Comentários
W.H. Pimentel W.H. Pimentel Author
Title: [REVIEW] MARRY ME - S01E03 - SCARY ME
Author: W.H. Pimentel
Rating 5 of 5 Des:
Ai que amorzinho! Marry me se tornou mais uma delícia de acompanhar nessa fall season , e a ordem adicional de episódios (aumentando a ...
Ai que amorzinho!

Marry me se tornou mais uma delícia de acompanhar nessa fall season, e a ordem adicional de episódios (aumentando a temporada de 13 para 18) só me fez querer mais e mais momentos fofos e hilários como esses que vêm acontecendo na série.


Em todos os cantos eu consigo encontrar bastante haters de Marry Me e eu apenas os ignoro, afinal, eu amo a comédia e ninguém vai me fazer pensar o contrário, não importa o que aconteça. Em seu primeiro episódio, a comédia simplesmente me deu um ataque de risos quase infinito, e por mais que tenha caído a qualidade do segundo, certamente se manteve no terceiro. Eu adorei o episódio de halloween e não quis que acabasse.

Tivemos a introdução de uma personagem nova, a bitch da Julie, que mal chegou e já ganhou meu ódio eterno. ODEIO gente esnobe com tudo que tem ou que pensa que tem, que se acha melhor que todos os outros e que não considera a opinião alheia, pois segundo eles, só eles estão certos e não tem outra escolha. Julie é como se fosse esses crentes que perturbam no metrô, gritando a "Palavra de Deus" para todos ouvirem, mesmo que alguns se sintam incomodados com isso. Eles simplesmente não ligam, apenas saem por aí expondo a opinião deles e reprimindo a sua, pois você está errado e se contestar vai direto para o inferno. Espero que no decorrer dos episódios, Julie pelo menos deixe de ser tão irritante quanto foi nesse.


Deenah inventou de ir numa festa fantasiada de safada, exibindo todas as suas partes do corpo e só para descobrir que estava na pior festa do mundo e ainda tinham outras pessoas usando a mesma fantasia que ela. Eu amei o plot dela no segundo episódio, mas detestei nesse terceiro. A única coisa boa foi a aparição daquele personagem mítico de Happy Endings (sim, é o mesmo personagem): DRAAAMAAAAAA. Penso que vai variando, não é toda hora que os roteiristas vão criar plots geniais para todos os personagens. Gil e Kay foram pegar doces numa rua apenas para que Gil pudesse stalkear a sua ex-esposa (Chama Maggie Q gente!). Achei fofo da parte dele se importar com ela mesmo depois dela tê-lo largado, e mais ainda quando ele tomou de volta a tigela para ela, mas de jeito nenhum quero que eles reatem. Não dá. Ela não me desce.


Annie e Jake ficaram com o plot mais nonsense, o que não deixou de ser engraçado de forma alguma. Ambos decidiram criar uma casa mal-assombrada para quando as crianças vierem para os doces e travessuras, só que a vaca da Julie já tinha vetado e eles fizeram isso pelas costas dela. Não desaprovo, afinal, aquilo tudo ensinou Annie e Jake sobre família e sobre lidar com crianças, o que será muito útil no futuro. Eu espero do fundo do meu coração que eles casem na season finale porque a NBC é tão vagabunda que cancela até o que já estiver cancelado só pelo prazer de cancelar.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top