Comentários
Michelle Louise Michelle Louise Author
Title: [REVIEW] ONCE UPON A TIME S04E01 - A TALE OF TWO SISTERS
Author: Michelle Louise
Rating 5 of 5 Des:
Mirror, Mirror, Mirror on the wall... Demorou. Demorou demais, mas Once Upon a Time voltou. E você? Do you wanna build a snow man? ...

Mirror, Mirror, Mirror on the wall...

Demorou. Demorou demais, mas Once Upon a Time voltou. E você? Do you wanna build a snow man? Nossos personagens favoritos estão de volta, com um inverno chegando mais cedo, corações quebrando e nos mostrando um pouquinho de Arendelle.

A introdução de Arendelle foi muito bem feita e eu gostei demais de ser passada depois do filme, porque o gancho da história fica bem maior. Vemos inicialmente Anna e Elsa no túmulo de seus pais para, então, Elsa o vestido para que havia pertencido a sua mãe para o casamento da irmã. Os problemas começam quando Elsa acha escrito o verdadeiro motivo da viagem de seus pais e, no fim, acaba realmente concluindo que eles a achavam um monstro. Anna, sendo a Anna do filme muito bem mantida, vai atrás de provas do contrário e, então, as irmãs se perdem uma da outra.

Onde está Anna, como Gold tinha o colar que Elsa tinha dado à ela e todas essas dúvidas que a premiere plantou bem plantadas na nossa cabeça, por hora ficam sem resposta, afinal, este foram apenas os primeiros 43 minutos de toda uma temporada! Ponto extra dos flashbacks: Grand Pabbie! Ponto extra do tempo em Arendelle: Sven, escolhem uma rena BRILHANTE para o papel! Sério! Uma suposição que fiz é: talvez os pais das irmãs estivessem, afinal, indo atrás de Rumple. Ele entende, melhor que ninguém, sobre magia. Eles poderiam estar querendo a ajuda para saber o que estava havendo com Elsa e se ela era perigosa. Acho que vale destacar a excelente atuação de Georgina e Elizabeth, que foram fiéis e convincentes em seus papéis.


Todo momento que Rumple tem, mesmo agora, com Bea me comove. Me comove porque ele errou demais com o filho e sabe disso, mas tudo foi mais forte que isso. No cemitério ele deixa claro que está arrependido das escolhas que fez em relação ao filho e da escolha que fez ao mentir para Belle. Ele promete para o filho viver de uma forma que faria com que ele ficasse orgulhoso, troca a adaga e, finalmente, eu tive meu momento. Rumbelle não se contentou com a cena maravilhosa do casamento na season finale, mas teve que ter a cena que eu tanto esperei para ver nesta premier. A dança. Eu sou fã incondicional da história de The Beauty and The Beast e ver a cena da dança, com as roupas e tudo mais foi lindo. Quero saber o que vai se desenrolar porque Rumple vem com mais um plot por ai. Todos, eu acredito, perceberam que ele ficou encarado um objeto específico na casa onde ele está passando a lua de mel com sua esposa, e – já quebrando a promessa e usando a adaga..porra Rumple - descobrimos o que é.  E eu fiquei....curiosa e surpresa.

O chapéu de Mickey Mouse de Fantasia dá as caras eu fiquei curiosíssima para saber o que ele traz. Sabemos que Zoso, o primeiro Dark One, volta no episódio 4 desta temporada, estaria ele e alguma forma ligado a isso? (Podem me chamar de louca, eu deixo). Será que Rumple achou seu caminho para mais poder? Iria ele querer MAIS poder? Isso não pode ser bom para ele, nem para quem o cerca (mas para a audiência é ótimo, porque eu to louca para saber o que acontece agora). Ou, outra teoria,  como falarei mais para frente dos planos da Regina..será que ambas as coisas estão ligadas? O dono do chapéu pode ser o autor do livro?

Na sessão “agora não amor, to com dor de cabeça” vem ai Emma Swan e Killian. Vou te contar um negócio, porém, Emma apaixonada é toda fofa com aquele sorris! Mas, eles nunca tem um momento de paz para sentar e conversar, sempre algo acontece. A mulher morta do atual namorado da Prefeita chamando ela de Monstro por exemplo (falarei disso mais tarde) ou o carro do Leroy ficando revestido de gelo do além. Alias, eu gostei muito de terem colocado o gigante na história! Emma precisa voltar a ter aulas de magia com a Regina, porque não tá fácil essa vida de nem fazer cócegas no bichinho! Quando as coisas acalmam novamente, ele pergunta porque ela o está evitando e ela dá um selinho (pelo amor de Deus, Emma!)e pede que ele seja paciente. Ele está sendo. A quase duas fucking temporadas, mas pelo lado positivo, Emma antes tinha seus muros erguidos contra ele e não acho que ela pretende fazer isso novamente. Sempre te algo acontecendo e eu sinto falta de momento simples de conversas pequenas. Acho que por isso amei tanto a cena Snow Queen lá em "Bleeding Through", duas pessoas conversando e absorvendo tudo que aconteceu, acho que é disso que sinto falta as vezes.



Perceberam que eu evitei até mesmo o nome de uma cerca pessoa na review, certo? Certo. Pois bem, meu nome é Michelle e sou uma Evil Regal que está bem...a alguns minutos tentando abraçar a tela do computador para ver se alcança a Regina lá no chão para consolar ela. Lana rainha do mundo, na série e DA série. 

