Comentários
Diário de Seriador Diário de Seriador Author
Title: EPISÓDIOS IMPORTANTES DE LOST PELA PERSPECTIVA DOS FÃS
Author: Diário de Seriador
Rating 5 of 5 Des:
TEXTO POR: JESSICA OHARA LOST veio em um tempo em que as emissoras estavam sofrendo grandes mudanças devido ao boom dos sites de c...

TEXTO POR: JESSICA OHARA

LOST veio em um tempo em que as emissoras estavam sofrendo grandes mudanças devido ao boom dos sites de compartilhamento (thankyouatall, MegaUpload). De repente tudo estava mais fácil de acessar e as pessoas que não tinham o hábito de acompanhar séries se viram envolvidas nos mistérios, dramas e vários momentos WTF que foi esse fenômeno. Foi tanto uma grande aposta como um imenso risco, afinal não é todo dia que dá pra gastar alguns milhões comprando aviões velhos, fazendo locações no Havaí e ter um elenco tão grande de principais, né, ABC? Mas valeu a pena tanto no quesito financeiro como no de qualidade. E toda essa loucura que foi Lost pode ser sentida ainda mais nos comentários e reviews feitas durante e após a série. E vamos analisar toda essa angústia no começo e desfecho de cada temporada.

PILOT S01E01/02

Se um piloto deve ter como requisitos básicos atrair a atenção dos espectadores e fazê-los sentir vontade de acompanhar, Lost atende a todos. O que não faltava nos comentários e reviews da época eram adjetivos como incrível, excelente, kickass ou simples “Uau”. Foi um começo esmagador, a opinião da maioria é que a grande jogada da série foi ter iniciado não com a queda do avião e o que tinha acontecido (o antes seria feito todo em flashbacks, outra marca da série), mas com o mais puro caos pós-acidente,quando Jack acorda e já mostra um pouco da sua personalidade indo ajudar as pessoas mesmo ainda não sabendo o que aconteceu direito. E falando em jeitos de ser, vários dos comentários eram sobre os mistérios que envolviam Kate e o fato dela ser a prisioneira, além de Locke e a sua estranha reação. Mas o interessante é ver pessoas que estavam assistindo de novo Lost e analisando melhor concordavam que esses capítulos foram que os conquistaram na primeira vez e fizeram isso de novo na segunda (eu me incluo nisso). Alguns do melhores quotes e comentários:

 “Essa série me agarrou, eu agarrei ela, e nós só vamos nos separar no final”
 “Quando as pessoas olharem de volta para a década de 2000 Lost será um das coisas mais lembradas”
 “Uau, Eu acho que esse é o começo de uma incrível e intrigante série.” 
 “Quando o olho do Jack se abre, você imediatamente vai para o mundo de Lost e de lá não tem mais como sair.”

SEASON FINALE S01E24

LOST fecha a sua primeira temporada em alta, todas as pistas que ela deu durante o desenvolvimento nos 23 capítulos anteriores são conectadas nesse final. Aliás, isso é uma das características que deixaram os fãs mais surpreendidos na época de exibição, a capacidade que a série tinha de unir todos os personagens e tramas, ela faz isso com alguns pequenos flashbacks de antes do voo (quem viu sabe que esse é só o começo dessa zoeira que ia deixar todo mundo confuso). Outra coisa que pegou o pessoal logo no primeiro capitulo e estava fortíssima no último, era a emoção, representada nesse capítulo por todas aquelas despedidas, vários comentários e reviews chorosas, vale ressaltar que o desenvolvimento dos personagens como sempre é impecável. As questões mais levantadas como sempre foram sobre os mistérios da ilha e sobre as possíveis respostas que viriam na segunda temporada (hahaha, tão inocentes). 

 “Quando Arzt morre eu sempre dou um pulo, mas eu nunca poderia imaginar na primeira vez que eu assisti que alguém morreria dessa forma.”

S02E01-"MAN OF SCIENCE, MAN OF FAITH"

A volta de Lost para os fãs foi como se alguém tivesse dado um tempo com o namorado e voltado, vendo os defeitos, mas dispostos a superar isso por amor. O grande trunfo da série continua sendo a sua capacidade de colocar quem está vendo dentro de um acontecimento em plena ação, na primeira temporada com a queda do avião através da abertura do olho e na segunda com a apresentação da rotina de Desmond, esse que segundo a critica e os fãs seria uma grande personagem (vocês estavam mais do que certos). Outra coisa que chamou a atenção foi a relação de Jack e Locke, sendo que o nosso médico favorito já estava começando a mostrar outras faces da sua personalidade (já apontava para um líder tão grande quanto as merdas que ele faria em prol do bem de todos), mas não foi só ele, Kate também teve seu momento vida loka, fazendo o contrário do que disse que ia fazer. A parte do cenário e da caracterização de um típico ambiente DHARMAtambém não foi ignorada, como também não foi a alucinação (?) da Shannon. Ela volta com tudo ainda arrancando elogios e suspiros.

