Comentários
Dana Rodrigues Dana Rodrigues Author
Title: [PRIMEIRAS IMPRESSÕES]: SCORPION
Author: Dana Rodrigues
Rating 5 of 5 Des:
PODERÁ CONTER SPOILERS E nos deparamos com mais uma estreia (CBS) dessa tão aguardada e ao mesmo tempo temida – pela grande quantid...

PODERÁ CONTER SPOILERS

E nos deparamos com mais uma estreia (CBS) dessa tão aguardada e ao mesmo tempo temida – pela grande quantidade de séries na grade que se tornarão atrasadas – fall season. Confesso que eu adicionei essa série na grade por achar interessante a sinopse e acabei vendo o pilot tendo mais ou menos uma ideia do que ela se tratava.

Scorpion conta a história de Walter O’Brian, garoto brilhante que entra no radar do governo após invadir o sistema da NASA. Depois de alguns anos, ele acaba conhecendo e se tornando amigo de mais três gênios: Happy (mecânica), Toby (especialista comportamental) e Sylvester (estatístico). Eles tentam viver normalmente mas sempre passando por problemas em relação à coisas do dia a dia que eles não são “programados” para cumprir, como pagar uma conta por exemplo.

Mas esse episódio começa a se desenvolver quando a comunicação entre 3 aeroportos importantes, um deles o LAX é interrompida devido a um download com arquivos suspeitos no servidor. Walter e Cabe (agente federal que tem um histórico com O’Brien) junto com sua equipe tentam solucionar esse problema e evitar a queda de vários aviões e consequentemente a morte de milhares de pessoas. No decorrer da trama eles descobrem que não vão chegar à tempo no aeroporto e acabam indo parar na lanchonete onde Walter, que para conseguir uma grana para se sustentar, realizou um trabalho recente (no início do episódio). Lá ele conhece Paige, uma simples garçonete que tem um filho gênio e não consegue entendê-lo completamente. E aí essa parte é até previsível, né? Eles dois têm uma química rolando e mesmo que ele tecnicamente não seja capaz de demonstrar emoções, vemos a formação de um possível casal gênio + “simples” garçonete (sim, já podem começar a shippar se quiserem hahaha)



O final do episódio é marcado pela restauração das comunicações dos aeroportos e por uma cena muito tosca ao meu ver – também pelos efeitos – que foi um cabo de computador sendo ligado entre um carro e  um avião em pleno voo. Além disso, Cabe faz uma proposta que Walter não pode negar: a criação de uma equipe de resolução de problemas com os gênios e logicamente Paige e seu filho, com salários bons e mais alguns benefícios.

Essa série na minha opinião é bem clichê. Não que isso seja necessariamente ruim, mas não conseguiu me cativar completamente. Ela aparentemente será procedural (com casos da semana) dando ênfase a plots centrais, como várias séries que já assistimos atualmente. Me pareceu uma mistura de Numbers (que nunca assisti mas sei que tem gênio), The Big Bang Theory (com a parte nerd/científica ), The Mentalist (com toda aquela parte comportamental) e mais uma procedural qualquer da sua grade. Acredito que não vá continuar com ela na grade não, mas se você gosta de procedurais, uma pitada (mesmo que bem pequena) de comédia, ação, gênios e um possível romance, essa é a série certa pra você nessa fall. Não sei se a audiência dela foi satisfatória nem nada, mas meu subconsciente diz que, pelo fato de ser uma série “mais do mesmo” ela acabe se tornando um flop. De qualquer maneira, sugiro que assistam e tirem suas próprias conclusões!

P.S: Não simpatizei tanto com o protagonista. Ao contrário de Jane (The Mentalist) que me cativou no primeiro episódio!
E aí, o que acharam? Assistiram? Comentem!

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top