Comentários
Ana Beatriz Nobre Ana Beatriz Nobre Author
Title: [REVIEW] ORPHAN BLACK - S02E03: MINGLING ITS OWN NATURE WITH IT
Author: Ana Beatriz Nobre
Rating 5 of 5 Des:
Então, não achei esse episódio nem melhor, nem pior do que os dois que o antecederam, manteve-se na média dos ótimos episódios que Orph...

Então, não achei esse episódio nem melhor, nem pior do que os dois que o antecederam, manteve-se na média dos ótimos episódios que Orphan Black vem tendo. Mas pela promo acho que as coisas vão esquentar mais nos próximos episódios.

Na review do primeiro episódio dei um bom destaque para a atuação da diva Tatiana e sobre ela além de interpretar vários personagens ainda interpreta-los fingindo ser um dos outros, mas hoje quero deixar meu destaque para outra parte da atuação da Tatiana, a Helena. Na cena dela comendo na cama desse episódio pude ver com mais calma como não deve ser fácil para ela esse papel. O porquê de eu estar falando isso? Simples, reparem em todos os clones, dentre eles o com comportamentos, sotaque, caráter mais diferente é ela, então novamente muitas palmas para o trabalho da atriz.

Eu já tinha falado na última review que o comportamento instável da Alison estava me preocupando. Tudo ao redor dela estava desmoronando, ela descobriu que seu marido é seu monitor, “matou” a vizinha e ainda perdeu temporariamente o suporte do Fee e ainda tinha aquele musical creep. Juntou tudo isso com remédios e vodka, aí já sabíamos que não ia dá em coisa boa. Por enquanto, ela vai ficar jogada no chão igual a gente quando tem um plot twist na série. O que eu estou esperando para ela agora é que com a ajuda do Fee ela consiga voltar aos eixos e dê um jeito de se livrar do seu monitor.


Angie anda se metendo até demais em decifrar o mistério dos clones, estou sentindo o cheirinho daquele tipo de personagem que vai fuçar demais e acaba se ferrando, já tomou um belo fora da Alison, até porque o que ela anda fazendo, apesar dela ser da polícia, é algo freelancer. Acredito que o papel dela e todo esse esforço vai nos ajudar a entender o porquê da Beth ter se matado.

Engraçado ver a Cosima e a Ali no telefone e como elas não tem a amizade trabalhada, também porque a própria Cosima é a mais afastada do Clone Club, espero ver isso melhor trabalhado na série.

Descobrimos mais um clone, Jennifer Fitzsimmons, que aparentemente foi a primeira delas a mostrar os sintomas dessa doença autoimune que a Katja e agora a Cosima está sofrendo. Foi até um pouco torturante ver a Cosima assistindo os vídeos da Jennifer, em ver como ela sofreu, como foi alimentada com falsas esperanças pelo Leekie e pensar que pode ser exatamente esse o destino dela. Com a morte da Jennifer ela pode encontrar o que provavelmente é a causa da infertilidade dos clones (então Sarah não teria isso?) e quem sabe entender melhor a doença e conseguir se tratar. Outro ponto importante de mencionar é que a Cosima está novamente sendo alertada em relação a sua monitora, por mais que ela goste da Delphine, ela não pode nunca esquecer que ela é uma monitora e que a lealdade dela em algum momento vai ser posta em cheque.


E enfim o Daario de Game of Thrones apareceu e sem muita cerimônia foi revelado o papel dele na trama depois da Kira jogar um “Are you my dad?” na cara dele. Agora com o sequestro da Sarah, Cal e Kira ficarão juntos e eu espero realmente que ele tenha total boa intenção, porque todo mundo já está cansado de ver a pobre as Sarah se dar mal, tá na hora de alguém aparecer para ajudar!

Já no final do episódio vimos o casamento mais estranho e não consensual de todos os tempos, sério mesmo, achei bem tosco, beirando a loucura (me lembrou umas cenas de American Horror Story) e com isso Helena entrou para a família. Artie parece ter seguido uma boa linha de investigação e descobriu a fazenda dos Proletheans, problema para o lado dele com certeza vai ter, tomara que ele não se prejudique nesse processo de “busca pela verdade” que ele está. Deixo vocês com essa bela imagem, afinal já sabíamos que a Shakira era a trigêmea, rsrsrs. E não esqueçam de comentar o que estão achando da série e da review!


PS. 1: O que foi a cena da Sarah fazendo xixi no meio do mato, morta de tanto rir.
PS. 2: Fiquei pensado...será que a Dyad e os Proletheans não tem nenhum envolvimento ou teriam eles em algum momento trabalhado juntos?
PS. 3: Kira falando que não podiam usar cartão de crédito para não rastrearem eles, essa menina realmente tem 8 anos? Lembrem do que eu falei na review passada sobre ela não ser uma criança comum, alguma coisa vai surgir daí.
PS. 4: Como me doeu a cena do Fee indo embora da casa do Cal :’(
PS. 5: “Nada de ruim vai acontecer com você!” Sarah minha filha, quando você vai aprender que essa frase atrai muito azar?

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top