Comentários
Mariana Ribeiro Mariana Ribeiro Author
Title: [REVIEW] FAMILY GUY - S13E04: BRIAN THE CLOSER
Author: Mariana Ribeiro
Rating 5 of 5 Des:
Depois de um episódio centrado em Joe e outro em Lois e Peter vimos o primeiro sobre Brian dessa temporada. Claro que se tratando de ...

Depois de um episódio centrado em Joe e outro em Lois e Peter vimos o primeiro sobre Brian dessa temporada. Claro que se tratando de um episódio como esse, as coisas provavelmente fugiriam um pouco do comum e revelariam o imenso ego do nosso cão intelectual. Nesse episódio, Peter e Brian acabam brigando por um pedaço de corda que este costuma mastigar, o que resulta em um grave acidente que deixa Brian sem dentes e com o nariz e maxilar quebrados, parecendo um elefante. 

Quanto algumas das piadas do episódio, já que constituem a essência da série, foram a de Peter se tornando Smeagol/Gollum na sua obsessão com a corda, assim como na obsessão da personagem das obras de Tolkien pelo anel. Também surgiu, logo no começo, uma piada sexual enquanto Brian e Peter assistiam à Televisão e também outra em relação à própria estrutura da série, quando Chris faz feio em uma tentativa de flashback. Assim, no mesmo episódio vemos uma variedade de trocadilhos de todos os tipos, o que é o motivo pelo qual a série se tornou interessante em primeiro lugar. Todos couberam em bons momentos, o que tornou o ritmo do episódio tranquilo, sem arrastar demais uma situação só. Isso porque, também, Quagmire acaba pagando o tratamento de Brian no dentista, o que deveria tornar Brian agradecido, mas surte efeito contrário.


Com seu novo sorriso, Brian se torna um agente imobiliário e acaba convencendo qualquer um a comprar qualquer espelunca que queira vender, e isso inclui Quagmire. Aliás, devo dizer que os agentes foram bem criticados nesse episódio, e foi através deles que Brian mostrou sua verdadeira face aproveitadora que estamos acostumados a ver, apesar de se dizer tão liberal e defensor das boas causas. Nisso Brian até mesmo vende uma casa para Jason, o assassino de Crystal Lake. E, obviamente, não poderia faltar uma certa ironia direcionada às celebridades, e dessa vez foi com Ice-T que não mudou nada ao longo dos anos. 


Em geral, o episódio, apesar de ser construído dentro de um padrão já conhecido, trouxe uma mistura de trocadilhos que não tendem para nenhum lado em particular, e não o deixaram, assim, cansativo ou com algumas piadas que por vezes nem mesmo são entendidas. O ritmo foi bom, o episódio não se arrastou fazendo com que contássemos o tempo para ver quanto faltava para terminar, e na verdade, creio que foi melhor que os dois últimos. Se fizermos um retrospecto até agora, a temporada iniciou muito bem, caiu de nível e vem subindo devagar, o que vem sendo um bom sinal para a continuidade da série. Fora o fato de que Stewie (a.k.a: diva da série) não deu muito as caras nesse episódio, posso dizer que foi o melhor até agora tirando o crossover, e deixa no ar expectativas para episódios ainda melhores e com o gostinho ácido mas sutil, característico de Family Guy
Reações:

Sobre o Autor

 
Top