Comentários
Michelle Louise Michelle Louise Author
Title: [REVIEW] OUAT: S04E04 - THE APPRENTICE
Author: Michelle Louise
Rating 5 of 5 Des:
E, como que para me fazer engolir tudo que falei na review passada, o episódio dessa semana veio focando na histórias de um dos princip...

E, como que para me fazer engolir tudo que falei na review passada, o episódio dessa semana veio focando na histórias de um dos principais personagens da série, com MUITO ship pra quem gosta e explorando um pouco mais de um dos plots que serão abordados nessa temporada (ou na primeira parte dela).

Finalmente, atendendo a mil pedidos, Zoso está de volta e veio para ajudar a firmar o plot de “Aprendiz de feiticeiro” na série. Muito provavelmente, se você conhece pouco – ou nada- dessa história algumas referências podem ter passado despercebidos por você. E sim, tiveram muitas delas. Se você não reparou no homem com capa vermelha varrendo o chão com aquela vassourinha especial, é porque você provavelmente não sabia que ele era O Aprendiz do filme Fantasia. Para quem não lembra, rapidamente, Fantasia é um filme da Walt Disney que reúne as histórias mais clássicas do universo da Disney, e entre elas, está “O Aprendiz de Feiticeiro”. Basicamente tudo começa com o feiticeiro Yen Sid trabalhando em sua magia usual  e seu aprendiz Mickey fazendo as tarefas diárias, porém, quando Yen se retira para seus aposentos deixando o seu chapéu de feiticeiro a vista, Mickey coloca o chapéu e tenta usar magia em uma vassoura. Ele comandou a vassoura para carregar baldes de água para encher um tanque o problema é que, satisfeito com o que tinha feito Mickey dorme e, quando acorda, o tanque está cheio de água e a vassoura não para de transportar água para lá. Desesperado, ele pega um machado para cortar a vassoura e, então, mais vassouras surgem a partir dos pedaços e tudo foge de controle, até que Yen consegue controlar a situação e Mickey devolve o chapéu a ele (apanha um cadinho também). 

Voltando para Once Upon a Time, O Aprendiz estava protegendo um objeto misterioso (não mais depois da revelação dele no 4x01 por Rumple), quando Zoso, o primeiro Dark One de qual nós temos conhecimento, tentar pegar a caixa e tem sua tentativa frustrada. Apenas quem rejeitasse a escuridão de seu coração poderia pegar e abrir a caixa, caixa esta que contém o Chapéu do Feiticeiro. E, bem, a necessidade de um coração puro para pegar a caixa é bem óbvia. O chapéu do Aprendiz,  é uma fonte de poder e magia. E poder, nas mãos de quem o coração em trevas pode ser perigoso. Como Rumple a abriu anos depois? Bem, isso são parágrafos a frente, aguardem por favor. 

Me perguntei como eles fariam a introdução de Fantasia na série porque O Aprendiz é o Mickey e, bem, ficaria um pouco bizarro isso na série. Mas, como já vemos por Robin Hood, nem sempre as representações são fiéis a este ponto. A referência Mickey fica clara quando o aprendiz, no passado, é transformado em um rato, pelo menos esse é meu ponto de vista.


Hook, que eu tanto vinha criticando, ganhou um plot – estranho e forçado em minha opinião- mas ganhou. A mão “amaldiçoada” veio a tona em meio aquele encontro que muitos esperaram muito para acontecer. Porém, a mão de Hook não estava amaldiçoado e Rumple não brincou quando disse que colocar uma mão que antes pertencia a um pirata egoísta, violento e sem escrúpulos traria problemas. Achei forçado uma mão ter tanto poder sobre uma pessoa, mas vou esperar o desenvolvimento do plot que, para mim, surgiu para tapar o buraco de alguém que tinha screen time em excesso e que não tinha história nenhuma que justificasse isso. Eu odeio plots jogados na minha cara que me engasgam na garganta. Eu não engulo muito fácil histórias baratas.

Falando em Hook, o encontro entre “A Dama e o Vagabundo” (Sim, teve mais esta referência) foi menos romântico que o esperado e isso foi uma decisão acertada. O encontro entre Emma e Hook serviu para firmar sim o relacionamento deles, mas principalmente, serviu para mostrar a questão da mão do Hook e inserir um pouco mais de Will Scarlet na história. A agressividade do pirata acaba sobrando para um bêbado Valete que invade a biblioteca para, então, agarrar o livro  Alice no país das maravilhas. E aqui, quem não viu OUAT in Wonderland, pode ter ficado meio perdido, em não saber que ele  amava a Rainha Vermelha na série. Não, não vi a série e não sei detalhes, sintam-se livres para me explicar essa parte da história porque não tenho tempo mesmo de assistir a série atualmente e seria bacana entender o relacionamento dos dois. Afinal, não jogariam o personagem de Wonderland em Storybrooke sem falar nada da história dele. 

