Comentários
Dessa Piccinini Dessa Piccinini Author
Title: [REVIEW] CRIMINAL MINDS - S09E22: FATAL
Author: Dessa Piccinini
Rating 5 of 5 Des:
Devo pedir desculpas a vocês. Mas em minha defesa, todo aquele que também é universitário sabe o terror da semana de provas. E eu terei ...

Devo pedir desculpas a vocês. Mas em minha defesa, todo aquele que também é universitário sabe o terror da semana de provas. E eu terei a última na Segunda-Feira e então estarei livre para assistir minhas séries sem me preocupar que vou zerar a prova de Hermenêutica (o que provavelmente aconteceu).   

Muito bem, "Fatal" é o último episódio de CM antes da season finale dividida em dois episódios. Um que inclusive já passou na Quarta-Feira dessa semana. Tão logo eu ache a legenda eu estarei fazendo a review

No S09E22, o BAU vai para Long Beach, onde pessoas estão recebendo bilhetes e morrendo de envenenamento por arsênico. Logo que a investigação começa, a primeira opção do time é uma mulher. São mulheres que costumeiramente usam arsênico para matar as pessoas. No entanto, dessa vez, não era mulher coisa nenhuma. 


Entrando na mente do unsub vemos várias referencias à Grécia Antiga e, principalmente, sua mitologia. E, principalmente, o tema que irá nortear o episódio: Destino. Qualquer um pode encontrar seu fim a qualquer momento, não sabemos qual é o nosso destino. Mas então é isso que fica preso em nossa mente após assistirmos o episódio. 

Vou tentar explicar como ele criou a teoria usando a primeira coisa que me veio a mente (e por acaso foi confirmado mais tarde no episódio). Vocês lembram das três velinhas, que moravam no Submundo com Hades, Deus dos mortos, no filme do Hércules? Que possuíam um olho e cortavam os fios da vida das pessoas? As Moiras? Então, Moira significa destino e, na mitologia grega, eram elas três que teciam, enrolavam e cortavam o fio da vida de cada indivíduo na terra. E o unsub se passa por elas, tendo a "audácia" de agir como um Deus, escolhendo um grupo totalmente aleatório de uma fila da cafeteria e colocando um fim na vida deles. 

Logo de início o time comenta que é possível que o unsub tenha tido uma perda recente, ou descoberto que algum familiar esteja com uma doença. Por algum motivo essa frase me levou ao primeiro episódio de Sherlock, Study in pink, onde o serial killer tinha um aneurisma. E não deu outra, perto do final eles descobrem que o unsub estava morrendo e o dia que recebeu a notícia foi o dia que ele escolheu as pessoas. 


Na minha opinião atrasada sobre o episódio, eu gostei. Foi surpreendente, até mesmo para uma série policial de 9 temporadas, o que é bem difícil de se fazer. Eu adoro mitologia grega e isso apenas me fez entrar mais no episódio e curtir o momento. 

Além do mais, o dilema pessoal que Hotch possuiu nesse episódio foi muito fofo. Ele foi convidado pelo filho a falar para turma dele sobre seu trabalho, porém não sabia se isso poderia ou não afetá-lo, já que a mão morreu por causa do trabalho de Hotch. No fim, quando ele decide que sim, e mostram as crianças com ele  e a Garcia, temos um momento descontração que, ao meu ver, tinha o intuito de finalizar o episódio de uma forma leve, já que a promessa dos últimos dois episódios é grande. 

Sei que vocês nem querem ler review tão atrasada assim, mas muito obrigada por acompanhar! 

PS: quem não amou aquela garotinha no final fazendo um perfil da professora e dizendo ao Hotch que ela gosta dele? Foi tão fofo!
PS: Merlin do céu! Que promo foi essa?

Reações:

Sobre o Autor

 
Top