Comentários
Rayssa Rayssa Author
Title: [REVIEW] PERSON OF INTEREST - S04E03: WINGMAN
Author: Rayssa
Rating 5 of 5 Des:
Harold, o criminoso mais temido de Manhattan! Dando um passo de cada vez, construindo lentamente seus mecanismos de defesa e se ...


Harold, o criminoso mais temido de Manhattan!

Dando um passo de cada vez, construindo lentamente seus mecanismos de defesa e se preparando para o inevitável confronto entre o Samaritano e a Machine, Person of Interest vai trabalhando bem sua nova realidade.

Com a necessidade de discrição imposta pela constante vigilância do Samaritano, vimos nosso elenco ter que retornar a algumas premissas das temporadas iniciais, tendo que esconder suas identidades e se infiltrarem discretamente na vida dos números da semana.

E diante da profissão do Andre Cooper, sobrou para Fusco o papel de se aproximar do número. Gente, foi ótimo ver Lionel recebendo dicas de como conversar com mulheres, se portar, se vestir. Até porque o personagem tem sempre uma resposta ou comentário irônico para fazer.


Acabou que o desenvolvimento da história de Cooper foi bem mais ou menos, já que ele estava em perigo por causa de um crime cometido por um amigo em um antigo emprego (se ainda envolvesse o trabalho atual talvez a trama tivesse sido mais interessante). Nada muito original e, para falar a verdade, nem prendeu minha atenção.

Meu foco ficou dividido em Reese, ou melhor Riley, o detetive mais eficiente que a NYPD possui, e Egret, ou melhor Harol e Root saindo por aí comprando mísseis e armamento na mão da máfia.

Primeiro, fomos apresentados a nova capitã Moreno, que anda muito preocupada com o aumento maciço de homicídio nos últimos meses e colocou pressão no Fusco e no Reese para trabalharem.


Sinceramente, ela não colocou medo nenhum em mim, mas John ficou pianinho e todo preocupado em dar conta do serviço. E esta hora foi boa, seja ele "interceptando" emails para provar que o marido havia contratado um assassino profissional ou jogando os empregados uns contra o outros para conseguir uma confissão pela morte do chefe.

O cara chegou até dispensar a Shaw na busca pelo Lionel para atender aos pedidos da chefe, tendo que deixar Sameen tendo apenas Bear como parceiro. Gente, tem como não amar o Bear? Adoro ver ele brincando com a Shaw, mesmo que isto incomode o Harold.

Bom, Sameen serviu como um ótimo alívio cômico, colocando pilha no Fusco e soltando altos olhares durante a consultoria prestada por Cooper.


Enquanto isso tivemos Root pedindo um favor a Harold em nome da Machine, seguindo ordens extremamente absurdas e deixando a gente sem entender o motivo ou o que ela pretendia com um TF4 nas mãos.

Adorei a apreensão constante do Finch, seguido dos momentos de frieza que ele utilizou para interpretar Egret. Jerry ficou todo mansinho assim que percebeu a face ameaçadora do super assustador Harold, sem falar que a Root adorou esta nova versão do personagem.

Sério que eu estava perdida com qual era a missão designada pela Machine. Até porque na venda do míssil, no final do episódio, a Root parecia bem tensa. E se ela está tensa, dá impressão de que as coisas não estão nada bem. Por isso acabei assustando na hora que o Finch interrompe a venda e a Root dá uma de John no auge do seu homem de terno, atirando em todo mundo no joelho.


Agora o Team Machine já tem esconderijo, seus membros de volta, dinheiro sobrando e um arsenal bem respeitável. Agora é estruturar um plano e acabar com a raça de Greer, Samaritano e companhia!

E você, o que achou de "Wingman"? Aprenderam com Cooper como pegar mulher? Porque a explicação dele a respeito de roupas e salto alto foram ótimas. Prestaram bem atenção rapazes?

Obs: Impagável a expressão da Shaw quando ela foi cortada com a faca por aquele criminoso. Foi raiva com um misto de descrença que ligaram o modo ninja na garota. Sabe com quem você está falando?

Obs: Agora Sameen vai poder comprar sapatos melhores. Aproveita!


Melhores momentos:

"-Esta é a minha vida real, detetive. Não um disfarce de super-herói."

"-O balcão de maquiagem paga muito mal. Sabe o quão caro é um belo par de sapatos? Um crime."

"-Quer dizer ir disfarçado como um cliente? Não, Finch.
-Não se preocupe, Reese. Harold e eu decidimos que precisamos de alguém com mais habilidades sociais e menos gel de cabelo."

"-Acho que sei quem matará o nosso cara.
-Quem?
-Eu."

"-Acha que andar de salto é confortável? 
-Nunca pensei nisso.
-Deve doer para caramba. E por que elas usam mesmo assim? Porque os homens gostam. Então vamos respeitá-las...e mostrar que você também sabe se esforçar."

"-O que vamos fazer com isso?
-Não sei ainda. Mas estou gostando muito desse seu novo lado, Harold. É bem inesperado."

"-Bom, aquilo foi um desastre. Mas eu já ouvi que há culturas onde derrubar bebida é um ritual de acasalamento.
-E eu estava começando a não te odiar."

"-Parece que você fechou outro caso. Continue assim e ganhará aquele conjunto de facas."

"-Está se sentido meio exposta por possuir um míssil antitanque no meio de Manhattan, ou sou apenas eu?
-Não se preocupe, o Samaritano não vai procurar por um professor com uma TF4.
-Não é com o Samaritano que estou preocupado.
-Então com quem?
-Segurança Nacional, NYPD, um agente de trânsito desconfiado."

"-Pensei que Egret seria mais...fodão. Você tem aquela reputação, sabe? Mas não me parece fodão.
-Isso é porque só tenho dois modos de agir, Jerry. Calmo e furioso. É raro alguém presenciar o último e viver para contar a história."

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO

Reações:

Sobre o Autor

 
Top