“E com isso, Shannon se junta a Jack, Sawyer, e Boone no clube de Pessoas Que Vão Pra Selva e Veem Coisas Bizarras.”
“Eu estou convencido que nada em Lost é arbitrário, tudo será revelado alguma hora, e quando isso acontecer, vai ser um chute no traseiro de todo mundo.”
“"See you in another life, brother".(É do Desmond eu sei, mas essa é um dos melhores quotes de todos.)"
“E então nos últimos 5 minutos, tão bom quanto os 5 primeiros. Há um homem vivendo na escotilha. Um homem que Jack já encontrou antes. Desmond. What??? Eu estou perdido.”
“Uau!! Sério!! Só Uau!! Na verdade mais como UAU!!!!”
“Lost tem um hábito de fazer uma questão e não responde-la por um longo tempo.”
 “Eu gosto de episódios de abertura. Eles me fazem feliz.”

S02E23- LIVE TOGETHER, DIE ALONE

Esse foi um final de confirmações de tudo que foi colocado na season première. Primeiro em relação a personagens badass como Desmond(como não amar??) e Locke, e o tipo mais sci-fi que seguiria essa temporada. Muitos fãs reclamaram de um desenvolvimento lento de pelo menos metade da temporada, na qual se sacrificou bastante a ação em prol de um aprofundamento nos personagens, e houve muitas reclamações pela falta de respostas (mas eles ainda tinham esperança de conseguir as mesmas na terceira temporada). E o triângulo Kate-Sawyer-Jack não agradou muito, percebe-se isso pela menção direta por parte da crítica, e pela falta total de alguma por parte dos fãs, uma parte um pouco chata da história, eles torciam(e torcem) muito mais pelos casais Desmond/Penny e Charlie/Claire.  Mas os que mereceram total destaque nos comentário foi o nosso Benzão (nessa temporada ainda Henry Gale), e o inesquecível Eko.

 “Merda, acabou. LOST”
 “Minha parte favorita do episódio é meio que tudo.”
 “Esse episódio é tão excitante, e muitos segredos foram revelado… e mesmo assim nós não sabemos de nada!”


S03E01- A TALE OF TWO CITIES

Começa uma das melhores temporadas de Lost na minha opinião (me julguem). De acordo com a critica essa season première trouxe uma mudança de perspectiva da própria ilha, recurso esse que acompanharia a série nos próximos anos. Os grandes nomes nos comentários foram os de Juliet e Ben, tal como as maravilhosas atuações de Mitchell e Emmerson, além do próprio Jack, mas nesse caso as opiniões se dividem muito entre uma mudança incrível ou mais chatice. Nem tudo foram flores também, as opiniões negativas em cima do episódio de abertura aumentaram bastante em relação a season 2, geradas em grande parte pela confusão na qual os fãs se viram, sem muitas respostas e também pelo conhecido nonsense de algumas coisas, afinal essa ilha é grande pra caramba. As coisas boas também foram reconhecidas principalmente por conhecer um pouco mais do jeitinho de vida dos Outros e por uma parte filosófica mais aprofunda, a questão do livre arbítrio e destino.

 “Foda-se o final de Heroes…Eu estou grudado em Lost.”(hehe)
 “Aquele Henry/Ben é um personagem que não foi bem pensado e nem bem escrito.” (HOW DARE YOU?????)
 “Ah! Mas não tem controle dessa ilha do demônio???”
 “Pelo menos nós sabemos da onde vieram os ursos polares…”

