Comentários
Rafa Rodrigo Rafa Rodrigo Author
Title: [REVIEW] NASHVILLE – S3E01: THAT'S ME WITHOUT YOU
Author: Rafa Rodrigo
Rating 5 of 5 Des:
Bem amigos da ABC! A fall season chegou e com ela a nossa queridíssima novela country mostrando como se inicia uma temporada sem nenhu...

Bem amigos da ABC! A fall season chegou e com ela a nossa queridíssima novela country mostrando como se inicia uma temporada sem nenhum cliffhanger de morte ao seu lado, e voltou assim, boa, intensa e com aquele drama gostoso que ficamos meses sentindo falta, claro que sem deixar de mostrar as lindas canções e com direito desta vez a performance ao vivo, sendo uma delas logo no início do episódio.

Já que citei a respeito, inicio a review falando dele, Will e sua tão inocente esposa Layla. Este foi o drama que mais me deixou com a pulga atrás da orelha após aquele season finale, afinal, a vida do rapaz poderia mudar totalmente logo nos primeiros minutos desta première, mas não, recebemos uma Layla chateada, devastada, mas ainda ao lado do marido. Que ofereceu a ela a canção, mostrando o cara manda mesmo bem nos vocais, mas que não manja nem um pouquinho de gestão de efeitos colaterais depois de sair do armário. Agora o jeito é esperar pra ver como que a vida do rapaz vai ficar afinal, foi colocado na parede, ou volta para o armário, ou todo mundo vai saber sobre a orientação do rapaz.


Mas temos mais drama com Rayna’s Choice, o que preciso falar, incomodou um pouquinho. Quem acompanha minhas reviews sabe que eu não sou grande fan do Luke, mas revendo o pedido e como ele trata Rayna, não tem como não ficar do lado do rapaz. Deacon teve já tantas chances e já estragou tantas coisas que é totalmente justificável a escolha da rainha country em começar com alguém que possa dar a ela uma página em branco para escrever sua história. Sei que isso não deve durar muito, mas é o que temos para o momento, além de se emocionar com a segunda apresentação ao vivo da noite com um recado mais do que bem dado por Deacon, o que abala as estruturas de qualquer um que torça por Rayna e Luke.


Com relação à Juliett, desgraça é pouca para a pobrezinha. A coitada está tão desesperada que achou que o pobre Avery ia conseguir falar algo depois de seis horas de saber que levou um belo par de chifres. Mas este desespero serviu muito bem em sua audition para o papel de Patsy Cline rendendo lagrimas e uma canção muito bem interpretada, o que mostra o quanto Hayden tem progredido em seus vocais, já que em sua atuação tem batido um bolão desde a primeira temporada. A duvida principal agora é: Quem é o pai? Please, que seja o Avery!


É impossível falar sobre este episodio sem citar a despedida de Scarlett de Nashville que serviu para trazer um pouco de comedia para a serie, colocando Avery e Gunnar juntos dela naquele micro carro e rendendo um ótimo plot, resultando no retorno desta menina para sua família de verdade mostrando a força que vai ter para bater de frente com os seus problemas. Ufa, que bom que ela não sairá da serie. Nunca acreditei de verdade nisso, mas que bateu uma preocupaçãozinha, isso bateu.

E você, o que achou deste episodio? Convido você a comentar logo ai embaixo, e para aqueles que curtem, segue ai o PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO.


Reações:

Sobre o Autor

 
Top