Comentários
Carolina Carli Carolina Carli Author
Title: [REVIEW] CHICAGO FIRE - S03E08: CHOPPER
Author: Carolina Carli
Rating 5 of 5 Des:
Tensão, agonia e zumba! Esse é um daqueles episódios que representam fielmente Chicago Fire e comprovam a qualidade que a série tem. O...

Tensão, agonia e zumba!

Esse é um daqueles episódios que representam fielmente Chicago Fire e comprovam a qualidade que a série tem. O caso foi minuciosamente pensado, de forma que os produtores conseguiram recriar todas as consequências que a queda de um helicóptero pode trazer. Apesar de não explorar o plot de nenhum personagem em específico, Chopper cumpriu seu papel de prender a atenção do telespectador e de ser um episódio extremamente envolvente.

Quando acompanhamos algum resgate, sempre ficamos imersos em um mar de aflição. O sentimento fica mais intenso se os bombeiros e paramédicas também estiverem correndo perigo e foi exatamente isso que aconteceu nesse episódio. Ao mesmo tempo em que a brigada 51 precisava salvar as vítimas, eles estavam em situação crítica e isso aproxima a série da realidade que os bombeiros enfrentam todos os dias.

Foi muito bonito ver o Hermann acalmando a mulher que estava presa debaixo da hélice do helicóptero. Ele é um personagem que tinha me incomodado um pouco no começo dessa temporada e que no geral, às vezes irrita pela sua prepotência. Mas foi brilhante ver a sua sensibilidade no atendimento a vítima e sua postura tranquilizadora. Serviu para diminuir um pouquinho a estranheza que algumas pessoas têm com o personagem.

Fiquei com o coração partido com a situação do Boden, simplesmente porque se tratando de Chicago Fire, vem mais drama por aí e eu não ficaria impressionada se a Donna morresse no meio do parto. Espero que isso não aconteça porque seria pisar forte em cima dos nossos corações, mas já estou me preparando para esse plot seguir caminhos dolorosos. Fugindo um pouco da agonia, foi lindo ver os olhinhos do Chief brilhando quando ele descobriu que o bebê era menino.

Agora, eu sabia que essa esposa do Severide não era coisa boa. Tudo bem que ela perdeu a irmã, foi um processo torturante e ela sofre muito ainda por isso, mas não justifica a postura pegajosa que ela teve. Primeiro, porque não faz nem um mês que ela conhece o Severide e eles estão casados. Foi tudo extremamente rápido e no calor da emoção. Segundo, ela vai mesmo aparecer em todas as chamadas que o bombeiro estiver atendendo? Essa atitude dela está mais para alguém louca e psicótica e eu tenho a sensação de que o Sevelindo vai passar sufoco com essa esposa.

No mais, a mensagem geral que Chopper passa é de conscientização. Com toda essa modernização da tecnologia pela qual estamos passando e o acesso aos drones, Chicago Fire alerta e mostra como uma atitude, a princípio inofensiva, pode causar grandes estragos.

PS: Colocar todo mundo na aula de zumba foi genial. Depois de um episódio tenso como esse, pudemos rir aliviados com o desfecho feliz do caso.

E vocês, o que acharam do episódio?

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top