Comentários
Dessa Piccinini Dessa Piccinini Author
Title: [REVIEW] BONES - S10E01: THE CONSPIRACY IN THE CORPSE
Author: Dessa Piccinini
Rating 5 of 5 Des:
Eitá Giovanna, essa fall  tá prometendo. Forninho despencou. E eu tô atirada no chão do lado dele.  "The Conspiracy in the Co...

Eitá Giovanna, essa fall tá prometendo. Forninho despencou. E eu tô atirada no chão do lado dele. 

"The Conspiracy in the Corpse" já tinha tudo pronto para abalar meu estado emocional desde o começo, mas de tudo que eu imaginei que pudesse acontecer, de todas as coisas que os roteiristas podiam fazer, a última delas foi o que aconteceu. Foi uma perda insuportável que eu não conseguia acreditar até que o episódio terminou e ninguém falou: ele estava fingindo sua morte. 

Logo de cara viajamos 3 meses pro futuro, onde Booth ainda está na cadeia e Bones está desesperada. Até aí eu estava ok, eu esperava isso, estava tudo bem. E, em prol de salvar o marido, Bones entrar no mundo das chantagens foi assim, quase uma sapucaí em pleno fim de setembro. Tu tá mais que certa, pode ter sido a primeira vez, mas chantageou bonito Temp!  

Com Booth fora da cadeia e a salvo, por hora, conhecemos a nova casa B&B e, deixo meu comentário que M O R R I de inveja boa com essa casa, coisa mais linda! 

Bom, até aí a série estava sendo previsível. Um corpo que pode ajudá-los, mas claro, não muito fácil de conseguir a ajuda dele. Hodgins todo "feliz" ou pseudo-feliz por trabalhar com conspirações e o resto do mundo não o chamar de louco. Até Caroline apareceu e eu adoro ela! 


Com o desenrolar da história, as coisas foram tomando rumos já esperados. Booth trabalhando em um caso que ninguém queria que ele trabalhasse, Sweets tentando colocar razão na cabeça dele... Nada de anormal, nada que me preparasse, me desse um aviso, pro que estava por vim. 

Então tiveram cenas tão amadas: Sweets dizendo que ia ser pai quando a Daisy aparece grávida, dando conselhos pra Bones. E ainda sim, não achei que ia dar uma grande merda dessas. 

A coisa começou a caminhar pra esse final logo que Caroline consegue um mandado e, por insistência de Sweets, ele vai cumprir. Eu sabia que vinha problema por aí. Alguma coisa ia acontecer, ele ia sofrer um acidente, perder os arquivos, sei lá. Mas não morrer. NUNCA MORRER! Porque a produção não mataria um de seus personagens principais e, junto de Hodgins, o meu favorito. Não, eles são fariam, fariam? Pois, contra tudo que eu imaginei dessa premier, eles fizeram. Mataram meu Sweets. Eles simplesmente pegaram meu emocional e jogaram na lama, e deram uma sambada pra ter certeza que ele estava acabado. 

Desde que Temp falou que ele estava morto, ambulância chegou eu estava: Ok, ele vai ter uma experiência de quase morte. Não é como se ele fosse morrer. Né? E então aparece um corpo chegando ao Jeffersonia e eu: só pode que ele fingiu a morte. Só não faz muito sentido... Mas não irão matar o personagem... Ainda que fosse um dos estagiários ou algo assim... E então o corpo dele apareceu e o episódio acabou e eu só não joguei o computador pela janela por falta de dinheiro para comprar um novo. 


Eu sei que provavelmente o ator precisava sair da série e esse foi o motivo da morte de Lance Sweets. Mas eu não consigo negar que toda a empolgação que eu tinha a baixar e assistir Bones não tenha sumido completamente por alguns instantes. Sweets é um personagem que vai deixar saudades enormes e um lapso no restante da série, seja ela uma temporada ou vinte. 

Ah, olá meus queridos. A partir de agora vocês me tem por aqui escrevendo as reviews de Bones, (juntamente com Haven, White Collar, Criminal Minds e Sherlock), e, por mais que meu episódio de estreia tenha sido essa montanha russa emocional, espero que gostem! Deixem seus comentários ali na caixinha sobre a morte de nosso psicólogo favorito! Até semana que vem.

#RIPSWEETS! 

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:



Reações:

Sobre o Autor

 
Top