Comentários
Michelle Louise Michelle Louise Author
Title: [REVIEW] ONCE UPON A TIME S04E02: WHITE OUT
Author: Michelle Louise
Rating 5 of 5 Des:
Nunca desistir das pessoas que você ama. Essa era a proposta de tema da quarta temporada de Once Upon a Time e, devo dizer, essa pro...

Nunca desistir das pessoas que você ama.

Essa era a proposta de tema da quarta temporada de Once Upon a Time e, devo dizer, essa proposta vem sendo seguida com maestria em todos os campos da série. Sem exceção.

Confesso que precisei re-assistir o episódio para gostar dele (culpem a Lana porque assistir quando ela está no twitter eu querendo uma mention não dá certo), e quando eu assisti novamente eu gostei bastante. Meu problema com ele, logo nos sneaks é que seria focado no Charming e na Emma (boring pra mim que não gosto de nenhum), porém, foi incrivelmente e surpreendentemente BOM! Ver a história do Charming e como ele era antes de tudo foi bem bacana e uma ideia genial para inserir Anna no contexto da série.

Faço aqui o meu parênteses: que atriz fantástica é essa Elizabeth! Neste episódio, com  mais chance de mostrar a que veio e de mostrar sua Anna, ela deu um show. E, para quem assistiu o filme, ela conseguiu manter realmente toda a essência da Anna do filme, com aquele espírito aventureiro, que não desiste (olha aqui de novo) e luta até o fim párea conseguir o que quer. E o principal, ela acredita e tem uma fé inabalável nas pessoas, essa é essência da Anna e ela foi mantida lindamente na série. Amei isso! Jamais havia imaginado que fosse a Anna, a doce Anna, que incentivou David a ser quem é hoje. Realmente, a coragem e a inspiração vem de locais, de pessoas, inesperadas.


Não gostei da inserção da Bo Peep (Toy Story) na história, desculpem por isso. Tanto personagem, tanto vilão legal e colocam ela? No fundo acho que o real interesse dessa série é destruir infâncias. Só pode, mas a atriz interpretou bem o papel (o de açougueira também!) mas esse gancho foi o necessário para mostrar como Anna mudou a vida de Jesus Charming, e ver ela ensinando ele a lutar de espada foi super bacana, Joan (outro paralelo com o filme - o personagem do quadro que a Anna fala em Do you wanna build a snow man para quem não se lembra). Missão secreta que nos leva a ligação dela com Rumple, como eu desconfiei – certa em partes- ele surge como medida de “controle” para a magia de Elsa, só errei quem foi atrás dele para isso! Haha Porém, o "cajado" (posso chamar assim?! Não sei o nome daquilo)  da Bo Peep foi essencial para descobrirmos que Anna está viva e que agora a família do "I'll always find you"  vai achar ela também.

Paralelo a isso tudo, Elsa está fazendo baguncinha de neve na cidade. Ela fechou todas as saídas até que Anna seja encontrada, porém, as coisas ficam complicadas quando ela acaba, acidentalmente, cortando a energia local. Quando ela e Emma ficam presas na “pequena” fortaleza de gelo erguida por Elsa, a salvadora pode conhecer um pouco mãos sobre o que essa mulher misteriosa quer, porém, o frio incomoda a Emma, Elsa! (Confessem que quando a Elsa fala “It never borether me” vocês cantaram, né?! Confessem! Eu cantei!!) 

Ver Hook e Chaming trabalhando juntos para salvar a moça foi super bacana.  Chaming não estava muito convencido das verdadeiras intenções do pirata (e eu não posso julgá-lo por isso) mas todo o desespero e preocupação de Hook quando Emma fica presa com Elsa foi suficiente para convencer até a versão Jesus Cristo do Charming que ele a ama. O que existe entre CS é algo mais forte e mais bonito que apenas flerte (desculpe, SQ).  Acredito que agora as coisas entre eles avancem porque, se quase morrer não é suficiente para Emma perceber que as desculpas esfarrapadas e como ela está perdendo tempo são coisas bestas, é melhor o Hook partir pra outra. 

