Comentários
Lilian Zin Lilian Zin Author
Title: [REVIEW] NCIS - S11E21: ALLEGED
Author: Lilian Zin
Rating 5 of 5 Des:
"Quero que confie em mim quando digo que pode confiar no Agente Gibbs. Tipo, muito." - Abigail Sciuto Não consigo parar se ...
"Quero que confie em mim quando digo que pode confiar no Agente Gibbs. Tipo, muito." - Abigail Sciuto

Não consigo parar se sentir orgulho de NCIS. O título de drama #1 dos EUA não poderia ter ido para outra série. Alleged foi um daqueles episódios em que a uma hora do episódio passa tão rápido que você nem percebe. 

O Oficial Lester Tate é atropelado por um homem que mandava mensagens enquanto dirigia. Apenas vendo o rosto da vítima, era perceptível que ele já estava morto há algum tempo, devido à palidez, mas ainda era necessário que Ducky confirmasse o óbito e sua causa. Já disse antes e repito: amo o Ducky irritado. Ele fica a coisa mais fofa do mundo, junto com aquele sotaque carregado dele. 

Oficial Tate estava de licença junto com o Oficial Burke, que, no momento em que conhece os agentes do NCIS, começa a dizer que ele não fez nada. Meio suspeito, mas nunca acreditei que ele poderia ter cometido o crime. Enquanto a tripulação do navio do qual Tate fazia parte era investigada, um novo caso aparece: a Oficial Holly Farrell havia sido abusada e o único que sabia era Tate. Cheguei a ficar um pouco com raiva dela, por se negar a contar o que aconteceu para Gibbs e Cabot e, mais tarde, por gritar com Abby. Admito: desde o princípio, o criminoso não me enganou. De modo algum.


Voltando ao assassinato de Tate, Tony e Bishop foram encarregados de ir até o bar interrogar o dono do estabelecimento. Nessa conversa foi revelado que houve uma briga entre ele e outro homem e que o dono do bar teve que expulsá-los de lá, empurrando cada um para um lado. Fiquei com muita pena de o assassino ter sido justo o dono do bar, ainda mais sem a menor intenção de matar o rapaz. Pelo menos ele pegou uma pena mais leve.

Esse episódio foi para rever personagens que apareceram pouco ou não apareceram nos últimos episódios. Mesmo com duas cenas rápidas, é possível se encantar ainda mais por Ducky e Jimmy. Fiquei feliz de ver o Vance e mais ainda de ele ter falado de Kayla e sua vontade de se tornar uma marinheira um dia. Para quem acompanha a série há um tempo, ou mesmo assistiu o episódio em que Eli David e Jackie Vance foram assassinados, ver Vance falando sobre a família é um alívio. 

Abby Sciuto finalmente teve um destaque maior no episódio. Estava com tanta saudade de ver Abby com toda sua bondade. Eu chorei com a conversa que ela teve com Holly, dizendo que ela se sentia triste com o que havia acontecido com ela. Abby é a minha personagem feminina favorita de todas as séries que assisto. Além de, é claro, a Pauley Perrette ser minha atriz preferida.

Pequeno Tony ali atrás!

Apesar de todo o drama do episódio, DiNozzo e McGee, como sempre, trouxeram a parte engraçada. Ambos estavam fazendo uma desintoxicação, o que fazia com que eles tomassem apenas água com limão, pimenta e xarope e comessem um prato de salada. Bishop fazendo vontade no Tony comendo pão com bacon, batata frita com queijo e tudo mais foi ótimo. Na minha humilde opinião, estava apostando que Tony ia desistir primeiro, mas me surpreendi com o McGee comendo pepperoni escondido. Agora, tem como não amar o Tim quando ele faz essa carinha de cachorro abandonado? Coisa mais fofa.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top