Comentários
Rafael Bürger Rafael Bürger Author
Title: [C. NERD] QUE TAL UM CLÁSSICO? #4 - UM CORPO QUE CAI
Author: Rafael Bürger
Rating 5 of 5 Des:
Alfred Hitchcock é conhecido mundialmente por seus filmes de suspense, como "Os Pássaros" e "Psicose". Mas foi &q...


Alfred Hitchcock é conhecido mundialmente por seus filmes de suspense, como "Os Pássaros" e "Psicose". Mas foi "Um Corpo que Cai" que conseguiu desbancar "Cidadão Kane" do topo da lista de Melhores Filmes de todos os Tempos, feita pelo British Film Institute (BFI). O feito foi uma grande ironia do destino, já que o filme foi esnobado pela crítica e pelo público da época em que foi lançado.


Vertigo, título original do filme, começa em uma eletrizante cena perseguição pelos telhados de São Francisco. O protagonista, Scottie Fergunson (James Stewart), é um detetive que está perseguindo o criminoso, mas algo inesperadamente iria mudar totalmente a sua vida. Em um salto de um telhado para o outro ele quase cai, porem seu amigo policial acaba caindo, esse acontecimento traumático teve consequências avassaladoras. A partir daí ele passou a sofrer da acrofobia, o medo de altura, e é ela quem gera as Vertigens. Sendo assim ele decide se aposentar. Porem a história de um amigo da faculdade o convencerá a voltar a ativa. Ele acredita que a esposa está possuída por uma espírito, ela tem momentos em que para de responder e sai vagando pela cidade. Scottie não acredita que nisso, para ele a mulher é louca, porem fica intrigado e passa a investiga-la.


O filme é inteiramente trabalhado no psicológico dos personagens, na idealização do amor, nas obsessões e loucuras. Além disso o roteiro de Alec Coppel e Samuel A. Taylor brinca com o espectador, mostrando inicialmente personagens planas que aos poucos se mostram ambíguas e complexas, e incríveis reviravoltas no enredo onde a história passa a seguir novas linhas completamente diferentes das anteriores. Ele também apresenta uma grande inovação técnica que acabou por ter o próprio nome dele, o Efeito Vertigo (algumas vezes chamado de Efeito Hitchcock). A trilha sonora de Bernard Herrmann é uma obra prima e contribuiu grandemente para construir a atmosfera do filme. Foi indicado ao Oscar apenas nas categorias de Melhor Som e Melhor Direção de Arte, mas isso não quer dizer que ele não seja incrível nas outras categorias, afinal o Oscar também erra. Do seu lançamento em 1958 até hoje ele exerceu uma grande influência em outras obras famosas do cinema e da televisão como: os suspenses de Brian De Palma nos anos 80, as aberturas das séries "Arquivo X" e "Mad Men", a música e o clipe de "Vertigo" do U2, e até a trilha sonora de "O Artista".

Reações:

Sobre o Autor

 
Top