Comentários
Rayssa Rayssa Author
Title: [REVIEW] STALKER - S01E05: THE HAUNTING
Author: Rayssa
Rating 5 of 5 Des:
Conheçam Michelle Webber. Perry fuçou e finalmente conseguiu desenterrar o passado de Beth. Ou pelo menos parte dele. Por hora já d...

Conheçam Michelle Webber.

Perry fuçou e finalmente conseguiu desenterrar o passado de Beth. Ou pelo menos parte dele. Por hora já descobrimos informações bem interessantes. Por exemplo, os pais dela morreram em um incêndio e ela foi a única sobrevivente. E que alguém está internado no Hospital Psiquiátrico.

Minha teoria é que o namorado ou ex-namorado da Beth começou a ficar bem estilo stalker e provocou o tal incêndio. E depois continuou a infernizar a vida dela, até ir parar no sanatório.

Os demais detalhes provavelmente serão entregues a doses homeopáticas, mas por hora gostei de ter tido pelo menos alguma coisa. Já que somente no quinto episódio que finalmente começamos a ter informações concretas sobre quem realmente é Beth Davies. Ou Michelle Webber.

Mas é muita coragem do Perry continuar seguindo a Beth e começar a soltar dicas de que sabe sobre seu passado. O cara está brincando com o perigo e nem sabe. Ou Beth está lidando com um psicopata e nem desconfia.

Apesar disso, tenho gostado das interações entre os dois. Porque embora os personagens não tenham mais motivo algum para interagirem um com o outro, Perry continua provocando situações e forçando a barra para que isso aconteça. Sorte nossa.


Por outro lado, o caso semanal deixou muito a desejar. O tema Halloween é tão batido e os vários ataques à Laurie simplesmente não funcionaram. Até entendi o ex-namorado e o amigo idiota deles terem feito os "trotes". Afinal, tem homem burro por aí que acha que seguir a antiga namorada de alguma forma fará com que ela queria reatar o relacionamento. Sinceramente, nunca entendi esta lógica.

Mas aí colocaram o Prof. Louis e depois o marido obcecado pela casa por causa do suicídio da esposa. E ficou tudo muito confuso. E aleatório. Simplesmente não gostei. Aliás, se eu fosse a Laurie iria benzer o mais rápido possível, porque todos os loucos da série cismaram com ela no mesmo episódio.


Daí junta isto ao fato dela se recusar a prestar queixa sobre os ataques do ex-namorado e a minha paciência esgotou com o caso semanal. Porque cada vez que uma vítima não reporta seu agressor, ela acaba indiretamente dando chance dele fazer isso com outra pessoa. Porque cada vez que ele age assim e não sofre as consequências, ele também começa a achar que tem passe livre para se comportar desta forma.

Olha eu aqui divagando sobre minhas opiniões morais sobre os casos trazidos por Stalker. Sei lá, gosto quando a série me proporciona estas chances de reflexão pessoal.

Mas voltando à trama, tivemos mais duas envolvendo Jack. Por um lado, Ben ganhou mais tempo de tela (para a minha insatisfação) e conduziu o caso junto com Larsen. Sério, Ben tem tanto recalque com o Jack que deve secretamente aspirar ser como ele. É a única explicação para tanta implicância. Ou pode ser tensão sexual reprimida. Nunca se sabe, né?


Agora, o lance entre Jack e Janice também não me agradou. Esperava uma reação mais madura dela, mas esta tentativa dela de ser amiga do Jack e aparecer na casa dele com cerveja me soou como forçação de barra. Não consegui entender o motivo. Mas pelo menos uma coisa boa surgiu disso: ela pescou parte da conversa dele com a Amanda. E ficou bem curiosa sobre isso.

Talvez ela seja nossa porta de entrada para descobrir mais sobre o passado de Jack, da mesma forma que Perry será nosso caminho para a história de Beth.


"The Hauting" foi um episódio bem mediano, que compensou apenas pelo procedural do nosso elenco. Mas diante de um formato de 22 episódios, não podemos esperar só tramas maravilhosas. Um ou outro episódio acaba sendo mediano e este fato é mais que normal, ainda mais agora que a série recebeu o sinal verde da CBS e ganhou temporada completa.

Até semana que vem, stalkers!

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO

Reações:

Sobre o Autor

 
Top