Comentários
João Carlos João Carlos Author
Title: [REVIEW] LOUIE - S04E03 & S04E04: SO DID THE FAT LADY/ELEVATOR PARTE 1
Author: João Carlos
Rating 5 of 5 Des:
E quando as verdade são ditas? Além da idade, que Louie sempre faz piada, outro ponto da vida dele que ele sempre zoa é seu peso....


E quando as verdade são ditas?

Além da idade, que Louie sempre faz piada, outro ponto da vida dele que ele sempre zoa é seu peso. Ele e outro amigo dizem que precisam entrar na academia, mas antes disso iriam fazer uma Bang-Bang de despedida. E o que seria isso? Seria ir em restaurantes de culinárias diferentes e comer muito e sair e ir direto para o outro fazer o mesmo.

Louie e seu amigo Bobby ficam felizes, extasiados fazendo isso, mas quando uma das garçonetes pergunta se estão comemorando algo, Bobby diz que não e diz o que eles estão fazendo. Louie se sente constrangido e desconfortável com seu peso e essa atitude. E é neste ponto que o desenrolar do episódio se torna mais interessante.


A apresentação inicial no clube de comédia (Comedy Cellar) foi o que ditou o restante do episódio. Louie fala que ama as mulheres, mas após acabar a apresentação uma das novas funcionárias o convida para sair e ele arranja desculpas para não sair com ela. O motivo é por ela não fazer seu estilo, pois ela não é do tipo físico que ele gosta. Após várias tentativas dela sobre ele falharem, ela dá um ingressos para um jogo de hockey que custava muito caro, então ele decidi sair com ela para agradecer o gesto que ela fez.

A série tem um cuidado demais com personagens secundários, é fantástico o desenvolvimento deles mesmo que em um só episódio. São personagens marcantes e é claro que não é diferente com a personagem Vanessa vivida por Sarah Baker (Go On). Nesse encontro tudo está rolando bem, os dois estão se divertindo juntos até Louie dizer algo que fez com que Vanessa ficasse chateada. Ela fala que é gorda e Louie acabando falando que não. E é ai que as verdades são ditas.

Vanessa dá um lição de moral no Louie falando que ele tem que se aceitar como ele é e que nem tudo é padrão de beleza. Ela não fala isso cheia de raiva, pois deve ter passado por situações semelhantes, mas não queria que uma pessoa de quem ela gosta muito falasse isso dela, para iludir.


O mais interessante dessa cena é que vemos pessoas correndo e se exercitando enquanto eles estão tendo essa discussão. Esses detalhes das cenas é que fazem os episódios serem fantásticos. Após essa situação que ele não esperava tudo continuou normal, os dois voltaram ao encontro e ele conta a piada que dita o nome do episódio.

O segundo episódio também foi ótimo. Adoro quando as filhas do Louie aparecem nos episódios. Deu para notar o quanto elas cresceram de uma temporada a outra, ainda mais que ficamos um ano longe da série, mas as duas continuam com as mesmas, Lilly a mais velha e a maluquinha Jane.

Jane acorda gritando de um sonho e Louie sai correndo para acolher ela. Na manhã seguinte Louis está levando as filhas para casa da mãe e vão pelo metrô e ele diz quais são as regras do metrô: Se um deles ficar para trás, esperar até o outro aparecer sem sair do lugar.

Jane, ainda pensando que está no sonho, assim que a porta do metro está fechando sai correndo, fica para trás e grita para o pai que tudo ficará bem; é ai que Louie entra no desespero. Nunca o vi tão desesperado como estava, até chegar na próxima estação e pegar o metro de volta tudo pode acontecer. A reação dele foi a de qualquer pai, ficou preocupado e desesperado pensando nas piores coisas que poderiam acontecer à filha dele e quando ele a encontra ele grita com ela, pois estava assustado e feliz por estar tudo bem.


Após passar por esse problema e deixar as filhas na casa da ex-mulher, Janet, Louie está voltando para casa e encontra o elevador quebrado com uma mulher presa dentro. Este elevador que leva o nome do episódio.

No começo eu achava que era Louie quem ficaria preso lá dentro, mas mesmo estando fora ele fica preso na situação, pois a mulher que está lá dentro pede para ele pelo vão do elevador para ele buscar os remédios no apartamento dela e ele querendo acalmá-la, faz. Entrando no apartamento dela para procurar os remédios ele vai até no banheiro, pois está apertado e ali é mais perto do que o apartamento dele, ele vê uma moça deitada no sofá.

Após a mulher do elevador, interpretada por Ellen Burstyn (mais conhecida pelo filme O Exorcista) dizer que é a sobrinha dela, ela pede para que ele a acorde para que ela faça companhia para a tia até conseguirem arrumar o elevador. E quando ele faz isso a moça acorda toda assustada e sai batendo nele e falando na língua dela (russo, talvez) ele sai correndo e se tranca no apartamento.


A cena final do episódio é a moça trazendo uma torta de maçã pra ele como um pedido de desculpas e eles tentando se comunicar e fazer as pazes.

Como esse episódio é a parte 1 e pelo o que parece irá até a parte 6, não sei se será outras histórias de elevador ou se continuará com essa. Mas esses episódio que são sequencias, nas outras temporadas sempre foram um show e espero que nessa temporada não seja diferente.

PS: A promo do próximo episódio ainda não foi divulgado.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top