S03E23-THROUGH THE LOOKING GLASS

E um final que surpreendeu, não só pelos acontecimentos, mas pela qualidade também. De acordo com a crítica, audiência e muitos fãs, a temporada não tinha sido muito boa, mas os últimos episódios, incluindo a season finale, salvaram o dia. Esse episódio foi mais uma vez centrado no Jack, e muito se comentou sobre a sua mania de sempre tentar salvar tudo mesmo quando ele estava na merda (salvar alguém em um acidente enquanto está tentando cometer suicídio, quem nunca?), mas que teve seu momento badass dando uma surrinha no Ben. Esse que é um dos novos personagens junto com Juliet mais citado, além do casal mais fofo da história Rose e Bernard. Outro que foi campeão nesse quesito foi o Charlie, os fãs só falavam em quantas lágrimas tinham jorrado com aquela morte heróica. Mais uma das consequências de um capitulo cheio de ação e revelações, só por isso eles já teriam chamado atenção, mas nesse ponto a cabeça dos fãs é explodida com um dos melhores recursos usados por eles: flashfowards. Os comentários não conseguiram se decidir se foi o melhor ou o mais louco episódio de Lost, eu voto nos dois.

“É como uma doce vingança. Doce, doce, vingança explosiva”
 “Eles claramente sabem como terminar uma temporada.”
“We have to go back, Kate! We have TO GO BACK!”
“LoL, eu acho que pra cada uma questão que eles dão resposta deixam quatro sem nenhuma.”
 “Talvez eu veja Alias…ou 24, comprar um box…assistir todos eles, e esquecer sobre Lost…Nah, isso nunca vai acontecer.”
 “Bem na hora que você pensa que não tem como eles inovarem mais, eles te dão o conceito de flashfoward.”

S04E01-THE BEGINNING OF THE END

O nome do episódio combina tanto com o próprio rumo da história dessa temporada como na da própria série, afinal foi nesse ano que anunciaram que Lost terminaria em 2010. Uma grande coisa desse inÍcio foi a divisão de águas sentida pelo público em geral, os sobreviventes não eram mais pessoas acordando dentro de um pesadelo ou de uma vida muito louca, e sim gente que queria voltar pra suas casas ou não (ou no futuro voltar pra própria ilha). Essa mesma divisão que foi bastante discutida considerando que agora eram dois grupos Team Jack e Team Locke, e a torcida começou a se formar aí, baseada principalmente nas mudanças notadas nos personagens com o John ficando mais violento nas suas decisões e o Jack mais impulsivo nas dele. Os comentários estavam recheados de perguntas deixadas pela última season, mas a maior delas eram quem deu o fora da ilha? Mas as respostas nunca foram tão fáceis em Lost. Outra mudança sentida com igual firmeza foi num rumo mais acertado que a série estava tomando e muita gente estava mais animado com isso, mas ainda tínhamos muitos elementos já queridos da série, como um personagem vendo coisas, no caso Hugo. Esse que foi um dos mais citado, Jorge realmente era o personagem e todos sentiram a dor da perda de Charlie com ele, a propósito tinha muita gente que jurava que o cantor ainda estava vivo.

 “Lost não se perdeu. Grande começo.”
  “Alguém notou que Jack colocou o suco de laranja no seu copo antes da vodka? Qualquer alcoólatra de respeito sabe que você sempre põe o álcool antes.”(Melhor comentário ever)
 “Nós começamos tendo mais respostas, mas junto com elas vieram mais questões. Mas quem esperava menos do que isso? Afinal essa é a tradição de Lost.”
“Aquele cara russo, que explodiu a Granada pode ter pego o Charlie vivo e o levado com ele. Ele pode ser uma novo prisioneiro de Ben.” (Quando a esperança nunca morre)

S04E13/14 - THERE IS NO PLACE LIKE HOME

Locke estava certo, porra. Essa foi à frase que esteve na cabeça de alguns personagens durante a temporada e na season finale estava na boca do público também. Foi muito difícil achar pontos em comuns entre os comentários e a própria critica, foi tanta coisa que aconteceu e mudou só nesse capitulo, que era complicado pros fãs focar em só alguns pontos. Mas os que mais sobressaíram foram: Michael sendo libertado (e finalmente perdoado?) através da figura do Christian; Jin e Sun, e a reação merecedora de Emmy dessa última a explosão do navio; Sawyer mostrando todo o seu desenvolvimento como personagem, e se jogando para fora do helicóptero; Penny e Desmond e pelos menos um final feliz; e claro o próprio Jack decidindo que era melhor eles mentirem. Isso foi ao que se comentou a alguns personagens, mas as duas coisas que explodiram cabeças nesse final podem ser resumidas em: “Apertem os cintos, a ilha sumiu” e Locke, OMG, Locke. Quanto as criticas negativas, o que foi mais salientado foi o total nonsense de alguns fatos, mas isso não nenhuma novidade.

