Comentários
Rafael Bürger Rafael Bürger Author
Title: [REVIEW] PENNY DREADFUL - S01E04: DEMIMONDE
Author: Rafael Bürger
Rating 5 of 5 Des:
Essa review ficou uma verdadeira bíblia, o que é totalmente justificável já que tivemos um episódio fantástico, repleto de aconteciment...


Essa review ficou uma verdadeira bíblia, o que é totalmente justificável já que tivemos um episódio fantástico, repleto de acontecimentos. As diferentes histórias que ficaram de certo modo separadas nos dois episódios passados se uniram nesse em vários momentos. Só tenho elogios para o roteiro do John Logan e para as atuações de todo o elenco.

-Belezas Venenosas: O episódio já começou colocando uma dúvida nas nossas cabeças, por que Vanessa fica observando mas não entra na igreja? Milhares de teorias surgem, mas a que eu acredito é que isso está relacionado com o erro do passado que ela tanto fala, e por isso ela não se sinta bem em entrar em uma igreja novamente. Por um minuto eu achei que a menina era sensitiva como a Vanessa, mas não, era só uma garotinha esperta. Depois da converse Vanessa ativou o modo stalker e foi atrás do Dorian Gray. Os diálogos deles sempre são ótimos, provocativos, irônicos, com frases subentendidas e meias palavras, não tenho do que reclamar. 


- Sangue e Pinos: Essa junção de Drácula com Frankenstein foi épica. Quando Victor disse Professor Van Helsing todos piramos. Assim como Victor, o doutor foi encontrado por acaso por Sir Malcolm, mas ao contrário do primeiro ele sabia muito bem com o que estava mexendo. Já que resolveram adicionar ele na série, agora irei querer um episódio focado nele também! E enquanto eles conversavam Sembene só está ali escutando tudo, esse personagem é uma completa incógnita pra mim. A imortalidade subiu a cabeça do Criatura, mal entrou na série e já vem com um discurso evolucionista de só os mais fortes sobrevivem e eu sou seu mestre. Estou curioso para saber como Victor irá sair dessa enrascada e quem será essa noiva da Criatura.

- Testes e Cobaias: Hora de colocar em prática o que foi estudado nas pesquisas de Victor e Van Helsing, e Victor foi logo pedindo para que Ethan arregaçasse as mangas deixando bem claro que é ele quem tem de cuidar de todo o "trabalho braçal" no grupo. Acho que ficou bem claro que ele tem algo no sangue, ele não é um humano normal. Sir Malcolm percebeu e já se disponibilizou. Eu ri muito com o Fenton contando os podres dele e da Vanessa, logo ele que parece tão certinho e moralista, muito curioso sobre o passado dele. Uma evidencia de que foi Ethan quem cometeu os assassinatos é que quando Victor começou a ler e comentar deles, ele já ficou irritado. Ainda bem que Sir Malcolm cortou a discussão e começou a falar dos planos para ir ao Egito. E foi nessa hora que Vanessa chegou toda alegrinha, depois de ver Dorian, e deu como motivo que havia ido "ver algo bonito". Por um minuto achei que a transfusão de sangue havia funcionado, que tinha curado Fenton, mas não ele decidiu dar um baita de um susto na gente. Enfim Sembene alimentou ele com o gato, e me deixou mais intrigado a ainda!


- Grand Guignol: Ethan fez um baita de um agrado para a Brona levando ela ao teatro de horrores. Ela ficou encantada com tudo, afinal aquilo era algo que uma galesa, pobre, sem um marido e expectativas de vida nunca conseguiria presenciar. É tão estranho ver a venda de laranjas dentro de um teatro, hoje em dia é algo impensável, mas naquela época era muito comum. No mezanino estava Dorian, que era observado por Vanessa, que era observada por Sembene, que deveria estar de folga. Criatura se realizou no teatro de horrores, nem parece o mesmo que fica ameaçando o Victor. Fico imaginando se as pessoas reagiam daquele jeito ao teatro está explicado por que teve gente que saiu correndo quando o primeiro "filme" foi apresentado. No intervalo da apresentação era impossível todos esses personagens não se esbarrarem, menos o Sembene, por que Sembene é um mestre da discrição. Realmente deu dó da Brona, ela é tão simples e todos ali estavam falando de coisas que ela não entendia, e depois chegou o Dorian, foi para acabar. Ela estava lá com o namorado, e de repente chega um dos clientes, ela não faz aquilo por que quer, mas por quê precisa sobreviver. Enfim, o que importa é que ela deixou o Ethan sozinho, e ele com o Dorian deixaram a Vanessa sozinha. Abre o olho Vanessa!

- Viagens e Explorações: Finalmente descobri de onde são aqueles mapas, basicamente mostram o curso do Rio Nilo, o que eu nunca iria imaginar. Outa coisa que nunca iria imaginar era o Fenton comendo os pulsos para escapar das algemas. Victor ficou mesmo com ciúme do Ethan ter sido convidado a ir a Africa, afinal isso era o sonho de todo cientista da época, além de ser uma maneira de escapar das garras do Criatura. Enquanto Victor e Sir Malcolm planejavam uma exploração, outra já acontecia no andar superior da casa. Foi uma ótima sequencia clássica de suspense. O Mestre está cada vez mais perto de Vanessa, ainda bem que ela estava no Teatro e não em casa. Sir Malcolm mostrou que ainda está em boa forma lutando com Fenton, que acabou tendo o crânio perfurado.


- Absinto e Música Clássica: Dorian levou Ethan para conhecer o submundo de Londres, onde gente de todas as classes se juntam para apostar em jogos ilegais. E a fera que ele prende dentro de si começou a tentar se soltar. Ele acabou brigando e Dorian o levou para casa. Essa atitude assim como a anterior, lá no teatro, já começavam a indicar qual seria o resultado de tudo aquilo. Cada um deve ter a sua teoria sobre o porquê de ele ter feito aquilo, e só vamos ter certeza disso provavelmente no próximo episódio. Eu acredito que aquilo foi resultado dos instintos animais dele liberados pelo absinto.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top