E olha quem voltou a governar o povo! Mary Margareth! Sim, ela voltou a governar o povo depois de assumir o cargo de prefeita após a renúncia de Regina (chateada estou) e depois de uma muita luta e alguns bate bocas merecidos, ela consegue restabelecer a energia da cidade. Agora, me deixem desabafar. Acredito que todos já tenham visto a cena deletada e o que eu digo é: Não sou obrigada! Uma cena tão linda, de uma Snow preocupada, perdida, pedindo até conselhos para a Regina (quem mandou umas patadas, mas tá perdoada <3) e eles cortam?! Achei ofensivo! Inclusive, apaga. Sobre a nova prefeita da cidade, o que seu senti foi: Snow estava mais do que apagada na série e precisavam achar alguma utilidade pra ela, mas não gostei disso. A prefeita sempre foi a Regina, tipo...sempre.  Sem mais Madam Mayor? Sério. Achei ofensivo. Sem mais Regina mandando em tudo naquele escritório que tem até o cavalo tão marca dela?! Não...Para. Volta. Traz a Regina de volta.


Para a prefeitura eu não posso , mas eu posso trazer ela de volta pra review. Nada se compara ao Henry sendo útil. Momento raro, momento lindo. Olha, eu já estava começando a ficar irritada porque todos estavam com medo que a Regina voltasse a ser a Evil Queen mas ninguém pareceu muito preocupada com como ela estava se sentindo realmente. As pessoas não pararam para pensar que era a segunda vez que ela perdia o amor da vida dela e, enfim, Henry escolhe fazer aquilo que sua família faz de melhor: Não desistir.

Regina pode desistir de si mesma, mas ele não vai desistir dela. E eu achei a cena muito bonita primeiro porque Henry tomou a iniciativa de ir atrás dela, mesmo ela dizendo que não queria, porque ele sabia que era o que ela precisava. Ela precisava de alguém que estivesse ao lado dela, sem julgá-la e que apenas visse que ela estava sofrendo. Quando Regina diz ao Henry na segunda temporada que ela queria que ele ficasse na casa porque ele QUERIA ficar e hoje ele volta dizendo que a casa é dele também e que ele sente falta o seu quarto, é um salto gigante tanto dos personagens como da relação mãe e filho que vem crescendo desde a segunda temporada e que, ao que parece, veio para se consolidar nesta quarta. Nunca vi Henry tão chateado com alguma coisa, e ver que isso era causado porque sua mãe pediu para que ele ficasse longe por um tempo, foi bacana. Porque mostra que eles estão extremamente ligados emocionalmente. E aquele abraço ao final, foi apenas o abraço que cada fã queria ter dado na Regina. Henry, pela primeira vez em muito tempo, representou os fãs.

Mas, o que fecha com chave de ouro esse episódio é a chegada dela: The Snow Queen is on! Sim, Ela foi introduzida ao final do episódio e só pela promo do próximo podemos constatar que ela chegará causando. Não Elsa, você não é a única com esses poderes e não acho que a Snow Queen queira aquele muro destruído, porém, ao contrário de Elsa, ela controla seus poderes. Será que veremos a Rainha do gelo e a Rainha do fogo lutando em algum momento!? Deixo aqui o meu apelo para que isso aconteça.


Os escritores tem feito um bom trabalho na parte de Frozen e o roteiro tem superado imensamente minhas expectativas, assim como as atrizes, porque além de Elizabeth, Georgina vem dando um show de interpretação para Elsa e suas inseguranças. Assim como Anna, ela se manteve fiel à do filme, e isso tem sido maravilhoso. Frozen realmente chegou com tudo, a quarta temporada veio com tudo. 

PS1: Lana diz uma fucking palavra e todo mundo chora. (Chora o recalque também, ela é diva. Aceitem que dói menos).

PS2: Corvo. Sério mesmo?! Storybrooke, mundo real e saudades celular. 

PS3: Tem uma pessoa com um vestido daqueles saindo da loja do Gold e ninguém fala nada? Ninguém da rua acha estranho?! Tá que é Storybrooke, mas pega leve, negada!

PS4: Ainda puta com a cena deletada.

PS5: tem uma OQ bem aqui morrendo com a promo do próximo episódio. Mandem os lencinhos de papel pra mim, passo o endereço por inbox, porque eu VOU chorar.

PS6: Desculpem o atraso, mas pesquisa e banca avaliadora foram duas coisas que me deixaram em pânico e tomaram meu tempo. 

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO

Reações:

Sobre o Autor

 
Top