Voltando a Emma e Hook, o encontro teve seu lado romântico e ver Hook querendo sua mão de volta para poder abraçar Emma com suas duas mãos foi lindo de se ver. Achei fofo e de uma preocupação sem tamanho. Querer segurá-la como ele sempre quis é um motivo digno para se ter ido atrás de Rumple, mas eu ainda acho forçado. Porém, ver Mary Margareth e David como pais preocupados, esperando a filha a noite para saber os detalhes – não tantos detalhes assim- do encontro com a filha foi fofo. É preciso lembrar que eles perderam essa fase da vida da Emma, a adolescência e saídas e primeiros namorados, então, tudo isso é novo para eles também. E ver Mary Margareth em seu momento “Olha minha filha que linda nesse vestido..pose pra foto, princesa” foi lindo! Eu Amei. 

Saindo de Storybrooke e passando por Arendelle, esse episódio soube melhor do que qualquer outro mesclar as duas histórias sem forçar para ninguém uma overdose de algum deles. Ficamos sabendo o real motivo da viagem dos pais das irmãs e, infelizmente, Elsa tinha razão. Seus pais a temiam. Procurar uma forma de tirar os poderes de Elsa era o real motivo e Anna fica sem reação e sem saber o que fazer sobre isso, afinal, ela havia viajado com a intenção de provar o contrário e acabou voltando com a mesma resposta com a qual tinha saído. Fato é que Anna está certa. Rumple usa o amor das pessoas como forma para conseguir o que quer.


Lembram de como eu disse, lá em cima, como ele consegiu abrir a caixa? Exato. Usando Anna e seu amor e seu coração bom. Rumple também tanta pegar a caixa, mas assim como Zoso ele falha, afinal, seu coração era banhado em trevas. Porém, o novo Senhor das Trevas faz um acordo com Anna em troca da informação que a jovem buscava, porém, o suposto acordo era um teste para ver se Anna realmente rejeitaria a maldade, e ela o faz. Ela não tem coragem para colocar a poção – que ela achava que mataria "o senhor"-  passa no teste de Rumple e ele, encanta a adaga com uma lágrima da moça para poder abrir a caixa. E Anna, justificando o porque dela ser minha personagem favorita de Frozen, consegue pegar a adaga do Dark One o obriga a mandá-la de volta a Arendelle, com a caixa junto, e ele não pode  machucar nem ela, nem sua irmã. Com a adaga o controlando, ele obedece. E, então, mais um enigma se instala: Se Anna levou consigo a caixa, como ela foi parar da casa da lua de mel em Storybooke?! Estou louca para ver a resolução deste plot. 


Na sessão, "Eu mantenho a série e estou jogada no mausoléu na família aparecendo em 5 minutos de episódio", Regina deu o ar da graça muito rapidamente – está difícil amar a série deste jeito. E a busca pela cura de Marian continua (mas pra que, né?! A marian fica tão bem de  azul, gente....acho que o frio não a incomoda não) E até Henry já percebeu que o beijo não funcionou porque Robin ainda está apaixonado pela Regina. Não, Regis! Ninguém precisa contar, é só olhar para a carinha de vocês que a gente percebe, sua linda!

Amei a ideia de Henry para descobrir sobre o Livro. Afinal, se tem alguém que sempre sabe de tudo é o avô do menino. Não Regina! Não o David, que é pior que o Jon Snow quando o assunto é não saber de nada sobre isso, e sim Rumple. E, me deixem dizer, ver Henry varrendo a sujeira (pra baixo dos balcões! Poxa, Henry! Nunca limpou a casa pra Regina não?! Sabe varrer, menino?!) com aquela vassoura clássica, já nos introduziu: em Once Upon a Time, Henry é o "Aprendiz", metaforicamente falando. O que ele descobrirá e aprenderá com Rumple?! São cenas, que eu aguardo ansiosa para os próximos episódios. 

Enfim, esse foi o episodio da série que conseguiu mesclar melhor os núcleos que a série possui (Storybrooke e Arendelle) e ainda conseguiu trazer para nós o filme Fantasia que, pelo visto, é mais importante do que eu mesma havia esperado. Está a série começando a engrenar?! Espero que sim, eu estou ansiosa novamente! 


PS1: Operation Mongoose >>>>>>>>>>>>>> Operation Cobra. 
PS2: Amei as referências contidas nesse episódio ♥
PS3: Sem Regina, Sem série. Vamos ver isso aí..
PS4: Mantenham o cabelo da Regina longo! Porque isso está ficando perfeito! 
PS5: Para o próximo episódio: Segura na mão de Deus e vai!
PS6: Para assistir o trecho de "O Aprendiz de feiticeiro" do filme Fantasia:  clique aqui.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO


Reações:

Sobre o Autor

 
Top