Comentários
Rayssa Rayssa Author
Title: [REVIEW] GRIMM - S04E02: OCTOPUS HEAD
Author: Rayssa
Rating 5 of 5 Des:
É isso que dá sair por aí roubando as memórias das pessoas. Nada melhor do que uma justiça poética, não é? Pode confessar que você ...

É isso que dá sair por aí roubando as memórias das pessoas. Nada melhor do que uma justiça poética, não é?

Pode confessar que você também achou que após o segundo episódio, Grimm retornaria a sua costumeira normalidade e aos casos semanais. Que o procedural seria conduzido com lentidão, que as consequências demorariam a aparecer.

Pois é, Grimm me enganou também. E de forma extremamente positiva. Mostrando mais uma vez como o roteiro da série melhorou, Grimm não deixou nada voltar ao normal, já colocando mais lenha na fogueira e aumentando a confusão na vida de nossos personagens.

Primeiro, vamos falar da mãe do Sean. É claro que a melhor explicação para a identidade da mulher misteriosa no final da Season Premiere teria que ser Elizabeth. E claro que eu fiquei me questionando sobre o quão jovem ela parecia, então obrigada pela justificativa, Renard.


Tirando o efeito bem fraquinho na hora que ela salvou a vida do Sean, sua aparição traz muitas possibilidades para a série. Não só ela é uma personagem cercada de mistérios, mas o fato dela estar ligada diretamente à Realeza e ser uma Hexenbiest vai ajudar muito neste ponto de Grimm. Imagino que ela saberá como reverter o feitiço de Adalind, uma vez que Monroe e Rosalee não parecem saber como fazê-lo. E nem se devem fazê-lo, depois do pedido de Juliette.

Falando em Adalind, eu estou até agora chocada com tanta burrice. Sério que ela fez loucuras para recuperar seus poderes, manipulou metade da Família Real, conseguiu fugir deles e proteger a filha. Conseguiu tirou os poderes do Nick. E me cai na mentira de Viktor, virando agora sua prisioneira. Sério?


Estava tão na cara que aquele lugar era um calabouço com celas de prisão, que eu quase desanimei da trama da personagem. Até no final, quando vimos sua dor de cabeça. E a do Nick. Pois é, gente, parece que o feitiço criou uma espécie de ligação entre as mentes dos dois. O que isto significa e como será usado ainda é muito cedo para especular, mas gostei desta informação.

Por outro lado, Trubel tem achado que é badass igual o Nick e pode sair por aí seguindo Wesens e fazendo trabalho de policial. E quase teve sua memória apagada. Esta ainda tem muito o que aprender. E pior, mal saiu desta confusão e já foi capturada pela Agente Chavez.


Trubel atrai realmente confusão, não tem jeito. Só o que não ficou claro é por que o interesse de Chavez em identificar o Grimm. Será que ela trabalha para a Família Real? Ou para outra pessoa? Porque ela não parecia ter certeza que o Grimm era o Nick, a ponto de testá-lo. Então a gente percebe que suas informações são limitadas. E o que ela quer com Trubel, no final das contas?

A única parte boa da trama envolvendo o Wesen Gedachtnis Esser (ou Cabeça de Povo, como apontou o título do episódio) foi vê-lo provar que o feitiço vira contra o feiticeiro. E que ele ficou aterrorizado com as memórias de uma Grimm. Bem feito, nada como uma justiça poética para animar um episódio.

Enquanto isto, Wu está querendo respostas. E não sei quanto tempo mais Hank, Nick ou Trubel conseguirão evitar suas perguntas. Mas a questão é: a verdade irá acalmá-lo ou aterrorizá-lo ainda mais?

Grimm entregou mais um excelente episódio, aumentando as expectativas para esta 4ª temporada. E vocês, o que acharam de "Octopus Head"?


PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO

Reações:

Sobre o Autor

 
Top