Comentários
Lilian Zin Lilian Zin Author
Title: [REVIEW] CROSSING LINES - S01E09E10: NEW SCARS, OLD WOUNDS
Author: Lilian Zin
Rating 5 of 5 Des:
"At least you have passion in your passionate words. There's hope for you yet." - Sebastian Berger Decidi fazer a rev...
"At least you have passion in your passionate words. There's hope for you yet." - Sebastian Berger

Decidi fazer a review dos dois últimos episódios juntos, porque iria me confundir contando o que acontece em cada um. Ambos os episódios são excelentes, mas separar a história ficaria ruim. 

Hickman recebe uma ligação e é informado que a gerente do banco da Holanda foi morta. Além de ir até o local do crime e ser acusado de assassinato, é preso por Arabela (que entra para a equipe na 2ª temporada). Apesar de os episódios terem um destaque para Hickman, devo falar também dos outros plots.


No início da temporada, Sebastian havia brincado com Eva que o sistema policial da Itália estava desprotegido. A segurança do sistema foi aumentada, fazendo com que Sebastian não fosse capaz de invadir e ficasse preso no sistema deles. E foi o que aconteceu. Só que o problema maior ainda estava por vir.

Desde o episódio passado, Anne-Marie não aparecia. Quando Tommy atendeu um telefonema da mesa dela, percebeu que havia algo errado. O carro de Anne-Marie foi encontrado amassado e queimado, com a informação de que havia um corpo dentro. Esse corpo foi levado para o necrotério no momento em que Tommy e Arabela estão pegando o resultado da autópsia da gerente. Tão triste ver o Tommy se culpando por ter deixado “Anne-Marie” sozinha.

Para procurar pistas sobre o acidente e onde uma mulher poderia estar, Sebastian precisava dos dados do ScanGen. Como citado anteriormente, o amigo de Eva havia “segurado” Sebastian no sistema de Florença. Todos os arquivos de Berger estavam em suas mãos. Para ter acesso ao ScanGen, Sebastian teria todos os arquivos revelados, incluindo um grande segredo. Ambos os episódios partem o coração de quem vê, porque Sebastian chorando não é fácil de lidar.


Louis não apareceu na segunda parte da história, já que Dimitrov sequestra ele e Rebecca. Duas coisas importantes sobre esse plot são reveladas: a cara de Dimitrov e que ele não havia feito tudo para pegar Louis. O alvo real era Rebecca, que era promotora de justiça em um caso envolvendo Dimitrov. Dorn ficou responsável por conversar com o russo. Tão fofinho ele todo de branco na neve. Sobre a Rebecca: Comecei a odiá-la desde Desperation & Desperados, quando ela pede o divórcio.

E Hickman? Após ser solto, ele descobre que o real assassino da gerente era Genovese. Com direito a cara de doido e um tiro não fatal na cabeça, ele inferniza Hickman até depois de fugir do hospital. O coitado sofre: ele quase morre, Shari, a cartomante/namorada de Carl fica em coma e ele se demite.

Ao fim dessa temporada, Crossing Lines nos deixou com quatro grandes perguntas:

O que aconteceu com Anne-Marie?
O que vai acontecer com Louis?
Qual o grande segredo de Sebastian?
Genovese vai ser pego?

Apesar de ter todas as minhas teorias já formadas, basta esperar a segunda temporada para termos, pelo menos, a maioria das perguntas respondidas.

Momento Tommy McConnel
Tommy: "Estava só acabando com ele, sabe."
Arabela: ""Atire nele, atire nele!" Foi muito alto para alguém que estava acabando com ele."

Reações:

Sobre o Autor

 
Top