Comentários
Maluci Vieira Maluci Vieira Author
Title: [REVIEW] REIGN - S02E02: DRAWN AND QUARTERED & S02E03: CORONATION
Author: Maluci Vieira
Rating 5 of 5 Des:
Esse episodio foi praticamente sobre o rei que Francis escolhe ser. Muitos o testam e no fim ele demonstra ser o tipo mais interessante...

Esse episodio foi praticamente sobre o rei que Francis escolhe ser. Muitos o testam e no fim ele demonstra ser o tipo mais interessante, aquele que é esperto. Não tem medo de encenar e se passar por outro tipo de pessoa, afinal, na corte as pessoas sobrevivem das aparências. O mais importante é o que você faz por aqueles que você gosta, mesmo que só vocês dois saibam disso. Foi assim tanto na relação de Mary e Nostradamus, como com o casal Mary e Francis. 

A primeira decisão de um rei não deve ser ir contra os seus lordes nobres, mas Narcisse não ajudou nessa tarefa. Um homem com poder, raiva e influência, pode ser realmente perigoso quando tem o seu filho tirado de si. “Mary - Eu deixei a minha raiva tomar conta de mim. Narcisse - E a minha? Ele era o meu filho!”. Nesses casos sempre sobra para o mais fraco, tadinho do nosso homem sem barba. Espero que a viagem o faça ficar sem tempo e condições de fazer a mesma. Agora a hastag é #voltaNostradamus

Greer foi meio boca aberta nesse episódio, apenas sendo destrutiva com tudo ao seu redor , para Leith as coisas não foram melhores, teve mais uma maré de azar, esse sim é um casal amaldiçoado. Lola tem sido bem razoável, não explodiu, soube o seu lugar e teve bom senso, até mesmo ajudou Mary. Até quando essa calma vai durar, eu não sei. Um que não anda tendo muita paz é Francis, todos os demônios, puras consequências de seus atos, parecem estar aparecendo no mesmo momento. Será que o tipo de rei que ele vai ser é o mesmo do seu pai, Rei Louco? 

S02E03: CORONATION 


Long live the King! Long live the Queen!

A ultima cena do episódio anterior assustou a todos e não ficou por aí, logo vimos que Francis não lida bem com peso na consciência e prefere ter coisas que lembram os seus atos bem longe de si. A coroação foi um plano de fundo bonito para toda a desgraça que acontecia simultaneamente. Ostentação e fome são duas coisas que parecem não fazer sentido no mesmo lugar, mas esse foi um episódio repleto disso.  

Ameaças, pressão, escolhas difíceis e jogo de poder, além de muito medo e insegurança. Assim é que uma crise ocorre, com algumas pessoas assustadas e com outras pessoas que gostam de se aproveitar desse momento. É necessário muita calma para fazer as escolhas certas e sorte para sair tudo como o planejado.  

“She is my Queen”. Pronto, deu para esquecer todo o machismo até ali. “Majestades” 
Acordos desesperados surgiram de todos os lados, até mesmo Kenna fez um, mas o dela foi o mais puro puramente idiota, ela já é bem grandinha para entender que o novo posto do marido ia gerar algumas mudanças e nem todas iam ser boas. Bom que Bash deixou claro a importância de apoiar o parceiro. Essa foi a lição que Francis e Mary também discutiram, sobre não ser uma arma contra o seu conjûge. Falando nisso, Francis deveria saber que nunca deve levantar  uma arma para o seu convidado.  

Sorte que após toda a bagunça as coisas se resolveram e com o desenrolar do plot entendemos que nem o Conde, muito menos Narcisse, vão deixar a corte tão cedo. Pelo jeito um tomou o lugar de Bash, cheio de fortes convicções e o outro o lugar de Henry, entendendo os jogos de Cath. Mas será que o Conde é só mais um homem manipulado por Mary ou será tudo um plano? Não duvido de mais nada. Porém, provavelmente, ele só vai gerar um estresse para Francis no fim das contas e compensar a presença de Lola. 

P.S.: O cabelo da Mary está enorme! 

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top