Comentários
Jonathan G. Jonathan G. Author
Title: [REVIEW] DOMINIION - S01E01: PILOT
Author: Jonathan G.
Rating 5 of 5 Des:
"Teatro religioso é uma coisa, isso é política"   Dominion estreou nessa quinta-feira no SyFy, ela chegou mostrando muito po...

"Teatro religioso é uma coisa, isso é política"  

Dominion estreou nessa quinta-feira no SyFy, ela chegou mostrando muito potencial, essa série se passa 25 anos após o filme Legion (2010), entretanto, quem não assistiu o filme pode assistir a série sem problemas, já que o narrador resume os acontecimentos do filme no começo da série.

Após uma guerra entre anjos e humanos, a sociedade acabou se unindo em cidades, onde tentam se defender dos anjos rebeldes, mas, para auxiliar os humanos, o anjo Miguel acaba ficando do lado dos humanos.

Na cidade em que nosso protagonista, Alex, vive a sociedade é dividida em castas baseadas em números, e com esse número é definido seu trabalho, locais onde você pode frequentar e quem pode namorar. Nessa cidade, Vega, todos tem a esperança do salvador prometido, que retornará e vencerá a guerra, mas ninguém sabe quem é o salvador.

No início da série, temos já um pouco de ação, com Alex sendo perseguido pelos humanos possuídos, essa sequência foi muito boa para chamar a atenção de quem estava assistindo. Depois passamos a conhecer Miguel, o arcanjo, que me intrigou ao dizer que ele não deve ter um filho, fico aguardando para saber o que aconteceria de tão ruim a um filho híbrido.

Depois, passamos a conhecer Claire, uma ‘princesa’ de Vega e, também, par amoroso de Alex. Me parece, nesse momento, que o sucesso de público já estava garantido, com ação, uma história que pode mostrar muita coisa e par romântico. Depois, conhecemos William, que é o principado e parece apaixonado pela Claire.

Também conhecemos Bixby, uma jovem pobre e amiga de Alex. Entretanto, a parte alta do episódio eu considerei a parte mais política, formada pelo Senador Becca Thorn e David Whele e o grupo das mulheres vestidas de rosa, que não me recordo o nome. As conversas deles, mostrando quando manipulativos são, são realmente interessantes.


Outra coisa interessante foi a volta de Jeep, que apareceu já no filme Legião e mostra como o domínio de Gabriel está se estendendo. Também soubemos o plano de Alex e Claire de fugiram da cidade durante uma festa, o que é um grande clichê e, fica a dica aos leitores, nunca vai funcionar.

O ponto alto para a maioria foi o grande festival, mostrando que pão e circo funcionam, independentes de época ou desastre que tenha ocorrido. Nesse festival, tivemos os brilhantes governantes pondo a cidade em risco, de uma forma que nenhuma pessoa normal colocaria (Acho que isso também é um clichê), botando um possuído em um espaço fechado junto com toda a cidade.

E, como sempre, o pior acontece, a cidade é atacada por dentro e invadida por fora, pelo anjo power ranger vermelho. E, com isso, temos uma cena de combate entre o vermelho e Miguel, a qual foi bem legal. Depois, temos Alex e todos os ricos da cidade (+ Bixby) e é lá que reviravoltas acontecem. Temos a menina de rosa, mostrando que é uma possuída e matando Jeep que revela a todos que Alex é ‘o escolhido’, com isso, Alex acaba ‘recebendo’ as tatuagens de seu pai e surpreende a todos no final.


E, temos mais reviravoltas no final, com William se mostrando ser ‘filho’ de Gabriel e com Alex vendo que não deve confiar em alguém próximo, quem será? Eu acho que deve ser a Claire e você? O que acha? Comente!

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO


Reações:

Sobre o Autor

 
Top