Comentários
Rafael Bürger Rafael Bürger Author
Title: [REVIEW] GAME OF THRONES - S04E09: THE WATCHERS ON THE WALL
Author: Rafael Bürger
Rating 5 of 5 Des:
 O famoso episódio nove veio e já foi, deixando as opiniões divididas. Realmente foi uma decisão muito audaciosa de Benioff e Weiss f...


 O famoso episódio nove veio e já foi, deixando as opiniões divididas. Realmente foi uma decisão muito audaciosa de Benioff e Weiss focar um episódio inteiro no núcleo da Muralha. Já que ela ficou em segundo plano a temporada inteira e não teve um desenvolvimento decente desde, ouso dizer, a temporada passada.

- Direção: ficou por conta de Neil Marshall, o mesmo diretor de "Blackwater". Ela com certeza foi o ponto alto do episódio.Como criticar aquelas visões aéreas, planos sequencias e panorâmicas. Tudo foi muito bem feito assim como em "Blackwater".

- Sam e Goiva: Finalmente a dupla se reencontrou, e existe a possibilidade de evoluírem para algo diferente. Por mais que Sam tente esconder, até Meistre Aemon, que é cego, já percebeu que ele é apaixonado por ela. Falando nisso fiquei curioso por saber quem era essa mulher que ele era apaixonado. Sam também deu a maior bandeira quando entrou no assunto do relacionamento da Ygritte com o Jon, falando que no juramento apenas proibia de casar e ter filhos. E falando na Goiva, eu achei um pouco ridículo eles mostrarem ela correndo pelo caminho logo ao lado do acampamento dos selvagens, foi como um "olha eu aqui correndo avisar os patrulheiros que vocês estão aqui". Pelo menos ele finalmente perdeu o "b.v.".


- Topo da Muralha: Gostei muito do set da muralha, lembrou bastante as trincheiras da Primeira Guerra Mundial. Os ataques dos selvagens estavam muito bem bolados, efeitos especiais perfeitos, foi coisa de cinema. Só não gostei da falta de liderança na Patrulha, parece que fazem o que deu na telha, o que não deveria acontecer pois a principal diferença entre eles e os selvagens é a disciplina. Uma coisa meio tosca foi a ceifadeira, eu ri quando vi a proeza, esses roteiristas tem bastante criatividade.

- Castelo Negro: Foi onde a maior parte da luta se passou. Os Thenns por três vezes quase venceram os Patrulheiros. Na primeira pegaram todos de surpresa. Na segunda quase aniquilaram o grupo que desceu da Muralha com Alister Thorne. E na terceira quase mataram Jon Snow, que era o último que tinha restado dos poucos que inspiravam liderança. Falando na quase morte dele, tivemos mais um caso de falta verossimilhança. O Magnar dos Thenns socou a cabeça dele na bigorna e ele não perdeu um dente... porem eu duvido que alguém teria sobrevivido aquela pancada. Sobre a luta contra o gigante dentro do túnel, achei um pouco de apelação, desnecessário o modo como retrataram.


- Beijada pelo Fogo: Nesse episódio Ygritte alcançou o seu auge como personagem. Seu desejo por vingança e por destruir completamente Jon e a Patrulha da Noite nunca havia sido tão grande. Ela só não esperava que havia salvado em Vila Toupeira quem avisaria a Patrulha de que ela e seu bando estavam ali. Se bem que esse aviso não adiantou muito, já que os Thenns rapidamente invadiram Castelo Negro e quase derrotaram a Patrulha. E no final ficou a dúvida, será que ela mataria mesmo Jon Snow? Ela o viu, entesou o arco, mas parece que no final ela soltou um pouco. Porem foi atingida pela flecha do Olly antes de que pudéssemos saber qual seria a próxima ação. E as últimas palavras dela não poderiam ser outras se não: "You know nothing, Jon Snow!".


PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top