Ela foi do céu ao inferno nesse episódio. Não bastasse Marian a chamando de monstro na frente de todos, a conversa com Robin depois foi desestruturante. Mas agora, vamos racionalizar..o que você escolheria: seu coração ou sua honra? Antes de qualquer coisa, esqueçam o  século que vocês estão, onde vocês vivem. Qualquer conclusão tirada com esses pensamentos será errônea. É fato que na antiguidade honra  era o valor principal, honrar suas promessas e é isso que Robin opta por fazer. Quando ele diz a Regina que o que eles tiveram foi real, É real ele está sendo sincero porque foi. Ambos vinham de uma vida com cicatrizes e machucados no percurso, mas eles se encontraram. A questão entre eles dois era silenciar entre si os demônios de cada um e eles o fizeram. Mas não fazem mais por hora, afinal, ele é um homem de honra. Ele fez, por hora, sua escolha. Mas, eles estão escritos nas estrelas, certo? O amor dos dois está gravado na pele tão forte quanto no coração dela. O jeito é esperar.

Não posso deixar de mencionar que o cenário escolhido para a conversa foi genial, e eu não pude deixar de lembrar da conversa dos dois na season finale onde ela conta sobre a história da tatuagem dele. Ali ela se abriu e hoje, mesmo o resultado não tenha sido positivo, ele se abriu. Admitiu que foi real. Que ele ainda sente. Todos que sabiam que corações de quem shippa Outlaw Queen iam acabar sangrando, mas doeu mais do que eu queria, viu?!

Mas esperar não é bem o forte de Regina que apela para a ajuda de Sidney e seu espelho. Ela quer descobrir quem escreveu o livro (e eu também, desde a season 1) para alterar o final das historias, mas como esse é um plot central não espero uma resolução rápida, season/series finale talvez. Está na hora de vilões terem finais felizes também. Ela não matou Marian, não arrancou o coração dela, nem atirou bolas de fogo em ninguém porque não, Marian, ela não é um monstro. 

Quando todos acabam vencidos pelo Gigante de gelo e apenas Marian resiste, Regina aparece para intervir. Então, depois de chamar a mulher de monstro ela implora por ajuda (ai, a vida...) e Regina...some. Para então retornar e destruir o Gigante salvando uma Marian que agora reconhece eu ela talvez não seja um monstro. Foi bom Regina ter salvo a Marian agora. Mostrar para ela também que ela mudou, que ela cresceu e que mesmo estando machucada com o coração quebrado, ela opta pela vida e não pela vingança fria. Porém, Robin ainda não sabe que Regina foi quem a matou no passado. Como ele lidará com isso tudo? Não é a primeira vez que o Robin diz que tem um lado negro, que lado negro seria esse? O que nós ainda não sabemos como o famoso ladrão?

Lana, mais uma vez, rouba para si o episódio. É tamanho o poder de convencimento, é tamanha a dor que a gente sente no olhar dela que dói aqui fora da tela. Eu nunca terei estrutura emocional para ver a Regina/Evil Queen chorando. Nunca desde quando ela chorou lá no inicio da série no ombro do seu pai porque queria ser feliz, até hoje quando, agora sozinha, chora pelo mesmo motivo. Lana ainda é a melhor parte de Once Upon A Time. 

Outro ponto que queria comentar: Qual é a real do Sidney? Ela o tranca por anos, sem nem lembrar da existência dele e quando ela volta, pedindo favor, ele  a ajuda de bom grado?! Quer uma consulta com o Archie, Sid? Acho que você anda precisando. 



Houve alguns paralelos muito bem feitos com Frozen também. Um bem explicito (falarei mais para frente, ainda estou afogada em feels) e outros mais discretos. Como os entre Regina/Emma e Elsa/Anna. Regina e Elsa são bem parecidas, no fim das contas, as duas acham que são monstros que não merecem a felicidade e que precisam se isolar para não as pessoas que elas amam. Emma e Anna são aquelas que acreditam que o bem sempre pode vencer e são as que buscam fazer que as duas primeira mudem de ideia, Anna porque ama a irmã e Emma porque é a “missão” dela trazer os finais felizes, incluindo do da Regina. Além disso, Emma deixou Hook de lado para consertar o que fez a Queen e Anna deixou Kristoff de lado para buscar a verdade sobre os pais em relação a Elsa.

O outro paralelo? Não estou sabendo lidar com a Regina chorando encostada na porta, sentada no chão. Emma promete trazer o final feliz dela, mas é a verdade o que Regina disse. Sempre que Emma tenta fazer algo bom, a Regina é atingida negativamente. Aquela cena foi desestruturante. Regina já perdeu o amor uma vez, fugiu na outra e agora perde tudo outra vez. Este é o problema, toda vez que ela se redime e tenta acertar as coisa, ser boa realmente..as coisas más acontecem. E, isso cansa e machuca.

Uma coisa que eu senti falta: Interação dos personagens dos dois arcos. Seria legal se Emma e Hook já tivessem encontrado Elsa, mas já que não foi assim, espero que o resto compense. Não me levem a mal, mas é que parece que eu estava assistindo duas séries diferentes sem essa interação dos personagens em sim. Mas, a premiere foi boa e deixou sim com gosto de quero mais!

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:




PS1: Tirando o fato de ela ter chamado a Regina de Monstro eu não odeio a Marian. A mulher veio forçada do passado, descobriu que o Marido estava em um relacionamento com a Mulher que tentou matá-la e ainda tem de ver a pessoa que ela quase morreu defendendo, defender a mulher que queria a cabeças das duas. Poxa, dá um tempo pra moça!
PS2: Regina derrotou o gigante no meio da mata com um salto agulha, sentem lá Emma e Marian. Sentem lá.
PS3: Coxas da Lana *-*
PS4: A cara do Robin era de quem tava sofrendo. Sim, ele está sofrendo. 
Reações:

Sobre o Autor

 
Top