Comentários
Ayla Aguiar Ayla Aguiar Author
Title: [REVIEW] FOREVER S01E08 – THE ECSTASY OF AGONY
Author: Ayla Aguiar
Rating 5 of 5 Des:
E temos aqui um caso que me fez ter infinitas reações e emoções durante o episodio: o caso traz a morte de um empresário rico, bom mari...

E temos aqui um caso que me fez ter infinitas reações e emoções durante o episodio: o caso traz a morte de um empresário rico, bom marido e pai de família exemplar, aparece morto em um esgoto e o Henry descobre marcas de chicote pelo corpo da vitima. Acaba-se descobrindo que a vitima usava de sessões de dominação por uma mulher (mais conhecido como sadomasoquismo) para saber abaixar mais a cabeça e ouvir as pessoas.

Uma das frases do Henry na autopsia do corpo é a seguinte “Existe uma linha tênue entre a dor e o prazer”. E muitas pessoas gostam de usar desse artificio tanto para relaxar quanto para o que essa vitima queria. Saber lidar com o estresse emocional do trabalho, aliviando com dores físicas, pois ela ajudava da forma em que eles iam até ficarem extremamente vulneráveis e assim saberem como aguentar as pressões. Pelo menos foi o que eu entendi.


Enfim, falando do caso, acho que nunca ri tanto do Henry e da Jo, e nunca fiquei com tamanha vontade de abraçar o Henry, e levar pra casa. Porque ao longo das descobertas das pistas, o Henry se apega de algum modo com a suspeita principal (a tal Dominadora), e acaba indo a casa dela, pra avaliar os métodos, e nunca esquecerei a cara da Jo quando o viu lá (ela e o outro detetive, que sempre esqueço o nome, acharam uma pista que ligava a suspeita ao assassinato). 

Cara, eu gostei muito da suspeita, e graças a Deus ela não era a assassina, porque de alguma forma eu me solidarizei com ela, sei lá porquê. Mas não me convenceu a queda do Henry nela, não, parem que ficou feio viu. E ao longo do episodio, provas surgiram para inocentá-la, provando que o assassino era um louco obcecado pela dominadora, pois de alguma forma doentia, ele achou que a Iona (nome artístico da principal suspeita), era dele, e demais ninguém, e por isso ele acabou matando o cara, já que para o assassino, a vitima e a Iona estavam tendo um caso.


Enfim, sobre os plots secundários: aqui fica a minha vontade de abracar eternamente o Henry, porque a traição que a mulher dele cometeu contra o próprio não se faz, mesmo eu a entendendo. Mas doeu viu. Aquilo doeu. E o outro plot foi o do Abe: pensei que ele fosse embora mesmo, mas né. Agora sobre o final: lado fangirl e shiper foi ao infinito e além com a Jo preocupada com o Henry no final, por causa do tortura que ele sofreu nas mãos do assassino, e eu quase dou no Lucas na cena final, porque justo quando o Henry ia contar pra Jo sobre o segredo dele .... o cara me aparece. Sério isso gente, sério. 


Reações:

Sobre o Autor

 
Top