Comentários
Yara Oliveira Yara Oliveira Author
Title: [REVIEW] THE VAMPIRE DIARIES - S06E03: WELCOME TO PARADISE
Author: Yara Oliveira
Rating 5 of 5 Des:
Stefan is back! Bonnie is Back! Elena is...sendo a Elena The Vampire Diaries sempre teve a incrível capacidade de reunir o sob...


Stefan is back!
Bonnie is Back!
Elena is...sendo a Elena

The Vampire Diaries sempre teve a incrível capacidade de reunir o sobrenatural com problemas mundanos, não parecia estranho ver a Elena namorando um vampiro, fugindo de um Original psicopata e lidando com sua cópia do mal e ainda tendo que se preocupar com suas notas na escola.
Depois de uma quinta temporada cheia de mitologias novas e mal explicadas, o tempo para essas ações mais convencionais foi se encurtando e nessa sexta temporada estão tentando retomar com a antiga fórmula.
Infelizmente o que funcionava nas três primeiras temporadas, não funciona mais, os roteiristas mudaram, as personagens tomaram rumos -tecnicamente- mais maduros e principalmente, boa parte do público da série, envelheceu com ela, a trama "Teen" não tem mais o mesmo efeito e esse é exatamente o problema de "Welcome to Paradise".




Na series finale de True Blood (não, eu não estou confundindo a série), depois de um massacre, a população de Bon Temps resolve fazer uma festa para melhorar os ânimos, a única humana que não veio da cidade achou toda a situação absurda e resolve ir embora de Bom Temps. Em "Welcome to Paradise" a estratégia é basicamente a mesma, depois de toda a loucura de mortes e ressurreições Elena resolve que todos deveriam ir na festa do lago na fronteira de Mystic Falls.
Na festa temos o encontro entre Enzo, Stefan e Caroline (depois do "Jantar do inferno"), onde parecem tentar trazer o Stefan de vota como protagonista tirando o destaque de Enzo (o que não funciona muito bem), mas já houve uma ótima evolução. Enquanto os conflitos importantes acontecem na festa, Elena tenta reunir os amigos "como nos velhos tempos", mas assim como os fãs de The Vampire Diaries, eles não são mais os mesmos. Matt finalmente descobre que o grupo de seguranças para qual ele é voluntário, é muito mais do que parece, então ele tem alguns segundos dramáticos e dá lugar para a narrativa sem graça de Tyler e Liv, que parece uma desculpa para manter esses atores no elenco.




Enquanto no mundo dos vivos, nada de muito divertido acontece, Kat Graham e Ian Somerhalder, tem mais química se odiando em cena, do que Nina Dobrev e Paul Wesley jamais tiveram em várias temporadas de amor profundo. Quando nós esperamos que alguma coisa faça sentido no... NÃO other side (?), um personagem novo é inserido na trama, Kai, faz a narrativa andar e agora podemos esperar um desenrolar acelerado e talvez mais explicações.
E como eu disse na crítica anterior, aos poucos a temporada começa a tomar forma, MAS BEM AOS POUCOS MESMO!


Reações:

Sobre o Autor

 
Top