 “Jonh Locke=Jeremy Bentham=Jacob, e sim o rosto iluminado nas sombras da pessoa sentada na cadeira da cabana assombrada é ninguém menos que John Locke/JeremyBentham” ( Mais um exemplo de quando as pessoas se empolgam)
 “O Final foi UAU! Eu já tinha pensado muito a respeito, mas eu ainda assim fiquei chocado de ver Locke no caixão”
 “O mundo é um lugar fascinante, mas a ilha é onde milagres acontecem”
 “Só em Lost uma ilha inteira pode ser movida e não destruir a credibilidade da série”


S05E01- BECAUSE YOU LEFT

A série entra numa onda mais TARDIS na selva. Com pulos temporais dentro da ilha, ou melhor, a própria ilha que está pulando. Nisso tudo o espectador se identificou com o próprio Sawyer, sendo uma das cenas mais mencionadas aquela do tapa no Faraday para que ele explicasse direito o que estava acontecendo. Todo esse novo plot gerou uma situação bem contrária nos comentários, uns estavam completamente perdidos e confusos, quase xingando todo mundo e outros estavam assim também, mas muito contentes de LOST conseguir fazer isso com eles. Todo mundo ainda tinha (tem) várias perguntas sendo que a maior delas nesse episódio era se depois daquele final de quebrar o coração da quarta temporada, o Jin ainda estaria vivo. Com um lado muito mais sci-fi sendo exposto, umas das maiores reclamações foi quanto à lentidão do episódio e fato de que pra alguns não foi tão excitante, mas mesmo assim altas expectativas estavam sendo criadas para a penúltima temporada da série.

 “É sempre um inferno pensar e imaginar qual loucura vai acontecer em qualquer season première de Lost.”
 “SIMMMMM!!!!!SIMMMMM!!!SIMMMMMM!!!(dá uma respirada) SIMMMMM!!” 
“ E eu tive aquele sentimento familiar. Minha cabeça estava girando e tinha um sorriso bobo na cara.” 
 “Como se os escritores tivessem pego emprestado o senso de cronologia de Quentin Tarantino.”

S05E16/17- THE INCIDENT

Se tem algo que realmente marcou os fãs nessa season finale foi a atuação, eles pareciam ter se entregado totalmente para os personagens. E nesse quesito três em especial se destacaram: Locke, Terry arrebentou representando o lado negro da força; Sawyer e Juliet, se teve uma despedida mais sofrida de casal depois de Jin e Sun, foi a desses dois, as pessoas ficaram maravilhadas com o Josh e a Mitchell. A morte do personagem dessa também foi algo muito comentado devido a explosão da bomba, teria Jack feito a coisa certa? Nem tudo também se encaixou certinho, afinal aconteceram muitas coisas malucas, porque afinal se seu amigo acabou de levar um tiro, você resolve parar o carro e dar um fight, por mais esperado que isso tenha sido, e comemorado, ainda deixou o público um pouco insatisfeito. Mas como muitos perceberam essa era uma temporada que concluiu uns pontos (Rose e Bernard, amo vocês) e deixou outros quase jogados na sarjeta (Desmond, Claire e Jin). E pra parte da estátua deixo aqui o que os comentários mais repetiam: Jacob, WTF?

“Uau! As primeiras palavras que me vem na cabeça para descrever esse episódio é destruidor de mentes!”
 
“A única razão que eu dei 10 pra esse episódio é porque Jacob tem um bom gosto em roupas. Eu sou um homem da moda!” (Errei, esse é o melhor comentário de todos) 
“Se você não se emocionou com a maravilhosa performance de Elizabeth Mitchell, então você não tem alma...” 
“ Deu para o espectador uma experiência dos infernos, na qual você soca o ar, bate na sua cabeça, grita com a sua TV e balbucia como um bebê.”



S06E01/02 - LAX

A última season première de LOST começa com um sentimento generalizado de confusão tanto para o público como para a critica, desordem apreciada por uns, com argumentos que o show ainda poderia se desenvolver mais. E mais uma vez os criadores inovaram usando os flashsideways, e analisando hoje os comentários e reviews, foi realmente um movimento arriscado da parte deles considerando que a maior parte das reclamações vinha de pessoas que assistiam desde a primeira temporada e tinham passado a não entender mais nada. Mas como a série nunca foi tão baseada na lógica houve muitas menções a parte emocional, afinal como não ficar mal com o Sawyer segurando umaJuliet ensanguentada? Sem falar no Jack totalmente sufocado pela culpa.  E outro que roubou a cena foi o NãoLocke/Homem de Preto/Monstro da Fumaça/Coisa do Capiroto levando o Richard e dizendo que estava desapontado com todos, se teve algo que levantou os fãs foi isso. Além de tudo, todos estavam intrigados com os “E se” gerados pela “outra dimensão”, tudo estava envolto em muitas teorias e perguntas, sendo que a maior delas era: Seria LOST capaz de dar conta de tudo em 16 horas que faltavam de série?

