Comentários
Jean Marc Jean Marc Author
Title: [REVIEW] SONS OF ANARCHY - S07E01: BLACK WIDOWER
Author: Jean Marc
Rating 5 of 5 Des:
A busca incessante por vingança, cria um vazio emocional, constrói ilusões, destrói o ser humano. O desejo imutável de vingança é preen...

A busca incessante por vingança, cria um vazio emocional, constrói ilusões, destrói o ser humano. O desejo imutável de vingança é preenchido em seu peito para esquecer do luto que o predomina, e a verdade, é que só a retaliação é a única saída. Arrependimento, misericórdia, isso não está em pauta, nunca esteve, afinal, quem "mexe" com um "Sons", cedo ou tarde, sabe que a morte é o que o espera. 

Ao final de uma temporada passada conturbada com muitas mortes, e um final dos mais tristes que eu já vi, Sutter nos trouxe um bom início de temporada, a que colocará fim na irmandade Samcro. Esperei tanto por um banho de sangue logo no primeiro episódio, já que ele nos deixou assim com seus "tweets", nos prometendo algo tão insano, que seria mais que qualquer episódio da série. A princípio, o episódio foi a típico de "SoA". Um "Jackie Boy", abraço de brothers, reunião, Gemma fazendo merda, Jax tentando viabilizar a paz entre os MC's, Unser ainda vivo, Juice sendo Juice e enquanto isso, Gemma ainda continuava fazendo merda. O que mais me deixa aflito em questão a essa temporada, é a mudança e desconstrução total da personalidade do garoto Jax. Prevíamos isso pelos teasers, e pelo fato da morte brutal de Tara na Season Finale da sexta temporada, mas a atuação e o modo como foi conduzido o episódio, me deixou boquiaberto em relação a esse "Novo Jax". Por mais que a série voltou com seu estilo a típico, com várias coisas que relembram a velha e original "Sons of Anarchy", mas foi tão pesado e escuro esse episódio. A depressão que foi passada para o telespectador foi intensa demais, e isso me surpreendeu. 

Desde o seu início, a série não se trata só sobre um bando de motoqueiros com sede de vingança, e sim, a destruição da família Teller, junto ao seu clube, SAMCRO. Jax sempre quis ser a "imagem e semelhança" de seu pai, no meio da jornada, cansou da baboseira de J.T, voltou atrás, tentou colocar o clube em ordem, um clube aonde não teria criminalidade, um clube limpo. Depois de tantos revés, ele já se considera um homem morto, que tem trabalhos a fazer, tentar salvar seu clube, não importa quem ele terá que matar. Nessa sua volta da prisão, ele já mostra sua astúcia, agilizando a paz(Por pouco tempo que seja) entre a briga maior de MC's. Nessa volta, a série mostrou, como Chibs evoluiu e vai ser um dos maiores principais nessa temporada. A evolução dele desde a primeira temporada para agora, é gigante. Braço direito de Jax, a voz inteligente em muitas vezes, mas não deixa a peteca cair quando tem que mandar alguém pro outro lado. Por isso já fico nostálgico só em pensar que ele pode morrer, sem dúvidas será a mais dolorosa perda nessa última temporada. IN CHIBS WE TRUST!


Fator última temporada deixa tudo mais intenso, o suspense paira a cada cena. Qualquer um pode morrer. A cada cena do Juice, eu imaginava o galerê de Samcro entrando no apartamento da "viciada" e exterminando esse RAT. Esse plot inicial, traição e fuga é muito interessante, mas sabemos que a morte é o único final pra ele, só resta saber quem ele levará junto. 

Tudo foi dentro dos conformes para essa volta de Jax da prisão. E novamente, a série nos relembrou uma vingança alternativa para um início de temporada. Quando Ope(Sdds MITO) retorna ao clube com o desejo interminável de vingança, Clay(Mais mito que qualquer um) com sua sabedoria, acha alguém "descartável" para saciar esse desejo dele. Junto com Jax, mesmo não concordando, inventam uma história pra boi dormir, de quem tinha matado Donna. Você vê como o Sutter é inteligente, e recicla coisas na série. Todo esse tempo de Gemma convivendo com Clay, a deixou mais inteligente(Fdp). Conseguiu criar um assassino para a morte de Tara, jogar a culpa em Lin como mandante, e ainda arrancar uma parte da ira de Jax. Isso acarretará em uma consequência enorme, mas como diz o ditado: O que é um peido pra quem já está cagado? Ela já matou J.T, destorceu a história das cartas, matou Tara, e conseguiu achar uma saída temporária para sua sentença. O prêmio de "Mãe do ano", conseguindo me surpreender mais ainda, vai para Gemma. Emmy para Katey, porque já ta na hora ...


Ao som de "Bohemian Rhapsody", o episódio terminou epicamente como do feitio de SoA. E como foi perfeito a música com a situação na série, se existe uma série que sabe fazer trilha sonora, ela se chama Sons of Anarchy. Mais uma vez, Gemma wins, mas o seu tempo está acabando ... 

Esse fator última temporada é difícil de aceitar. Você viu nascer uma série que te proporcionou tanta alegria e tristeza, tantas reviravoltas, te deixar perplexo na frente da televisão virou costume, sente, aperte o cinto, pois só faltam doze episódios para minha série favorita, a sua, de muitos, acabar. Até a próxima! 

Reações:

Sobre o Autor

 
Top