Comentários
Lilian Zin Lilian Zin Author
Title: [REVIEW] NCIS: NEW ORLEANS - S01E03: BREAKING BRIG
Author: Lilian Zin
Rating 5 of 5 Des:
“Ainda é bom saber que você me dá apoio.” – Meredith Brody Três prisioneiros escapam do ônibus da prisão, matando dois guardas, um qua...
“Ainda é bom saber que você me dá apoio.” – Meredith Brody

Três prisioneiros escapam do ônibus da prisão, matando dois guardas, um quarto prisioneiro e roubando o carro de três adolescentes que adoram tirar selfies. Um deles é procurado por Gibbs e cai na mão de Pride cuidar do caso.

Devo admitir: a cada episódio quero mais e mais NCIS: New Orleans. É um vício, sinceramente. As cenas em que Pride, Lasalle e Brody estão juntos, são as melhores. Durante as cenas em que eles estavam no carro, parecia que Pride e Brody eram os pais e Christopher a criança completamente inquieta, daquelas até que bota a cabeça para fora da janela para sentir o aroma de sua terra natal. Adorei também o fato de que, quando um deles vira o boné, todos viram. Muito legal. Mas, voltando ao caso. Para ajudar na captura desses prisioneiros, a Tenente Addie Watkins foi chamada. Incrível a cara de bobo que Lasalle fazia perto dela, considerando o passado dos dois. Dimitry Babakov, negociante de armas, contrabandista, fazia extorsão, tráfico humano e espionagem. Havia sido pego na costa oeste da África. Uma ordem foi dada a Pride: pegar o homem vivo.


Os outros dois fugitivos eram Lavon Dalton, recruta, e o Tenente Ted Nash, que arrumou uma briga de bar e acabou preso.  O primeiro foi morto por Babakov. Já o segundo foi capturado no Alabama, enquanto ia visitar a mãe no hospital.

Tivemos uma pequena, mas ótima participação de Mark Harmon e Rocky Carroll. No meio de um navio no Atlântico, Gibbs passou todas as informações sobre Babakov para King. Um caso bom, bem desenvolvido. Ainda com pequenas aparições de Loretta e Sebastian, mas com um desenvolvimento na vida pessoal de alguns personagens. Vimos que Linda, a esposa de Pride, vem tentando salvar o casamento com ideias para terapia de casal. No começo ele estava relutando, mas acabou aceitando. 


Sobre Brody. Tenho minha teoria formada sobre o passado dela e nada, ou ninguém, pode me fazer mudar de ideia. Em Crescent City (NCIS - 11x18/11x19), foi dito que ela teve certo problema com tempo de reação a um ataque. Acredito que ainda não se curou totalmente, vendo o quão em choque ficou após Pride ter atirado na cabeça de Babakov. Isso e o fato de ela não conseguir se prender a uma cidade, tudo se encaixa perfeitamente. Só espero o episódio em que tudo vai ser revelado.

Bom, gostaria de pedir desculpas antecipadas por minha ausência nas próximas semanas. Preciso estudar muito e, enquanto faço isso, a Nassara, responsável pelas reviews de CSI, vai assumir meu lugar aqui. 

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top