 “Então, a bomba funcionou? Os Losties fizeram a coisa certa e colocaram as coisas em ordem? Não, seu bobo. Isso é Lost!” 
 “Viagem no tempo é para confusão o que sorvete é para gostoso”  
 “Pra valer, Eu não posso pensar em nada para dizer, porque eu realmente não entendi nada !” 
 “Um episódio de Lost é mais bem expressado em uma série de “WTF”?” 
 “Lost é como uma droga intelectual e nós estamos sempre procurando pela próxima dose.” 
 “Essa première me deixou confusa nos primeiros dez minutos, mas eu amei cada minuto estando desse jeito.”

S06E17/18 - THE END

O polêmico e incrível (de qualquer ponto de vista) final foi apresentado no dia 23 de maio de 2010. Antes de tudo, tenho que dizer que ao releras criticas e comentários não pude deixar de reagir aquela toda enxurrada de emoções e apego que envolveu essa série, ela foi e ainda é um marco na história da TV. De volta a análise, esse final foi cercado por quatro sentimentos: felicidade, tristeza, diversão e raiva. Muitos fãs tinham comentários cheios de orgulho e amor, por terem conseguido chegar ao final de uma saga, felizes por reencontrarem um monte de personagens, terem seus ships concretizados (Jack e Kate, Charlie e Claire, Sawyer e Juliet, Penny e Desmond, Rose e Bernard entre outros) e darem um último adeus pro homem de fé dessa bagaça, beijos Locke. Os momentos de “relembrar” de todos foi o impressionante e lágrimas vazaram. Houve aqueles que estavam antecipando a saudade que sentiriam da série e simplesmente não se conformavam em não poder acompanhar o desenvolvimento de mais histórias. Os que com certeza melhor aproveitaram foram os que encararam tudo na linha do entretenimento, chateados com algumas coisas, aliviados por outros, mas no fim tudo tinha sido muito divertido. E por fim, os que, desculpe o vocabulário, estavam putos da vida. Estavam sentindo-se completamente traídos por ver LOST por tanto tempo e receberem um final sem muitas respostas, e nenhum argumento de “que tudo era sobre pessoas” acalmou eles (acho que até hoje). Um grande destaque para o último discurso, claro que isso tinha que ser trabalho de um Shepard, que foi bem lembrado pela critica e pelos fãs como algo que resumiu a série. Até hoje estou na parte do Let it go.

“Com Lost, é complicado porque esse foi um show construído em mistérios, mas se o episódio final exibe, o mistério ou a mitologia não é importante. Os personagens são tudo o que nós temos para amar.” 
“ O pensamento de um para sempre em um lugar que parece tão real com as pessoas que você ama é algo muito poderoso” 
“Adeus Lost. Vá para a luz.” 
“Francamente, poderia ter sido muito pior que foi. No mínimo, diferentes de outros shows, o final não foi tão ruim que tenha destruído todo o resto da série.” 
“ Nós aceitamos que a bomba não fez nada de bom? Então Daniel, o físico nuclear era realmente um idiota, depois de tudo? Deus, qual o ponto de saber física quântica quando você não pode fazer nada com ela?” 
“ E por quê, eu me pergunto, Jack teve que morrer? Se você me disser que é para toda uma ideia de ciclo, bla, bla, bla, Eu vou machucar você” 
 “Lost é mais que uma série, é sobre redenção, encontrar seu caminho, é sobre superar seus erros, é sobre pessoas.” 
 “Porque para mim não haverá nada como isso. E eu irei lembrar para o resto da minha vida, até eu ter que ir.” 
“Eu admito, estou um pouco chateado com algumas questões que nos perseguiram por anos não terem sido respondidas, mas eu só sentei e aproveitei o final.” 
 “Pela primeira vez, Eu finalmente entendi LOST.” 
 “(…) uma história de dois simples conceitos, o que significa estar perdido nesse mundo e o que é ser encontrado.”



E aí, gostaram desse texto especial? Se emocionaram? Comentem!!!!

Reações:

Sobre o Autor

 
Top