Comentários
Mariana Ribeiro Mariana Ribeiro Author
Title: [REVIEW] PRETTY LITTLE LIARS - S05E08: SCREAM FOR ME
Author: Mariana Ribeiro
Rating 5 of 5 Des:
Nesse episódio conseguimos a prova de que Alison não mudou nem um pouco, uma vez que já deu início aos seus planos sem aviso prévio. ...

Nesse episódio conseguimos a prova de que Alison não mudou nem um pouco, uma vez que já deu início aos seus planos sem aviso prévio. Isso porque, como já vem fazendo desde que voltou a Rosewood, força a barra para parecer uma pobre vítima, deixando a polícia incapaz de continuar a fazer questões sobre a noite em que Shana morreu e sua possível ligação com Alison. É claro que isso não vai durar muito, pois com uma história absurda sobre um sequestro, é óbvio que a polícia não vai sossegar tão cedo. Porém, a principal questão é que Alison age sem avisar suas amigas, que foram as responsáveis por seu retorno à Rosewood. É realmente aquilo que já pensavámos: Alison continua escondendo planos e segredos e isso ainda a levará direto para uma das armadilhas de “A” ou para a polícia.

Também tivemos, finalmente, alguns minutos de sensatez por parte de Toby, que decide entrar na academia de polícia de Rosewood. Não sei o porquê da reprovação inicial de Spencer, pois no minuto em que ele disse isso ficou claro que finalmente alguém está pensando direito. Além de conseguirem acompanhar o caso de Jessica e, consequentemente, “A” mais de perto, Toby arruma uma chance de participar mais ativamente da série, pois sendo realista, Toby já estava se tornando outra Mona da série, ou seja, pouco atraente para a trama.


Emily, por sua vez, é a personagem que mais inspira, pois é a única que consegue deixar seus erros para trás e seguir em frente. Também consegue ficar próxima e longe de Alison ao mesmo tempo, o que é suficiente para ajudar sua amiga, mas também manter a sanidade, diferentemente de Hanna, que está perdendo totalmente a cabeça. Hanna obviamente não está sabendo lidar com o passado, já que não consegue conviver com Alison sem se sentir como antes, quando era uma “perdedora”, sozinha e frágil. É claro que somando esse complexo todo à bebida, Hanna acaba surtando e falando mais do que deveria. Ela finalmente percebe que emagrecer e mudar seu estilo não foram a chave para sua felicidade, mas sim o desaparecimento de Alison, que era seu real problema. Assim, ela vai perdendo a credibilidade pouco a pouco, e ninguém mais acredita no que a personagem diz, ainda mais no que se refere à situação com o futuro marido de Ella, Zack. 


O episódio, portanto, foca mais em Hanna e no plano de Alison para se livrar da polícia, mas também não podemos descartar a burrice de Sydney, que se entregou totalmente com sua história mal contada sobre o que Hanna teria dito quando estava bêbada; assim como a nova descoberta sobre Bethany e Jessica DiLaurentis, que aparentemente gostavam de fazer passeios juntas. Outro detalhe que ainda não foi esclarecido, mas que continua aparecendo em quase todos os episódios, é o envolvimento que Melissa possivelmente tem nessa trama toda. Sabemos que ela está ligada ao grupo de Mona, mas é possível que algo mais esteja sendo planejado por Melissa, pois até onde sabemos, essa história de Bethany nada tem a ver com o grupo de Mona, que aliás, nem fez falta nesse episódio. Assim, o que nos mostra esse último episódio é que começam a surgir, novamente, muitas perguntas, seguidas de poucas, senão nenhuma resposta. A esperança é que “A” coloque seus planos em ação, ou que alguém dê uma brecha e cometa alguma falha, para que assim tenhamos um rumo mais concreto na série sobre quem seria “A” ou ao menos sobre o que ela/ele deseja, já que nem disso temos certeza.

                                                PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top