Comentários
Rayssa Rayssa Author
Title: [REVIEW] ELEMENTARY - S03E01: ENOUGH NEMESIS TO GO AROUND
Author: Rayssa
Rating 5 of 5 Des:
"Eu entrei em uma briga de bastão com alguém chamado Kitty." Elementary voltou com tudo! Confesso que a 2ª temporada me d...

"Eu entrei em uma briga de bastão com alguém chamado Kitty."

Elementary voltou com tudo! Confesso que a 2ª temporada me deixou com muita preguiça da série, não só porque a trama envolvendo Mycroft não funcionou de jeito nenhum, como também pelo fato de não termos tido um Season Finale igual ao primeiro ano. É, Irene Adler me deixou muito mal acostumada e eu cismei que queria ver algo de um jeito. Quando não aconteceu, fiquei chateada com Elementary.

Por isso cheguei cheia de cautelas para ver a Season Premiere. E que surpresa! E maravilhosa, por sinal. A série conseguiu se reinventar, demonstrando que já existe um mistério, que deverá permear toda a temporada, como também criando uma nova dinâmica entre os personagens. Terminei "Enough Nemesis To Go Around" muito feliz e satisfeita, encarando com um otimismo o terceiro ano da série.

Sem mais delongas, vamos ao episódio. Adorei o salto temporal, o qual serviu para que a história começasse com um novo ângulo, o qual aprovei totalmente. Adorei a nova Watson, mais determinada, dona de si e investigadora particular autônoma. Sem falar do seu brilhantismo junto à NYPD. E o fato dela ter ficado obcecada com Elana também foi bom. Aliás, a Joan de um ou dois anos atrás não teria recebido uma ameaça de morte e lidado bem com a situação como aconteceu.


E o melhor parte do caso envolvendo a nova chefe do cartel, foi que ele funcionou muito bem em segundo plano. Afinal, depois de oito meses, estávamos mais interessados no que tinha acontecido durante este tempo, do que com algum assassinato. Embora a explicação para ele tenha sido muito criativa, bem estilo Elementary. (Matar alguém com um ímã, onde já se viu?)

Holmes voltou (de forma bem murcha, eu reconheço) e se ele saiu do MI6, foi demitido ou ainda está a serviço dele em Nova York, ainda não sabemos. Claro que Sherlock não ia realmente contar a verdade, então por hora especulemos.

Aliás, ficou bem claro que Holmes voltou para Nova York por um motivo bem específico. Ele tem alguma objetivo, o qual envolve Kitty de alguma forma.

Ah, falando em Kitty, vamos discutir um pouco a nova protegida de Sherlock. Primeiro, adorei a luta entre ela e Watson. Até porque na hora que ela puxou o bastão, ficou óbvio que ela estava de alguma forma ligada à Holmes e não à Elana.

Mas na hora que ela diz para Joan que era a nova parceira do Sherlock e ficou aquele silêncio chocante, eu soltei um "uuuuuuu". Sabe aqueles que você solta quando fica uma situação bem estranha entre amigos e você tenta quebrar a tensão?


Enfim, eu adorei a nova adição ao elenco. Não só porque Kitty vai dar uma nova perspectiva à relação Watson-Holmes, mas porque ela está apenas começando a ser ensinada. Uma das coisas que ficou chato em Elementary foi a rapidez com que Joan aprendeu os truques de Sherlock, retirando um pouco desta parte de explicação da trama, que era essencial para os telespectadores compreenderem o episódio e que tornavam os casos tão interessantes.

Por isso foi engraçado ver Holmes jogando todos os arquivos no chão e mandado Kitty organizar novamente. E ouví-la gritando que está algemada a uma cadeira. Sem falar que ela faz parte dos planos de Sherlock, o que aumenta ainda mais o interesse na personagem.

Quanto a Bell e Gregson não tenho muito o que acrescentar. Bell parece já ter se recuperado totalmente do tiro da temporada passada, ao passo que o discurso de Gregson falando que sua relação com Sherlock era basicamente um meio para chegar a fim não me convenceu. Você gosta do Holmes sim, só ficou chateado com sua ida.

Agora, o que me incomodou neste episódio foi a postura da Watson. Sério? Ela está toda ofendida com a ida repentina de Sherlock para Londres, quando foi o maior combustível para que isto acontecesse? Primeiro ela dorme com Mycroft, quando Holmes especificamente pede para ela não faça isso. Depois ela fala que vai embora, mesmo Sherlock pedindo que ela fique. Ainda assim ele faz de tudo para salvá-la quando ela é sequestrada. Aí, para melhorar, ela quase faz o cara ter uma recaída e vem achando que tem direito de ficar com este nariz em pé? Peralá, minha filha.


Claro que o bilhete com cinco frases que o Holmes deixou não foi legal, mas se formos comparar quem mais machucou o outro, Joan está na frente de Sherlock com distância. E não, cuidar de Clyde não compensa nada disso.

Mas enfim, não sei se vocês concordam com as minhas impressões. De qualquer forma, voltei a me empolgar com Elementary e acho que desta vez teremos uma temporada mais centrada, onde os roteiristas estão delineando uma trama bem mais sólida do que nos anos anteriores. Aliás, este Season Premiere provou que a série tem fôlego sim para mais histórias e mal posso esperar pelo o que estar por vir. Só fiquei empolgada deste jeito antes quando descobrir que Irene Adler era na verdade Moriarty.

E você, o que achou de "Enough Nemesis To Go Around".

Obs: Namorado novo da Watson só fez aparição mesmo. Mas imagino que a intenção foi apresentá-lo e mostrar mais uma novidade desta nova temporada.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO

Reações:

Sobre o Autor

 
Top