Comentários
Isa Campos Isa Campos Author
Title: [LIVROS] HOLOCAUSTO BRASILEIRO: VIDA, GENOCÍDIO E 60 MIL MORTES NO MAIOR HOSPÍCIO DO BRASIL
Author: Isa Campos
Rating 5 of 5 Des:
Quem é de Minas sabe da fama de Barbacena: lá é terra de doido. E essa fama é devido ao hospício conhecido por Colônia. O que poucos sa...

Quem é de Minas sabe da fama de Barbacena: lá é terra de doido. E essa fama é devido ao hospício conhecido por Colônia. O que poucos sabem é o genocídio ocorrido por lá. Nesse livro-reportagem de Daniela Arbex ela conta várias histórias sobre maus tratos, descaso e até um pouco de esperança em meio a tão triste história que muitos tentam que seja esquecida.

O nome do livro não é nenhum acaso. Assim com na Europa nazista, as pessoas eram mandadas para o Colônia em trens, os famosos "trem de doido". Se hoje a expressão tem conotação positiva, ela antes foi usada por Guimarães Rosa para designar os trens rumo ao "inferno" que era o hospício. E se o alvo dos nazistas eram principalmente os judeus, homossexuais, negros e ciganos, em Barbacena os escolhidos eram os rejeitados pela sociedade. Menos de 20% de quem era internado no hospício apresentava realmente problemas mentais. A maioria era de prostitutas, mães solteiras, pessoas que apresentavam comportamentos homossexuais, até pessoas cujo único diagnóstico era timidez.

Essas pessoas eram jogadas no manicômio, onde a comida era podre, insuficiente e parecia uma ração de porcos. Eram privados de roupas, camas, ou qualquer tipo de dignidade. Além disso, sofriam torturas por choques elétricos e banhos gelados, em uma das regiões mineiras mais frias. Torturas disfarçadas de tratamento de doenças. O livro de Daniela mostra que a maioria das pessoas nem sabia o porquê de estar ali. E quem morria ainda tinha o corpo vendido a diversas faculdades de medicina no país.

É um livro bem escrito, que choca com relatos e fotos da década de 70 (que foram publicadas, chocaram a opinião publica e foram novamente esquecidos). A cada página são mais de 100 anos de mortes que poderiam ter sido evitadas, além de maus tratos totalmente desumanos. O mais importante do livro é nos levar a uma reflexão de como isso aconteceu, e pode acontecer novamente. Já que a sociedade continua a querer excluir quem eles acham que não se encaixa em seus padrões. Embora seja uma leitura um pouco pesada, devido ao teor das denúncias, é um livro que deve ser lido. "Devemos estudar história pra refletirmos sobre o presente e não repetir os mesmos erros do passado."




AUTOR: Daniela Arbex
NÚMERO DE PÁGINAS: 255
EDITORA: Geração
LANÇAMENTO: 2013



Reações:

Sobre o Autor

 
Top