Comentários
Lilian Zin Lilian Zin Author
Title: 10 MOTIVOS PARA ASSISTIR: CRIMINAL MINDS
Author: Lilian Zin
Rating 5 of 5 Des:
Com toda certeza você já ouviu falar de Criminal Minds . Seja em algum comentário em algum lugar ou algum vídeo no YouTube . A série ch...

Com toda certeza você já ouviu falar de Criminal Minds. Seja em algum comentário em algum lugar ou algum vídeo no YouTube. A série chegou em seu 200º episódio nessa última temporada, o que faz com que esse post seja mais do que justo. A série merece um espacinho em sua grade. Então, para provar isso, 10 argumentos foram desenvolvidos. 

1. BAU

A Unidade de Análise Comportamental (Behavorial Analysis Unit) é a divisão do FBI responsável pela elaboração de perfis de serial killers e a captura dos mesmos, seja nos EUA ou até fora. É chefiada pelo SSA Aaron Hotchner e tem como membros fixos (sem deixar a série em nenhuma temporada): SSA Derek Morgan, Doutor Spencer Reid e Penélope Garcia. Por lá já passaram/ainda atuam na equipe: SSA Elle Greenway, SSA Jason Gideon, SSA Emily Prentiss, Jordan Todd, Ashley Seaver, Doutora Alex Blake, SSA Jennifer Jareau e SSA David Rossi. É a base de toda a série e tem sua sede em Quantico.

 2. Profiling 101

Apesar de achar que o piloto, Extreme Aggressor, é um excelente episódio, Profiling 101 é uma aula de introdução a Criminal Minds. Nele é explicado o que é um unsub, como diferenciar um serial killer de outros tipos de assassinos. E o exemplo dado na aula é justamente um caso em andamento de Rossi. Se tivesse visto esse episódio antes de qualquer outro, teria me apaixonado pela série de cara.

3. Wheels up

Uma das frases mais usadas por Hotch antes de uma viagem [Wheels up in thirty. (ou outra quantidade de tempo)] é também título de uma música com um vídeo bem engraçado, com direito à poses sérias de Hotch e danças e caretas do resto da equipe. 

4. Unsubs/perseguidores

Após um tempo caçando serial killers, os agentes da BAU acabam conquistando inimizades. Seja contra toda a equipe ou contra apenas um deles, esses perseguidores fazem de tudo para deixar uma marca de sofrimento nos agentes. Um dos mais conhecidos é George Foyet, que detestava Hotch e quase o matou. Outro nome é The Replicator, que perseguiu a equipe ao longo de toda a 8ª temporada.

5. Momentos em família

Apesar de parecer pouco, cada caso resolvido pela BAU demora de 3 dias à uma semana, podendo até demorar mais. Por isso eles são uma família. E os momentos em que eles estão juntos para relaxarem são incríveis. Desde a corrida em que Hotch participou até o casamento de JJ, eles sempre estão lá, tanto nos momentos de risadas quanto nos de lágrimas.

6. Ships

Sejam reais ou platônicos, os ships acabam amenizando um pouco a série. O problema é que eles podem trazer muitas lágrimas de tristeza. Um dos mais fofos é JJ e Will, que deram tão certo que, mesmo com tempos em que um ficava muito distante do outro, o amor parece nunca acabar. Henry (interpretado por Mekhai Andersen, filho da própria AJ Cook) é a prova disso. Há quem prefira Hotch e Haley, mas minha torcida é mesmo por Hotch e Beth. Eles ficam tão lindinhos treinando juntos. Já vi gente shippando Hotch e Prentiss (como essa que vos escreve), Rossi e Prentiss, JJ e Reid, mas meu OTP é Morcia, sem nem pensar duas vezes.

7. Brotps

Como toda família com mais de dois irmãos, há aqueles que se entendem mais com um do que com outros. Apesar de Criminal Minds mostrar uma amizade igual entre todos, há Brotps claros, como Morgan e Reid; Hotch e Rossi; Reid e Garcia; JJ, Prentiss e Garcia; Reid e Blake; Elle e Morgan; Hotch e Gideon... São tantas que é difícil não querer uma amizade assim.

8. Fotos dos bastidores

Muitos atores podem tirar fotos engraçadas dos bastidores, mas nenhuma é, até hoje, melhor que as de Criminal Minds. Matthew Gray Gubler e Paget Brewster são os que mais postam/postavam.

9. Doutor Spencer Reid

Um dos personagens mais meigos da TV. Com um QI de 187, podendo ler 20.000 palavras por segundo e tendo uma memória invejável, o Doutor Spencer Reid (PhD em Matemática, Química e Engenharia, além de ter bacharelado em Sociologia e Psicologia e de já ter cursado Filosofia), apesar de tímido, sabe como criar e manter amizades. Não há um episódio em que você não fique com vontade de abraçá-lo e nunca mais soltá-lo.

10. Episódios com casos muito bons

Da mesma forma que Crossing Lines tem uma trama bem desenvolvida, Criminal Minds tem episódios bem escritos e com uma direção impecável, que faz os fãs sorrirem e chorarem ao mesmo tempo.

Vale a pena dar uma conferida em Criminal Minds. Mesmo tendo 9 temporadas, os episódios parecem passar bem rápido, de tão bons que são. Espero que tenham gostado!
Reações:

Sobre o Autor

 
Top