Comentários
Raphael Gomes Raphael Gomes Author
Title: [C. NERD] RESENHA - O LADO BOM DA VIDA
Author: Raphael Gomes
Rating 5 of 5 Des:
Se já leram as outras resenhas de livros que postei aqui já devem ter percebido que eu adoro livros que foram adaptados para o cinema. ...

Se já leram as outras resenhas de livros que postei aqui já devem ter percebido que eu adoro livros que foram adaptados para o cinema. Acho interessante ver a história que você leu e imaginou sendo contada de um ponto de vista diferente e ganhando vida na telona, ou como acontece bastante comigo, querer ler e ter uma opinião diferente de uma adaptação que eu já vi. Embora geralmente o livro seja melhor que os filmes, há casos que você acaba se apaixonando pelos dois por motivos diferentes, como foi comigo em "O Lado Bom Da Vida".

Quando assisti ao filme achei ele ótimo, divertido e apaixonante. Jennifer Lawrence brilhou como Tiffany e não havia como não se apaixonar por ela e torcer pelo casal. Mas embora seja bonitinho, o filme me pareceu muito superficial, esperei por um enfoque maior na doença dos dois, pois parecia ser isso o que seria a diferença do filme, e ela foi deixada de lado para dar espaço para o romance. Não me levem a mal, não estou criticando o filme, eu realmente gostei bastante, mas faltou algo. Decidi então comprar o livro e descobrir se o livro se aprofundava mais no que eu estava interessado, e me fui apresentado a uma história bem diferente e mais interessante. Um aviso, assistam o filme antes, porque se for tentar vê-lo após a leitura odiarão a adaptação.

O livro gira em torno de Pat Peoples, que após sair de uma clinica psiquiátrica, tenta se tornar uma pessoa melhor para reatar seu casamento com Nikki. Pat não consegue se lembrar muito bem como o relacionamento acabou e nem por quanto tempo esteve na clinica. Viciado em exercícios e no time de futebol americano eagles, ele tenta se reestruturar com ajuda da família e amigos.

A doença dele é muito bem retratada, vemos com clareza o quão Pat está, desculpem a palavra, fudido psicologicamente. Como o livro é narrado do ponto de vista dele, podemos ver a confusão que está seus pensamentos e sentimentos, e também na obsessão por Nikki e em reparar os erros do passado. Seu casamento acabou, mora com os pais, seu pai não fala com ele, ele sabe pouco do irmão, tudo isso se torna um turbilhão na mente de Pat. Ele é frágil e doente, e suas ações condizem com sua condição mental. O autor acerta em cheio no retrato que passa de Pat, nos importamos com ele e torcemos para o lado bom da vida se revele a ele.

Romance, o que é isso? A história não gira em torno do romance dele com a Tiffany, e nem de longe é meloso como foi no filme. Se você espera um livro romântico, vai se frustar. Tiffany tem poucas aparições, ao contrário do destaque imenso que ganhou na telona. Embora no filme ela seja uma das peças fundamentais para a melhora de Pat, no livro ela não tem esse crédito todo, e ainda fica a dúvida se ela ajudou mesmo de alguma forma. Ela é bem interessante e tão fudida, olha a palavra ai de novo, quanto o Pat. Quando finalmente nos é revelado sobre a história dela, vemos uma mulher depressiva com sentimentos conflitantes, e tentamos entender o motivo de suas ações tão incomuns.

O livro é simplesmente sobre uma pessoa doente tentando se reerguer, Pat tenta juntar o quebra cabeça da sua vida, mas algumas peças se perderam e outras estão sendo escondidas por outras pessoas. Embora esteja doente, ele sempre quer pensar no lado bom de tudo, e nos faz pensar que mesmo nas piores situações que nos encontramos podemos retirar algo bom dali. Temos que ser otimistas e dar o melhor de nós mesmo para a vida melhor, essa é a grande lição que o livro nos dá.

Mas o livro tem três coisas ruins. Primeira, Nikki, ele é tão obcecado que não tem como não pegar raiva dela antes mesmo de conhecê-la. Segundo, se você não é fã de futebol americano vai ficar boiando em várias partes, pois tem muitos jogos, e eles acabam até fazendo a narrativa fluir bem, mas como não conheço quase nada do esporte fiquei perdido. Terceiro, o autor joga milhões de spoilers de clássicos da literatura, se você tem medo de spoilers, não leia.

Autor: Matthew Quick
Genêro: Drama
Editora: Intrínseca
Lançamento: 2013
Páginas: 256
Reações:

Sobre o Autor

 
Top