Comentários
João Carlos João Carlos Author
Title: [REVIEW] LAW & ORDER: SVU: S15E23 - THOUGHT CRIMINAL
Author: João Carlos
Rating 5 of 5 Des:
"Quer mesmo viver num mundo onde você pode ser preso pelo que tem na sua mente?" Gostaria de começar essa review com essa...

"Quer mesmo viver num mundo onde você pode ser preso pelo que tem na sua mente?"

Gostaria de começar essa review com essa frase, pois ela dita um verdade que ninguém queria que acontecesse. Imagina, na hora da raiva as pessoas desejam mortes de outras, mas isso não passa só de pensamentos, desejos de momento, e se as pessoas fossem julgadas por isso seria um verdadeiro caos. E foi isso que aconteceu nesse episódio que antecede o final da temporada.

O episódio começa com a investigação da unidade por pedófilos, usando uma policial se passando por uma menina de 14 chamada Lucky para atrais pessoas a fazerem contatos com ela e após eles prenderem um homem ele acaba entregando outros coleguinhas que tem o mesmo desejos sexuais que nem o dele, e uns até piores. E é nesse momento que a unidade fica de olho em Simon Wilkes.

Joshua Malina (de Scandal) fez um ótimo trabalho com esse personagem. Simon, um fotógrafo renomado tem fantasias com meninos sendo tortura, e após o trabalho infiltrado do tenente Declan e do Fin descobrem o "quartinho" e os brinquedos dele. O episódio focou mais em provar que Simon alguma vez realizou a fantasia dele que passou da mente dele para o real.


Achei legal a série trazer o Dr. Geroge Huang, a última vez que ele apareceu foi no finalzinho da temporada passada. Ele tem a missão de avaliar psicologicamente Simon e ele descobre que essas fantasias vem desde sempre e só está aumentando com o passar do tempo, mas mesmo assim como a unidade não tem como provar que ele cometeu algo ilegal, além de expor suas fantasias para as pessoas erradas Simon acaba sendo considerado inocente. Mesmo com Barba investindo seriamente no caso, trazendo até a ex-esposa e o filho de Simon para desestabilizar ele na hora do julgamento, eles não tinham um caso concreto e não teria muito o que se fazer.

Durante o episódio percebemos indícios que algo iria acontecer com Amaro, pois tinha o plot da ex-mulher dele ir para Carlifornia a trabalho e levar a filha deles junto e sabemos que ele faria tudo pela filha e não ficaria longe dela. E após esses problemas e ele fica todo bravo por Simon ficar livre e acaba batendo nele.

Esse foi um episódio que antecipa a season finale da série e posso dizer que deixa muitas coisas para o episódio final. Eu acho que o problema é que eu e muitas pessoas não temos  muita empatia com o detetive Amaro e fazer das atitudes dele sejam desenvolvidas  no último episódio da temporada terá que fazer algo muito bom.


Vou pontuar de novo, acho que o problema do Amaro é que a série tentou fazer dele um Elliot Stabler, e de Elliot só tem um mesmo. As atitudes são iguais, ambos são explosivos e que não levam desaforos para casa. Mas veremos o desenrolar da atitude do detetive Amaro no próximo episódio. E que valha a pena.

PS: Ainda bem que não houve mais nada na relação entre Amanda e Amaro, e espero que continua assim. Mas veremos no próximo episódio.

PS: Achei legal o disfarce do Murphy no começo do episódio. Mesmo ele sendo novo na unidade ele trás um gás novo na série.

Promo do próximo episódio:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top