Comentários
Ayla Aguiar Ayla Aguiar Author
Title: [REVIEW] BONES S10E05 – THE CORPSE AT THE CONVENTION
Author: Ayla Aguiar
Rating 5 of 5 Des:
Bom, esse episodio trás um caso diferente: nossa amada equipe vai para uma convenção de antropologia forense e com o lançamento de nova...

Bom, esse episodio trás um caso diferente: nossa amada equipe vai para uma convenção de antropologia forense e com o lançamento de novas tecnologias dentro da área, tendo a Brennan como principal palestrante. Só que ocorre um assassinato dentro desse evento, o que leva a equipe a investiga-lo e a palestra ser adiada, e os integrantes da convenção a tentar faze-los usar os produtos ali mostrados.


O caso foi bem interessante, teve uma pegada diferente. A vítima assassinada tinha um passado com o Hodgins, o que já me deixou em estado de alerta. Acho que foi a terceira vez que ele é acusado de assassinato, já que as evidências apontam para ele. Ao mesmo tempo que isso me dá uma agonia, pq né, ele é um dos meus favoritos e não merece, me encheu de orgulho ver que o Booth fez a parte dele como chefe e agente do FBI e também acreditou totalmente quando o Hodgins fala que não foi ele, pq ele já passou por isso e sabe como é. E acho que de certa forma ninguém chegou a acreditar que ele era o culpado.

Agora, além disso, eu amei esse episodio por dois outros motivos, e o primeiro foi que começou com uma Brennan nervosa, achando que não irá ser tão bem aceita na palestra, pois não tem um discurso que todos entendem, e quer começar a palestra de forma descontraída, pra aliviar o clima, e o Booth não consegue entender a piada do gato de Schroedinger, ele acaba por dá outra opinião de piada, e que ela não entende e acha que ninguém vai rir na hora, e a situação acaba por piorar o nervosismo. É bom demais ver a Brennan nervosa uma vez na vida sobre um assunto que ela domina, e isso ajuda demais a humanizar ainda mais a personagem (sim, eu amo a Brennan de qualquer jeito, mas tem fãs da serie que acha chato demais ela ser sempre tão extremamente confiante, e confesso que me dá um pouco de agonia às vezes, mesmo sabendo que é da personagem).

Outra coisa foi a saída um pouco da zona de conforto logo no começo da investigação: eles ainda estão na convenção e dois dos integrantes estão tentando chamar a atenção com seus inventos, para ajudar a equipe. Eu achei muito legal isso, eles terem essa pegada mais uma vez na serie. E o legal: todo da equipe de alguma maneira tem fãs ali dentro, até a Ângela, e juro que eu rir quando o Hodgins tenta leva-la adiante, e ela diz que não, que era pra pessoa continuar a falar. Ela ficou toda besta. Achei muito fofo.

Sobre a investigação: outra coisa diferente nesse episodio foi o jeito que eles conduziram, sei lá, foi diferente das normais, e acho que foi porque eles usaram outras tecnologias. Não sei explicar, só que foi diferente e bem legal. Achei bem digno. E assim, acho que é a primeira vez que falo algo do tipo, mas achei bem feito ter morrido, não do jeito que morreu, mas enfim, partir dessa pra melhor, só pelo fato de que a criatura era uma bruxa sem caráter nenhum, que se aproveita dos outros para roubar as ideias e sair milionária. Não gente, não, pra mim não desce gente desse tipo. 


E o final, em que a Brennan conta as duas piadas, a dela, onde todo mundo entende e ri, e a do Booth, e todo mundo fica com cara de "Que? Não entendi/Não deu certo hein!", e o Booh rindo sozinho. Mas o que eu mais gostei foi meio que o o dialogo silencioso da Brennan dizendo "Eu disse, ninguém ia gostar", e a cara de orgulho do Booth, querendo dizer "Mas você falou, o que já me deixa orgulhoso." Adorei esse finalzinho, super fofo. 

P.S: Rapidinho, só eu que notei que a Brennan está com umas mexas de cabelo branco? Gente, achei muito bom isso, deu um toque para a personagem maravilhoso. Ela ficou ainda mais bonita.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top