Comentários
W.H. Pimentel W.H. Pimentel Author
Title: [REVIEW] MARRY ME - S01E02 - MOVE ME
Author: W.H. Pimentel
Rating 5 of 5 Des:
Medo de mudanças. Marry Me está, aos poucos, mostrando os dilemas e inseguranças da vida de casal entre Jake e Annie. Nesta semana o ...
Medo de mudanças.

Marry Me está, aos poucos, mostrando os dilemas e inseguranças da vida de casal entre Jake e Annie. Nesta semana o assunto apresentado para o público foi, simplesmente, o medo de Annie de se mudar de vez com Jake. Como mostrado no episódio, Annie só pensava em receber o pedido de casamento e dizer sim, mas nunca havia pensado em como seria a sua vida uma vez que eles estivessem noivos pra valer. Casey Wilson, diva como sempre, soube trazer humor em todas as suas cenas com situações MEGA inusitadas, do mesmo jeito que ela fazia em sua outra comédia, Happy Endings.


Os outros plots do episódio incluíram Deenah com sua crise de meia idade (?) à respeito de sua aparência e Gil numa lanchonete 24h. Entre todos os três plots, o que eu mais ri foi o da Dennah, que parecia que havia sido picada por umas três abelhas na cara. Sério, ninguém em seu juízo perfeito faria o que ela fez; botox aos 30 e poucos anos de idade? Tá doida mulher?!

Gil também ganhou seu espaço e usou e abusou das piadas relacionadas à gordices. Adorei a ideia dos escritores de utilizarem uma lanchonete 24h como cenário principal do plot dele, mas acredito que isso tenha sido utilizado muito cedo, então a menos que Gil venha com mais de suas gordices ao longo da temporada, essa ideia foi bastante prematura. 


De volta à Jake e Annie, assim como em Happy Endings, a personagem de Casey Wilson foge de seus problemas. Lá nós a víamos se escondendo na rua, utilizando disfarces e etc, aqui, ela criou uma espécie de casa dentro de seu carro e realmente achou que aquilo era, de fato, uma boa ideia. Tá, eu sou a favor de uma personagem burrinha que precisa aprender à conviver com as situações do dia a dia, mas Annie estrapolou os limites do ridículo com essa. Sim, a sequência de cenas foi engraçada do jeito que só ela sabe fazer, no entanto, criar uma casa em seu automóvel por receio de dividir o espaço com o seu NOIVO por que tem problemas desde CRIANÇA? Vamos melhorar isso aí né?

Em conjunto, o segundo episódio de Marry Me perdeu bastante qualidade em relação ao primeiro, mas não deixou de ser engraçado. Ainda recomendo a série para quem quiser, porém aviso que a qualidade caiu um pouco, embora não tanto. Continuo curtindo a série, mas com certeza isso foi um aviso de que daqui para frente pode ser ladeira abaixo.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top