Comentários
Rafael Bürger Rafael Bürger Author
Title: [REVIEW] PENNY DREADFUL - S01E01: NIGHT WORK
Author: Rafael Bürger
Rating 5 of 5 Des:
Desculpem o atraso de duas semanas da review . Todo dia eu prometia para mim mesmo que iria fazer, mas acho que o Capiroto não queria...


Desculpem o atraso de duas semanas da review. Todo dia eu prometia para mim mesmo que iria fazer, mas acho que o Capiroto não queria que ela saísse. Porém podem comemorar que hoje ela saiu! Eu não posso me considerar um amante do gênero de Terror, mas a premissa da série realmente me chamou a atenção. A junção de tantos personagens famosos, escritores e produtores de primeira e atores que eu amo resultaria ou em algo muito bom, ou em uma decepção tremenda. Eu vi várias pessoas se decepcionarem, já as minhas expectativas foram supridas com sucesso.

- Abertura: Amo aberturas de séries, e essa entrou pra minha lista de que não importa quantas vezes eu assista não irei enjoar. Achei que os violinos, violas, violoncelos, enfim os arranjos escolhidos combinaram muito bem com o clima da série. E o que era aquele bando de morcegos voando no final? Fico imaginando o trabalho que deu para filmar a cena.


- Direção de Arte: A fotografia fugiu do habitual. Principalmente nas cenas noturnas, onde eles apostaram no uso de cores como o dourado e o amarelo-limão, ao invés do habitual cinza e azul de séries de terror. Os cenários, roupas, trilha sonora e efeitos especiais também estavam ótimos, assim como se espera de um grande cineasta como o Sam Mendes.

-Terror?: Se engana quem pensa que a série será apenas sustos consecutivos, vozes vindo do além e demônios pulando na tela. O piloto demonstrou o contrário. É claro que terá todos esses elementos mas terá foco no drama, na vivência dos personagens e nos milhares de segredos que eles escondem.

- Mistério: A primeira vista os personagens parecem ser os mesmos de sempre, o Galã americano, a  Sedutora misteriosa, o Lorde, e o Jovem cientista. Mas conforme o tempo passa percebemos que eles não são personagens planos, aquela personalidade que eles mostram é apenas a pontinha de um iceberg que vamos descobrir pouco a pouco conforme os episódios passam.

Só eu que fiquei querendo saber o que eram essas anotações e mapas?
- Frankenstein: Não esperava dar de cara com um personagem tão famoso logo no começo. A cena ficou realmente incrível. O olhar dos dois, o da criatura mostrava curiosidade, enquanto que o do criador exalava a admiração o orgulho de ter conseguido retornar alguém a vida. Quero ver como eles tratarão das consequências dessa quebra das leis naturais, por que podemos ter certeza que elas virão.

- Eva Green: Eu tive de fazer um tópico só para falar dela. Vanessa Ives é realmente um dos personagens mais intrigantes da série, grande parte por causa da atuação dela. Afinal, quem é ela realmente? Na cena da luta como os vampiros ela caminhou por entre aqueles tuneis como se não estivesse ocorrendo nada a volta dela, como se ela estivesse a cima daquela situação, guiada por algo sobrenatural. E depois quando ela está a janela, estava realmente observando Sir Malcom chegar? Ou estava olhando para Ethan? Qual a relação dela com Sir Malcom e a filha dele? Será que ela e Ethan serão realmente amantes como dizia na carta? 


Perguntas a parte o episódio cumpriu bem a tarefa de um piloto e me deixou intrigado para o que está por vir. Numa ultima análise acredito que seja possível definirmos ele com uma única pergunta: "You Belive?"



PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:


Reações:

Sobre o Autor

 
Top