior que há uma Jean em toda empresa e se livrar delas nunca é fácil, eu me identifiquei com Andrew finalmente nesse episódio. Quem nunca sofreu com isso né? Só mesmo a drama queen da agência pra suportar a mesma, par perfeito. Juro que vi essa perfeita combinação na hora que a Jean apareceu, já que a Syd ama atenção. Mas achei muito paia os três sacrificarem ela dessa forma. Outra coisa que já comentei nas reviews antigas, quando tiram o foco da Sydney o episódio tende a melhorar.

O episódio foi muito bom, me deixou animado em relação aos dois últimos episódios, que serão exibidos no mesmo dia. Mas seria um milagre se conseguir folego para uma nova temporada.

P.S. “Você é como um alien”. Clara referencia a antiga série do Williams.

P.S. 2 Lauren como você estava linda demais nesse episódio.

P.S. 3 Onde compro os óculos?

P.S.4 Até o sériado zoa o Wikipedia.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top